Há vários casos de mulheres que tentam, mas não conseguem engravidar, isto não significa que ela seja infértil, o problema da infertilidade feminina só pode ser constatado por um médico especialista em reprodução humana, já que só ele tem a capacidade para fazer diversos exames e analisar os resultados. O normal é que uma mulher que pare de usar métodos contraceptivos demore em torno de 12 meses até conseguir engravidar. Após esse período, se a mulher ainda não engravidou, o recomendado é procurar a ajuda medica que vai desvendar o porquê que a mulher não consegue engravidar.

infertilidade-feminina

Depois de todos os exames feitos para saber por que a mulher não engravida é que o médico fará um diagnostico; na maior parte dos casos, a infertilidade feminina pode ser revertida. A mulher deverá fazer um acompanhamento médico, o qual poderá estar incluso a orientação para a Monitorização da Fertilidade (que é a prática de se observar os sinais da fertilidade da mulher para determinar as fases férteis e inférteis do ciclo menstrual).

infertilidade-feminina


As causas da infertilidade feminina são as mais diversas como:

-Problemas ovulatórios, descontrole hormonal, obstruções na trompa, endometriose,  alguma aderência que dificulte a mobilidade do óvulo,  doenças no útero, anemia,  infecções no colo do útero, fumo, alcoolismo,  problemas de pesos, ou até mesmo fatores imunológicos.

A maioria das mulheres inférteis apresenta Síndrome dos Ovários Policísticos,  problemas na tireóide ou nas glândulas supra-renais. A infertilidade ainda pode ser causada por miomas e pólipos que ficam fixados no útero impedindo que a mulher consiga engravidar.

Há casos ainda que o próprio corpo da mulher impeça a gravidez, já que o espermatozóide do homem é visto como um intruso pelo corpo da mulher e ela acaba combatendo o espermatozóide e acabando com qualquer chance de gravidez.
É por esse motivo que o médico precisa diagnosticar a mulher e ver as causas da infertilidade, já que como dito, muitas delas podem ter tratamento e são facilmente revertidas.

Um dos exames feitos para detectar as causas da infertilidade feminina é  a ultrassonografia pélvica, e também o histerosalpingografia, que mostra o estado da trompa da mulher. Se diagnosticado algum problema, a mulher pode começar o tratamento com monitoramento da ovulação e doses de hormônios.

Pode-se fazer também exames de analises clínicas como: verificação de taxas hormonais,  hemograma completo, glicose, colesterol, etc.

Um diagnóstico mais completo do problema de infertilidade feminina também pode ser feito com a laparoscopia ginecológica; ele só é realizado se os outros exames não apontarem nenhuma causa aparente para a infertilidade feminina. Hoje em dia a medicina tem inúmeros recursos tecnológicos que podem identificar qual o tipo de problema que a mulher tem, e a maioria deles tem tratamento.

Saiba mais em:

– Principais Causas da Infertilidade Feminina

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ