Gravidez Saúde da Familia

Pílula Anticoncepcional – Esclareça suas dúvidas

Vote neste Post!

Um dos métodos anticoncepcionais mais usados em todo o mundo é a pílula que é considerada como um método extremamente eficaz quando utilizada corretamente.  Os contraceptivos orais foram aprovados para o uso inicialmente nos Estados Unidos em 1960, e são uma forma muito popular de controle de natalidade. São usadas atualmente por mais de 100 milhões de mulheres em todo o mundo.

A pílula é composta por hormônios sintéticos semelhantes aos produzidos pelo ovário.

Antes de falarmos detalhes sobre a pílula anticoncepcional é importante lembrar que trata-se de um remédio como outro qualquer, e portanto deve ser indicado pelo seu médico.

pilula-anticoncepcional-duvidas

* Quais os tipos de pílulas anticoncepcionais existem?

Existem várias combinações hormonais e diversas dosagens, e para descobrir qual a melhor para você, a sugestão é que você passe por um ginecologista para receber orientação sobre qual pílula se adequa ao seu organismo, a sua idade e ao seu histórico clínico, como por exemplo doenças pré-existentes.

– Pílulas Monofásica: Todos comprimidos tem a mesma dosagem;
– Pílula Bifásica: Comprimidos com duas dosagens diferentes;
– Pílula Trifásica: Comprimidos com três dosagens diferentes;

Há vários tipos de pílula, cada um com análogos dos estrogénios ou progesteronas em coquetéis diferentes.

Derivados estrogénicos comuns:
Etinilestradiol
Mestranol

Derivados da progesterona:
Noretindrona
Linestrenol
Gestodeno
Norgestrel
Medroxiprogesterona

As pílulas compostas apenas por Progestogênios, são indicada para mulheres que estão amamentando ou que não podem utilizar estrogênios.

* Como funciona a pílula em seu organismo?

A pílula contraceptiva atua inibindo a ovulação, colocando os ovários em repouso. Sendo assim a mulher não tem o período fértil, e por isso não engravida.

* O que ocorre com o seu ciclo menstrual ao tomar pílula?

A pílula para além de diminuir a quantidade de dias de menstruação, também diminui a quantidade de fluxo, contribuindo também para a diminuição das cólicas menstruais.

* Como tomar a pílula?

No primeiro mês, quando inicia a primeira cartela da pílula, ela já tem eficácia garantida, se for iniciada no 1º dia de menstruação. A utilização da sequência das demais cartelas de pílulas vai depender da orientação do seu médico, bem como o tipo de conjugação hormonal e demais fatores que serão avaliados pelo seu médico. Existe pílulas sem pausa, pílulas com pausa e outras possibilidades.

Deve ser tomada todos os dias durante 21 dias seguidos por mês, sempre à mesma hora (para a maioria das pílulas o atraso é de 12 horas).

Embalagens de 21 comprimidos
Toma-se todos os dias sem parar, interrompe-se 7 dias, inicia-se nova embalagem no 8º dia.

Embalagens de 28 comprimidos
Tomar sem parar.

* Efeitos adversos

Em alguns casos poderão ocorrer:

– Depressão
– Tromboses e embolia
– Enfarte do miocárdio
– AVC
– Cancer do colo do útero se houver infecção com vírus do papiloma humano.
– Perda de cabelo
– Eritema
– Alterações do humor e comportamento ligeiras.
– Subida da tensão arterial ligeira.
– Aumento da hormona tiroxina da tiróide.
– Aumentam o colesterol e os outros lipídios moderadamente.
– Maior pigmentação cutânea (escurecimento da pele)
– Aumento ligeiro da função cardíaca.
– Retenção de líquidos
– Redução da libido

* Interferência de outro medicamentos na eficácia da pílula

Alguns fármacos como remédios para depressão, antibióticos e outros, podem interferir na eficácia da pílula, peça orientação médica e informe-se sobre as interações medicamentosas.

* Quem pode tomar pílula anticoncepcional?

Quase todas as mulheres em tese podem tomar pílula anticoncepcional, exceto as que tem antecedentes clínicos que a impeçam, e isso somento o ginecologista poderá avaliar. Por isso sempre dizemos que uma consulta é extremamente importante, já que os contraceptivos orais combinados geralmente são contraindicados para mulheres com doença cardiovascular pré-existente, mulheres que têm tendência familiar de formar coágulos sanguíneos, mulheres com obesidade severa,  e/ou alto nível de colesterol, e tabagistas com mais de 35 anos.

* A pílula afeta a fertilidade da mulher?

A partir do momento em que a mulher deixa de tomar pílula, ela poderá engravidar. Em alguns casos poderá ter uma dificuldade para engravidar nos 12 meses seguintes, passado este período sem que a gravidez tenha ocorrido a sugestão é uma consulta para que o casal possa excluir qualquer problema com relação a infertilidade, do homem ou da mulher.

* A pílula engorda?

Até o momento não foi apresentado nenhum estudo científico que comprove que usar pílula engorde. O que pode ocorrer é uma maior retenção de líquidos devido ao efeito do Progestogênios.

* Se vomitar e tiver diarréia após a toma da pílula, o que fazer?

Se passarem menos de 4 horas, deverá tomar um outro comprimido e continuar a tomar a pílula de forma habitual nos dias que se seguem.

* Se esquecer de tomar a pílula

Se esquecer de tomar um comprimido, e o atraso for inferior a 24 horas, deve toma-lo assim que se der conta do esquecimento. Se esquecer 2 ou 3 comprimidos, a eficácia da pílula estará comprometida, devendo utilizar uma proteção adicional como por exemplo os preservativos.

* A pílula protege das DST’s?

Não. Tomar pílula não impede que a mulher possa contrair HPV, Gonorréia, Sífilis, Aids ou outra DST’s qualquer.

———————————————————————————————————

Poderá obter maiores informações em: – Contraceção (Portugal)

Em PORTUGAL poderá solicitar maiores informações em Sexualidade em Linha: 808 222 003 (Entre as 10h00 e 18h00)

Informações sobre demais métodos anticoncepcionais como DIU/SIU, Implante, Adesivo, Anel, Diafragma, Injetável, Espermicida, preservativos, visite o site: – Associação para o planeamento familiar



3 Comentários

  • Estou tomando a mesma pílula há 2 anos e meu corpo mudou muito, mesmo fazendo academia. Tenho ovário policístico e estou pensando em tomar injeção mensal. Mas tenho dúvidas, vocês sabem dizer se os efeitos colaterais são muito fortes? Será que posso ficar pior? Procurei saber mais, mas só achei esse site com a bula do medicamento ………….., que não fala especificamente sobre isso. Obrigada!

    • Diana,
      Geralmente a injeção mensal contém uma dose alta de hormonios. Consulte seu gineco e peça orientação sobre qual seria o melhor método para vc.

  • Olá, tenho uma dúvida em relação a algo que me aconteceu.
    Basicamente eu tomei a pílula às 22h da noite e no dia seguinte as minhas vezes começaram a ficar moles, até que tive diarreia mais que uma vez durante o dia. Entretanto, as minhas fezes passaram a consistência mole e não diarreia e tomei a pílula à 1h da manhã. A partir daí não tive mais diarreia.
    Estava no fim da caixa e entretanto veio a minha mentruação e acabei por ter relações durante o período menstrual desprotegida. Já iniciei nova caixa de pílula entretanto.
    Alguma possibilidade de estar grávida?
    Obrigada.

Deixar 1 Comentário

Captcha