6 dicas para acalmar as birras das crianças em qualquer lugar

Estas 6 dicas para acalmar as birras das crianças em qualquer lugar são sugestões de exercícios simples mas que funcionam e calmam em alturas de crises nervosas ou simples birras dos seus filhos.

É muito fácil, nós pais, perdermos a calma e a paciência quando os nossos filhos têm surtos de raiva e se fecham sem ouvir nada do que lhes dizemos.

Estes exercícios ajudam a relaxar o corpo e religar a parte racional do cérebro.

1. Vamos contar até 10

Desde pequenos que ouvimos os nossos pais, quando queriam que tivéssemos calma ou para esperar por algo, que contássemos até 10.

Pois é mesmo assim e é bem verdade pois enquanto estamos a contar distraímos os nosso cérebro com outra coisa e paramos um pouco, o que os acalma sem pensar.

2. Inspire e expire profundamente

Inspirar e expirar é uma técnica usada desde sempre para acalmar nas alturas de maior stress. Nas crianças funciona da mesma maneira. Quando o seu filho estiver mais nervoso incentive-o a respirar fundo e inspirar e expirar. Vai ver que rapidamente acalma.

3. Mãos nos bolsos

Ao pedirmos para colocarem as mãos nos bolsos a criança fica com uma sensação de pressão e restrição física. O que numa altura de stress ou raiva os ajuda a controlar sem ter de ser o adulto a segurar.

4. Ensinar a criança a reconhecer as sensações que a raiva traz.

Quando as crianças ficam nervosas e stressadas mesmo com os momentos de raiva é importante lhes demonstrar-mos o que muda no corpo delas. Ficam vermelhas? ficam com calor? o corpo fica tenso? Têm algum gesto nervoso?

5. Apertar as mãos com força e depois abrir.

Apertar as mãos com muita força como se fosse bater em alguém e de seguida abrir-la e relaxa-la. Este gesto, se experimentar você mesmo, vai notar que relaxa e acalma. Peça à criança para o repetir algumas vezes quando repara que está irritada.

6. Abraço bem apertado

Um bom abraço faz milagres e é com certeza o melhor calmante que existe. Abrace e muito o seu filho e mostre-lhe que está com ele e ajude-o a acalmar.

Pode interessar-lhe também:

 

 

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário

  Subscrever  
Notificação de