Importância do Padrinho e Madrinha de Batizado

Gostou deste Post?

Não há honra maior do que ser madrinha ou padrinho de batizado de uma criança. Mas cuidado que essa honra vem cheia de responsabilidades. Ser madrinha ou padrinho de batismo é um passo muito importante, tanto para você quanto para os pais do bebê e até mesmo a criança. Os pais da criança que vai ser batizada transmitem para os padrinhos e as madrinhas a responsabilidade de zelar pela educação e criação dos filhos. Ou seja, é como se você fosse uma segunda mãe ou um segundo pai para a criança.

Se os pais vão batizar a criança na igreja católica, os padrinhos devem  ter todos os sacramentos da igreja católica e seguir os conceitos e preceitos cristãos. Além disso, deve ser maiores de 16 anos.

Cada religião tem uma formalidade necessária para garantir que a madrinha e o padrinho irão mesmo dar continuidade e zelar pela educação e bem-estar das crianças. A madrinha e o padrinho precisam estar constantemente lado a lado com os pais para poderem assim participar de todos os momentos da criança.

Na concepção de muitos, ser madrinha ou padrinho é apenas presentear a criança com bons brinquedos e só. Mas as madrinhas e os padrinhos têm funções que vão muito mais além disso, já que os padrinhos e madrinhas precisam ter valores morais e religiosos, bem como pensamentos semelhantes aos dos pais das crianças.

Então, nada de madrinha ou padrinho ausente. Quanto mais presente na vida da criança os padrinhos forem, melhor para todos, já que a criança contará com duas pessoas a mais para se apoiar, e os pais da criança tem uma contribuição a mais na educação.

Por isso, muita atenção na escolha dos padrinhos já que eles serão parte fundamental e presente na vida da criança. E ao aceitar o convite para ser madrinha ou padrinho, tem que se ter em mente as responsabilidades que essa honra trás junto.

Qualquer coisa que aconteça aos pais da criança, os cuidados serão todos remetidos aos padrinhos, tanto a criação da criança quanto os cuidados com a educação, bem-estar e tudo mais o que os pais da criança se preocupariam.

Madrinha e padrinho são pais que são escolhidos para cuidar da criança e por isso mesmo a confiança dos pais  é toda depositada neles. Então, muita atenção e carinho quando for aceitar ou não o convite para fazer parte dessa nova vida que chega ao mundo. :)



Gostou deste Post?

Comentários

  1. elisangela diz:

    uma concunhada pediu minha sogra para ser maddrinha dela, ai eu nao pediria minha sogra para ser minha madrinha vai que eu brigue o que acham?

    • katia diz:

      Elisangela, pelas leis da igreja católica a criança deve ser batizada logo ao nascer ou até 1 anos de idade ou idade aproximada. Qto a igreja evangélica sei que é possível se batizar nas ‘águas’ até mesmo qdo adulto, porém que eu saiba não há madrinha e nem padrinho. Por isso não compreendi sua pergunta. ;)

      • Edevaldo diz:

        Olha para ser padrinhos de criança, adolescente, jovem ou adulto para poder batizar na Igreja católica, os padrinhos devem ser casados na Igreja, ou se forem solteiros já tenham feito o crisma, mesmo um batizado adulto vc pode escolher os padrinhos, ai se for batizado adulto ira ter a oportunidade de fazer a catequese ou seja a comunhão e o crisma.

      • sofia diz:

        eu tb nao vejo problema a minha familia é muito antiquada…..sabe somos de cabo verde a forma de pensar deles é assim.. :(

  2. elisangela diz:

    pode sogra batizar nora?

    • katia diz:

      Elisangela, sua pergunta não faz sentido! ;)

      • Ana diz:

        Faz todo sentido se ela estiver falando da Crisma.

      • Karla Strauss de Mello diz:

        Cara Katia, ela pode estar sendo batizada adulta. Sendo assim, a pergunta faz sentido, afinal muitos católicos que não foram batizados quando crianças, decidem pelo batismo mais velhos.

      • janemar nunes diz:

        AS VEZES AS PESSOAS DÃO OS FILHOS PRA OS AMIGOS BATIZAREM! E DEPOIS BRIGAM OU SE SEPARAM E A CRIANÇA É DEIXADA DE LADO, POR ISSO QUE EU PREFIRO DEIXAR OS MEUS FILHOS TER ENTENDIMENTO E ESCOLHER OS PADRINHOS QUE QUEIRAM. ELES TEM QUE TER AMIZADE COM OS PADRINHOS É CLARO QUE EU TAMBEM! MINHA FILHA TEM 13 ANOS E ESCOLHEU A MINHA VIZINHA PRA SER A MADRINHA DELA E EU ACHEI MUITO BOA A ESCOLHA DELA! HÁ SOMOS DE RELIGIÃO DIFERENTES ! Ñ IMPONHO A MINHA RELIGIÃO PARA OS MEUS FILHOS, ELES É QUEM SABE O CAMINHO QUE TEM QUE SEGUIR

  3. Laylla diz:

    meus pais estão no segundo casamento, posso ter como padrinhos do meu filho(a) minha madrata com meu padrasto?

  4. Suelen diz:

    Olá…a madrinha de meu filho não fala mais comigo por motivos medrilcres…ela nem procura meu filho para uma visita..nem pede para alguem o levar para ela ver que madrinha é essa? nem no aniversário dele foi na festa desejar feliz aniversario…queria um geito de anular o batismo tem como…ou eu mesma eleger outra madrinha assim de boca?

    • katia diz:

      Suelen, pelo que sei o batismo não pode ser anulado, e eleger de ‘boca’ outra madrinha tb não cai muito bem.
      Eu sempre sugiro aqui que as pessoas que tem este tipo de problema consultem o padre responsável pela igreja mais próxima de sua residência, o sacerdote
      poderá orientar o que e como fazer. Mas adianto que pelo que sei o batismo não pode ser anulado, enfim um padre poderá lhe explicar melhor.

      • João Clemente diz:

        Seu filho terá nova oportunidade de escolher um padrinho quando for Crismado, porém aconcelho que esta escolha seja dele, com certeza terá melhor sorte.

      • Quesia diz:

        katia says:
        17 de junho de 2012 at 15:51
        Thathy concordo com vc.
        Eu faria o seguinte iria até uma igreja e conversaria com o padre, explicaria a situação para ele, e veria a possibilidade de que seu filho fosse
        batizado novamente por um casal católico e convicto de suas crenças religiosas. Infelizment ehj em dia mta gente muda de religião como muda de roupa, parece que não sabem o que querem e tão pouco o que procuram para suas vidas. E se for possível batizar novamente o seu filho, seja franca com toda a familia, e com os padrinhos atuais, mais vale perder um amigo do que nossas convicções religiosas.

        Responder
        Quesia says:
        7 de abril de 2013 at 4:12
        Comentário à espera de moderação

        Uaiii Katia!! você disse que não tinha como anular o batismo, e olha que os cumpadres estão brigados um com o outro e agora porque os cumpadres trocarão de religião você disse que tem como ? não entendi nada e outra tenho uma amiga que foi batizada adulta e fez crisma depois ou seja pode se batizar adulto quer dizer que a pergunta da outra irmãzinha sobre sogra batizar nora tem sentido sim e significa que pode batizar e crisma sim vamos estudar mas sobre isso né??

        • katia diz:

          Quesia, leia para entender.
          Eu disse que se os padrinhos trocaram de religião e hj já não pertencem a religião dos pais, e PORTANTO óbviamente que não poderão ou não estarão de acordo com a educação religiosa que os pais darão à criança; eu DISSE que a mãe procurasse um padre e pedisse orientação sobre como proceder. Porque pelo que sei a criança deve ser educada dentro dos princípios religiosos que os pais seguem, afinal vc concorda que não faz sentido os pais irem a missa e os padrinhos quererem que a criança participe de um culto evangélico?
          Imagine só a confusão que se vai criar na cabeça desta criança. Há que se ter coerência!!!!!!!!!
          Eu tb não disse que não se podia batizar adultos, EU DISSE que NORMALMENTE na igreja católica batiza-se a pessoa qdo ela é um bebê, e na evangélica qdo ela já é adulta. Mas na católica tb pode-se batizar adultos, vc não viu o novo Papa batizando esta semana alguns adultos que se converteram ao catolicismo já em idade avançada?
          Sim, vamos estudar sobre isso e sobretudo vamos ler com atenção.
          Ninguém está aqui para ir contra esta ou aquela religião.
          Apenas digo e escrevo sobre a religião em que fui criada: O Catolicismo.
          Obrigada pela sua compreensão!!!!! ;)

  5. Rosana Oliveira diz:

    Olá a paz, pode um padrinho de batismo namora sua afilhada.
    espero aciosa por resposta.Obrigada!

  6. Rayane diz:

    Ola katia.. quero lhe fazer uma pergunta… quero escolher pro meu filho padrinhos que n sao casados, mas sim crismados… e nem teem nenhuma relacao como casal… eles podem ser padrinhos do meu filho??? se nao, me responda outra pergunta… meus padrinhos sao irmaos, como eles puderam me batizar se n sao casados??? Fico muito agradecida se souber responder minha pergunta!

    • katia diz:

      Oi Rayane, pelo que sei pode sim.
      Meus padrinhos de batismo foram um tio (irmao da minha mãe) e naquela época uma namorada de outro tio tb irmão da minha e que inclusive nunca mais vi.
      Então pelo que sei não é necessario que os padrinhos sejam casados (entre si). :)

  7. Regina diz:

    Olá,
    Minha cunhada está grávida e disse que pretende convidar meu marido e minha outra cunhada para serem padrinhos juntos. Pode isso, se o meu marido é casado tanto na igreja quanto no civil comigo? Pode ele ser padrinho acompanhado de outra pessoa?

    • katia diz:

      Olá Regina, sim pelo que sei pode. Eu fui batizada há décadas por um irmão da minha mãe (que era casado) e por uma namorada de um outro irmão da minha mãe.

  8. maria das dores bezerra diz:

    OLÁ TUDO BEM MORO EM BELÉM DO PARÁ, A MADRINHA DO MEU FILHO É A MINHA SOBRNHA ELA GOSTA MUITO DO MEU FILHO, E TEM ELE COMO UM FILHO E A JUDA EM TUDO. E O PADRINHO É MEU IRMÃO Q TAMBÉM GOSTA MUITO DELE. GRAÇAS A DEUS.

  9. thathy diz:

    meu filho foi batizado na igreja catolica,agora os padrinhos viraram evangelicos nao gostei pois se tinham intençao porque aceitaram o convite!como vou confiar a educaçao do meu filho para quem nao acredita no mesmo que eu minha familia tem costume de pedir bençao de maos arrumadas agora ficou meio esquisito,tem horas que nao sei como agir.

    • katia diz:

      Thathy concordo com vc.
      Eu faria o seguinte iria até uma igreja e conversaria com o padre, explicaria a situação para ele, e veria a possibilidade de que seu filho fosse
      batizado novamente por um casal católico e convicto de suas crenças religiosas. Infelizment ehj em dia mta gente muda de religião como muda de roupa, parece que não sabem o que querem e tão pouco o que procuram para suas vidas. E se for possível batizar novamente o seu filho, seja franca com toda a familia, e com os padrinhos atuais, mais vale perder um amigo do que nossas convicções religiosas.

  10. petter diz:

    Uma correção no seu post. PADRINHOS NÃO SAO PAIS, vejo hoje muitos pais e maes, transferindo a responsabilidade de criar seus filhos, quando na verdade a função dos padrinhos e madrinhas, e incentivar seus afilhados na vida religiosa e espiritual. O que não acontece hoje em dia, vejo exemplos de pais que escolheram padrinhos, apenas por questão financeiras, e para dar a eles o dever de “criar” seus filhos. Conheço inclusive uma mulher chamada patricia que deu o filho dela para o cunhado batizar so por conta dos bens e dinheiro que ele tem, ela parece até ser casada com o cunhado/cumpadre só para garantir a herança do filho. ABSURDO, PADRINHOS ESTAO SE TORNANDO SINOMINO DE HERANÇA.

    • katia diz:

      Caro Sr. “Petter”
      De fato padrinhos não são pais, o post apenas diz que segundo os preceitos da igreja católica,
      em caso de morte dos pais supostamente os padrinhos seriam responsáveis pela criação e
      orientação religiosa da criança. Agora me desculpe, esta responsabilidade que o senhor citou acerca da pessoa que escolheu o cunhado só porque tem dinheiro, só se for em Portugal onde a “FUNÇÃO” de padrinho e madrinha é encarada como se tivessem obrigação de criar e sustentar o filho dos outros.

      No Brasil, não é assim, muito pelo contrário, conheço muitos padrinhos e madrinhas que mesmo sendo ricos nem lembram que o afilhado existe. Como tb conheço pessoas que são humildes, cristãs, e que cuidam dos afilhados como se fossem seus filhos. Acho que o senhor generalizou o seu comentário e de uma forma bem pejorativa. Já ouviu falar do ditado? Quem pariu Mateus que o embale!!!!!
      Em nenhum momento foi citado no post que os padrinhos são responsáveis pelo sustento financeiro da criança e
      que tão pouco tem qualquer obrigação nesse sentido.

      A única coisa que enfatizamos é que muitas pessoas ACEITAM a incumbência de batizar uma criança, e NUNCA MAIS dão as caras, sequer lembram de desejar um
      feliz aniversário ao afilhado; esquecendo do compromisso que assumiram diante da igreja católica e com os pais da criança.Uma criança não precisa só de dinheiro, uma criança precisa de atenção, amor, carinho e alguém que lhes indique o bom caminho; já que muitos pais nem isso fazem.
      É melhor ler bem antes de comentar.

    • Joana Penteado diz:

      Ula la laaaa e não é que temos aqui um defensor dos padrinhos omissos???
      Pra que é que um fulano ou uma fulaninha aceita ser padrinho ou madrinha de uma criança se não tem qualquer intenção de acompanhar o crescimento da criança? Acho realmente revoltante se comprometerem diante de Deus e da Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana e depois agirem como se a criança fosse descartável.
      Ser madrinha não é meramente uma conveção social, ou para aparecer para a sociedade. Ser padrinho e madrinha implica responsabilidade sim na criação da criança seja na educação, na religião, no dinheiro, nos estudos, ou seja o que for.
      Se não quer ter responsabilidade não pose de bacana para a sociedade, diga NÃO quanto te convidarem para apadrinhar uma criança. Cada uma que eu vejo viu….

    • Ana diz:

      Padrinhos são pais na fé, cumprem o papel dos pais na vida Cristã das crianças.

  11. denize kleine diz:

    eu queria saber se eu posso nao aceitar ser madrinha.Se ah algum mal sobre isso algum azar??????

    • katia diz:

      Denize, pode sim dizer que nãoa ceita.
      Isso de azar é bobagem.
      Aliás acho muito mais legal e ético se a pessoa não quer ser madrinha, ser honesta como você está sendo.
      Eu própria já recusei duas vezes ser madrinha.

  12. marcos antonio diz:

    Não se batiza criança, isso é uma heresia
    porque o batismo que o Senhor ensinou é para adulto
    e não de crianças.
    leia evangelho de marcos capitulo 16;ver 16,15, e tem outras passagem bíblícas.
    que Deus tenha misericórdia de quem ensina essa mentira, criança não tem pecado e, não sabe o que é crê porque o batismo é para quem crê no Senhor Jesus.Um abraço!

    • katia diz:

      Caro Marco António, Respeitamos todas as religiões e todas as crenças.
      A religião católica diz que a criança deve ser batizada qaundo ainda bebê, a evangélica discorda. Cada qual com suas razões.
      Aqui nos não pregamos que nem uma e nem outra seja correta, apenas a minha formação religiosa é católica, portanto obviamente
      creio nos preceitos da igreja católica. ;) Um abraço.

      • NATALIA FABRICIO COSTA diz:

        hauahua… MIL PERDOES KATIA MAS COMO SERVA DO SENHOR SOU OBRIGADA A DIZER SEMPRE A VERDADE TENHO COMO OBRIGAÇAO ABIRI OS OLHOS DOS CEGOS ESPIRITUALMENTE FALANDO!! O QUE O SER HUMANO TEM QUE SEGUIR É A VERDADE DIANTE DE DEUS PARA SERMOS ABENÇOADOS E ATE ONDE SEI ACHO QUE AS PESSOAS ANDAM LHE FAZENDO PERGUNTAS POR TEMOR A ELE!!OU NAO?? E DEVEMOS SEMPRE OUVIR A VOZ DO SENHOR E A BIBLIA É A PALAVRA DE DEUS VIVA PARA NOS PARA QUALQUER DECISAO QUE DEVEMOS TOMAR NAO VEJO DIFERENÇA NENHUMA NOS ENSINAMENTOS DA BIBLIA EVANGELICA E NA BIBLIA CATOLICA ALIAS AS DUAS SAO AS MESMAS!!! NO ENTANTO NAO É IMPORTANTE PARA AS PESSOAS SABEREM O QUE A IGREJA CATOLICA DIZ OU PENSA E SIMMM O QUE DEUS PENSA DE TAL… E A PALAVRA DE DEUS DIZ O QUE O IRMAOZINHO ALI EM CIMA CITOU AFINAL NÓS EVANGELICOS NUNCA DIZEMOS NADA SEM ANTES DAR EXEMPLOS DENTRO DA BIBLIA COMO ELE PASSOU O LIVRO CAPITULO E VERSICULO EXATAMENTE DIZ.. E ISSO VC PODE PROCURAR AI MESMO DENTRO DA SUA BBLIA CATOLICA SE É QUE VC TEM UMA NE!! ENFIM.. NAO VENHA COM ESSE LERO LERO DE QUE A SUA IGREJA FALA PRA VC QUE TEM SER ASSIM E ASSADO QUE QUEM ESTA FALANDO COISAS SEM A DIREÇAO DE DEUS DEPOIS VAI PAGAR MUITO CARO POR TEREM INSTRUIDO AS PESSOAS FORA DA PALAVRA DE DEUS!!! ISSO É O QUE MINHA RELIGIAO ME ENSINA E AA.. SO PRA INFORMACAO SOU A UNICA EVANGELICA NA MINHA FAMILIA NASCI E FUI BATIZADA CRESCI DENTRO DA IGREJA CATOLICA JA FUI UM POUCO ESPIRITA TAMBEM.. MAS A VERDADE É CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARA (JOAO 8;32) E ASSIM FOI CONCEDIDO EM MINHA VIDA!! ENTAO, UMA PESSOA RECEM NASCIDA PURA SEM CONSCIENCIA AINDA NENHUMA DE SUA VIDA NAO PODE DECIDIR O QUE QUER POR ISSO O BATISMO FOI FEITO PARA QUE NOS VAVASSE E NOS PURIFICASSE DE TODO PECADO COMETIDO E SO UM ADULTO PODE TOMAR ESSA DECISAO POR SI MESMO E DECIDIR EM QUE CAMINHO QUER ANDAR DO PECADO OU UM CAMINHO SANTO COM CRISTO…. QUE DEUS ABENÇOE A TODOS

        • katia diz:

          Cara Natalia,

          Na minha opinião são vcs evangélicos que não respeitam a religião alheia,
          eu sou católica apostólica romana e PORTANTO frequentadora das missas regularmente bem como participante da comunidade religiosa da minha cidade.

          Uma pessoa pode ser batizada em qualquer idade, EU NUNCA DISSE que so poderia ser batizada qdo bebê, eu disse que
          na igreja católica batiza-se a pessoa qdo ela ainda é bebê.
          Eu não vou entrar em detalhes com vc sobre isso, pq sinceramente eu não sou gente de blá blá, ao contrário de outras que tem tempo p/ perder tentando fazer com que os outros se convertam e aceitem a religião delas.

          O mundo seria bem melhor se as pessoas se respeitassem mutuamente e deixassem de querer pregar a SUA verdade aos outros. Cada um crê no que quer, eu não vou em sites alheios apedrejar ninguém pq são de religião diferente da minha, ou pq tem opinião diferente da minha, não tenho tempo p/ perder com isso ;) e além do mais graças a DEUS ainda podemos ser livres e escolhermos a religiao que melhor nos convem e seguir aquilo que acreditamos, so me faltava essa….eu ter de ser obrigada a seguir e acreditar no que os outros querem….

        • janemar nunes diz:

          OI NATALIA, EU SOU DA UMBANDA E Ñ OBRIGO OS MEUS FILHOS SEGUIREM A MINHA RELIGIÃO, DIZENDO PRA ELES QUE DEUS SÓ EXISTE NO TERREIRO QUE EU FREQUENTO! MINHA FILHA QUER SE BATIZAR NA IGREJA CATOLICA , EU DEIXEI E APROVEI OS PADRINHOS QUE ELA ESCOLHEU. SÃO CATOLICOS TEMENTE A DEUS E Ñ FICAM QUERENDO ME ENFIAR GUELA ABAIXO A RELIGIÃO DELES. NOS RESPEITAMOS MUTUAMENTE!!!! EU SOU MACUMBEIRO E LEIO A BIBLIA TÁ!

      • NATALIA FABRICIO COSTA diz:

        SO MAIS UMA COISINHA… INDEPENDENTE DA RELIGIAO APRESENTEI MINHA FILHA NA MINHA IGREJA QUANDO ELA NASCEU E CHAMEI SIM MEU CUNHADO E MINHA CUNHADA PARA SEREM PADRINHOS DA MINHA FILHA PORQUE NAO VEJO ISSO COMO RELIGIAO E SIM QUE MINHA FILHA ASSIM COMO TODA CRIANÇA TEM O DIREITO DE TER UM PADRINHO UMA MADRINHA OU SEJA PESSOAS PARA ESTAR SENDO DIRECIONADAS NO CAMINHO QUE DEVE ANDAR OU TEREM PESSOAS QUE A AMAM PARA CONVIVENCIA… UM LUGAR A MAIS PARA SE SENTIREM SEGUROS QDO NAO ESTIVEREM COM OS PAIS!!!

        • katia diz:

          Mas se a pessoa só deve ser batizada qdo adulta, vc apresentou sua filha a sua igreja qdo ela nasceu pq?

          • janemar nunes diz:

            COM SETEZA TEVE ALGUM INTERESSE MATERIAL

          • Renata diz:

            Jesus! Quanta baixaria! Vocês realmente amam à Deus? Vocês realmente, temem e respeitam a Palavra do Senhor?
            Dobrem seus joelhos, peçam perdão à Deus, pois estão usando o nome DELE em vão. ” QUE VERGONHA”!!!!

          • katia diz:

            Baixaria porque Dona Renata?
            Pedir perdão à Deus porque? o que foi que dissemos aqui que feriu a sua suscetibilidade???
            Ter opinião própria e não ser “vaquinha de presépio” é ferir a palavra de Deus?
            Já cansei de quem é de outra religião vir aqui “soltar os cachorros” em quem é católico e tem opinião diferente sobre batizado, e sei lá mais o que!!!! O engraçado é que eu não vejo nenhum católico ir em sites e blogs atormentar a vida dos evangélicos. Como eu costumo dizer, não gostou? Não é obrigado a ler.
            FELIZMENTE o BRASIL e outros países ainda nos dá liberdade de credo e ter opinião própria, respeito é isso, respeitar a opinião do outro e não atirar a primeira pedra como a senhora está fazendo, peça perdão a DEUS, atirar pedra também é pecado, é o que diz a Bíblia.

            É cada uma viu….affffffffff

          • Juli diz:

            Que engraçado, as pessoas vem aqui criticar os católicos, e falam um monte de abobrinha, deviam também ler as respostas que deixamos a elas. Não vejo nenhum católico ficar questionando o que os evangélicos fazem, as pessoas são livres para escolher o caminho que desejam para sua vida espiritual. Se cada
            um cuidasse da própria vida, este mundo seria bem melhor. Se palpite fosse bom, ninguém dava de graça, vendia. Parem de encher o saco de quem segue a religião católica. Isso deve ser falta do que fazer.

  13. Silvia diz:

    Bom dia, estou muito infeliz,pois os padrinhos que eu havia sugerido com meu companheiro para nossa filha, não quero mais, porém ele quer, pois são genro e filha dele. Bom, desde do aniversário da minha filha que foi em março deste ano, se eles vieram duas vezes depois, foi muito, eles não participam de nada da minha filha, ela, eu sinto, coisa de mãe, não gosta da irmã (minha filha), pois ela era filha unica, então ela não aceita, eu sinto e vejo nos olhos dela. Enfim, estive lendo o que é ser um padrinho e madrinha, eles não se encaixam em nada; não são presentes, não ligam para saber de nada, só quando o pai dela fala alguma coisa, enfim, estou errada em não querer mais eles como padrinhos, mesmo que isto me custe, continuar vivendo com meu companheiro, pois eu tive padrinhos e eles nunca me procuraram, então, não quero isso para minha única pequena. O que vcs acham, por favor, preciso saber, pois a palestra já é sábado agora. Obrigada

    • katia diz:

      Silvia, vc está certissima. Vc ja covnersou com o seu marido e explicou apra ele o que acha sobre o que é ser madrinha e padrinho de uma pessoa?
      Acho que vc deveria ser sincera e dizer a ele o que sente, mesmo que ele se ofenda.
      Ser madrinha de uma criança é algo muito maior do que se parece.
      Outro dia um leitor escreveu aqui que os padrinhos não tem que sustentr o afilhado.
      Concordo ninguém diz que tem que sustentar, mas ao menos tem que ser presente e participar da vida da criança.
      Boa sorte.

    • sabiniano dos santos aguiar diz:

      Silvia, pude observar que existem muitas orientações acerca do batismo, mas sem base da única regra de fé, a Bíblia sagrada. Assim, não podemos ficar perdidos entre dois pensamentos, pois quando praticamos um ato e não sabemos do seu significado, torna-se nulo o ato. O verdadeiro batismo (o Bíblico), é para o arrependimento de pecados e não pode ser praticado em crianças e sim em adultos, conforme escreveu o Apostolo Marcos Capitulo16 e versos a seguir:
      15 – E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
      16 – Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.
      17 – E estes sinasi seguirão aos que crerem: em meu nome expulsarão os demônios;
      Falarão novas línguas;
      18 – pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos , e os curarão;
      19 – Ora, o Senhor, depois de lhes ter falado, foi recebido no céu, e assentou-se à destra (direita) de Deus.
      20 – E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor, e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Amém.
      O batismo tem como meta, uma vida santa diante de Deus seguindo a cristo (e ser cristão). O batismo de criança, nada mais serve senão para um apoio e orientação moral, familiar e social juntamente com os pais. A visão do batismo deve ser para obtermos a esperança de vida eterna ao contrário, o batismo passa a ter dois vértices. Dessa forma, não existem dois batismos: o católico e o evangélico, mas o Bíblico. Veja, no versículo 16, o candidato ao batismo é necessário que ele creia para depois se batizar (16 quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado).
      É preciso considerar que, o Batismo somente é válido quando precedido do arrependimento dos pecados e da conversão da pessoa ao Senhor Jesus (Atos 2.38), da «fé» em Cristo e na importância do Batismo. Ser batizado sem fé, com um coração duvidoso, não crendo nos propósitos e nas importâncias do Batismo, é pecar contra Jesus Cristo. Por sinal a Bíblia diz: «E tudo o que não provém da fé é pecado» (Rom 14.23). Em outra parte diz: «Ora sem fé é impossível agradar a Deus, porque é necessário que aquele, que se aproxima de Deus, creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam» (Heb 11.6). Nada podemos fazer para a nossa salvação se não tivermos fé em Jesus Cristo como Nosso Salvador. Então, a verdadeira fé indispensável para o Batismo em água. Não se pode ir batizando alguém sem que este demonstre a devida fé em Jesus Cristo e no batismo. Vede sobre «A Quem deve ser Administrado o Batismo em Água»? Em suma, o batismo em água somente tem valor para alguém que já tenha recebido o “batismo espiritual”. O batismo espiritual engloba tudo aquilo que temos dito no início do presente parágrafo. Convidamos ao amado leitor para consultar a página sobre o «batismo espiritual», ali há uma grande instrução que enriquece a nossa alma. No batismo é que se inicia um relacionamento entre a “criatura e o criador.
      Esse negocio de padrinho é só enganação, leia e medite na Bíblia logo entenderá para que serve o batismo.

      • katia diz:

        Sabiniano,
        Respeitamos a sua opinião, porém a orientação católica diz outra coisa, e pelo que percebi aqui nos
        comentários as dúvidas apresentadas são de pessoas
        católicas. Acho um pouco de falta de respeito da sua parte dizer aqui que “Esse
        negocio de padrinho é só enganação”. Felizmente vivemos no Brasil, um país onde há
        liberdade de credo e fé, portanto creio que cada um segue o que acha melhor para si,
        concorda? ;)

        • NATALIA FABRICIO COSTA diz:

          EUU NAO CONCORDO .. POIS COMO JA DISSE LA EM CIMA..EXISTE SIM O OIVRE ARBITRIO DEUS NOS DEUS ESSA DECISAO MAS COM UM DETALHE AQUI DENTRO DESTA PAGINA .. SERA QUE AS PESSOAS NAO ESTAO PREOCUPADAS COM O QUE PODE OU NAO DIANTE DE DEUS ?? SE É SIM ENTAO ACHO QUE FOSSE EQUIVOCADA QDO DIZ QUE “”cada um segue o que acha melhor para si”", AGORA.. SE ESTAO QUERENDO SE FIORMAR NO PENSAMENTO DE UM OUTRO SER HUMANO COMUM.. ENTAO AI SIM QUALQUER COISA QUE QUALQUER PESSOA DISSER ASSIM COMO VC ESTA DIZENDO ASSIM COMO PESSOAS QUE PENSAM COMO VC… ELES VAO FAZER E SEGUIR… DAI… DEUS JA NAO TEM MAIS NADA A VER COM ISSO!!! :/ INFELIZMENTE AI Q TA.. PRAS PESSOAS QUE ESTAO ESCREVENDO AQUI.. O QUE EXATAMENTE VCS PROCURAM A VERDADE DE DEUS OU O QUE AS PESSOAS CATOLICAS PENSAM?? LEMBRANDO SEMPRE Q A BIBOIA ABERTA É DEUS FALANDO COM VCS ENTAO QUALQUER DUVIDA GENTE PROCUREM DENTRO DA BIBLIA!!!!

  14. Marcos diz:

    Olá!

    Não sei para que servem os padrinhos! O meu padrinho de crisma me rejeito e nunca mais quis falar comigo, depois que descobriu pela minha mãe que fui violentado aos 8 anos. Assim como meu pai ele me rejeito pela ideia machista e fantasiosa que eu não poderia ser mais homem um dia e não queriam ficar perto de um gay. Até ai tudo bem né…. Mas esqueceram da parte da vitima no caso eu, que estava fazendo tratamento com psicólogos e era apenas uma criança. Poxa esperava muito que meu padrinho fizesse as vezes de um pai pra mim, que me acompanhasse na igreja pois eu cantava e tocava violão nas 3 missas no domingo e dava catequese formei muitos catequizandos, e esperava dele uma companhia paterna ate, sei que e pedir muito da minha parte mais esperava que ele saísse comigo pra jogar bola essas coisas de pai e filho…Resumindo, ele continua na igreja na renovação carismática como se nada tivesse acontecido com todo mundo achando que ele é um ótimo homem, marido e pai..E eu? Bom as desgraças na minha vida depois que ele me abandonou só aumentaram minha mãe ficou louca tive que interna-la varias vezes em hospitais psiquiatras, tive que sair de casa com 18 anos e morar sozinho pois meu pai me espancava todo dia deste pequena ( e meu padrinho assim com a igreja sabia, mas não fazia nada pois o padre disse pra minha mãe que era nossa cruz)e hoje com 25 anos uso cocaína toda semana e levo uma vida infeliz apesar de profissionalmente ter me virado e ter terminado minha pos graduação. Por isso escolham bem seus parinhos!!!!

    • katia diz:

      Olá Marcos, estou de acordo com a sua opinião.
      Tb acho que para quem segue a religião católica a posição de um padrinho e uma madrinha é de suma importância na vida da criança, principalmente
      qdo a criança passa por uma situação delicada com o que vc passou. Desejo que vc encontre paz em seu coração e quem sabe assim possao deixar de
      usar a droga, tenho certeza de que vc já é um grande vencedor por ter superado a dor que sofreu na sua infância e hoje ter concluido os seus estudos. Parabéns pela sua atitude.
      Saiba tb que meus padrinhos nunca fizeram nada por mim, nem mesmo qdo eu fui uma bebê doente e meu pai abandonou eu e minha mãe qdo eu tinha apenas 2 anos. Lamentável, mas é assim.
      E ainda aqui sou obrigada a ouvir algumas pessoas me criticando dizendo que eu acho que o padrinho tem que sustentar o afilhado financeiramente, qdo nao é isso que eu digo, o que eu digo é que um padrinho uma madrinha a partir do momento que se comproemte em assumir esta responsabilidade, DEVE honrar seus compromissos perante DEUS, a sociedade e a Igreja. Se não for assim, que não aceita a responsabilidade. Boa sorte pra vc e desejo mtas felicidades em sua caminhada.

    • NATALIA FABRICIO COSTA diz:

      IRMAO… SINTO MUITO PELOS ACONTECIMENTOS DA SUA VIDA.. NAO DEIXE QUE AS PALAVRAS DESSA PESSOAS SEM SABEDORIA LEVE VC A SE SENTIR CULPADO POR TUDO.. E NEM DEIXE QUE AS ATITUDES DESSAS PESSOAS QUE VC CITOU O DESANIMEM.. POIS JESUS TE AMA E SO ELE PODE MUDAR A SUA HISTORIA NUNCA É TARDE.. É TEMPO DE ARREPENDIMENTO E DERRAMAMENTO !!! LARGUE ESSA VIDA DEIXA PRA TRAS TODAS AS DORES.. PROCURE UMA IGREJA QUE BUSCA SEM CESSAR MAIS PROXIMA DE SUA CASA.. NAO DEMORE POIS CRISTO TEM ALGO MUITO VALOROSO PRA VC.. VC É UMA ALMA DE VALOR PRA DEUS.. E SO ISSO TEM IMPORTANCIA.. BUSQUE E BUSQUE TBM PELA SUA MAE.. VC É CONHECEDOR DA PALAVRA..TEM ENTENDIMENTO DA BIBLIA OLHA SO.. POR AI JA SE VE QUE VC É SABIO O INIMIGO TENTOU ACABAR COM SUA VIDA DESDE CRIANÇA TE DESANIMAR COLOCANDO PESSOAS PRA TE CRITICAREM… MAS DEUS NAO PENSA COMO OS HOMENS.. ELE É AMOR E FOGO CONSUMIDOR TAMBEM.. VA CORRENDO PROS BRAÇOS DO SENHOR ELE TE AMA E ESTA TE ESPERANDO TEM UM ENCONTRO MARCADO COM VC!!!!!!! QUALQUER COISA ME MANDE UMA MSG POR AQUI.. OK.. QUE DEUS OLHE POR VC NESSA CAMINHADA QUE É DIFICIL.. E TE LIVRE DE TODO LAÇO E DE TODA MALDIÇAO… FIQUE COM DEUS AMEM?!?

  15. rayana diz:

    Ola não sou batizada, fui chamada para ser madrinha do bebe da minha cunhada. gostaria de saber oque posso fazer para poder patizar o bebe.

    • katia diz:

      Rayana, que eu sabia nao ha problema nenhum em vc nao ser batizada, pelo que sei vc terá que fazer um cursinho preparatório :) Mas se vc tem dúvidas aconselho que pergunte na paróquia do seu bairro se há algum impedimento.

    • janemar nunes diz:

      * PRA UMA PESSOA BATIZAR OUTRA NO MINIMO! ELA TEM QUE SER BATIZADOS TAMBEM!!!!
      * PARA BATIZAR UMA PESSOA OS PADRINHOS SE FOREM MARIDO E MULHER UM DO OUTRO ELES TEM QUE SER CASADOS ,
      * SE O CASAL QUE VAI BATIZAR SEU FILHO Ñ FOREM MARIDO E MULHER ELES PODEM SER CASADO OU SOLTEIRO , POR QUE NINGUEM É OBRIGADO A DAR SEU FILHO PRA CASAL QUE ESTEJA CASADO ENTRE SI
      *VC PODE DAR MEU FILHO PRA PESSOAS QUE NEM SE CONHECEM, POR EXEMPLO: SEU PRIMO E SUA AMIGA E VICE VERSA
      *O MAIS COMUM É AS PESSOAS DAREM SEUS FILHOS PRA PESSOAS QUE SÃO CASADAS ENTRE SI! MAIS ISSO Ñ É UMA REGRA
      *CRIANÇAS DE ATÉ 5 ANOS PODE SER BATIZADA SEM FAZER A CATEQUESE E É POR ISSO QUE É COMUM OS BATIZADO ENQUANTO CRIANÇA
      *CRIANÇAS ACIMA DE 6 ANOS TEM QUE FAZER A CATEQUESE E É POR ISSO QUE TEM UM MONTE DE GENTE SEM SE BATIZAR! O MEU FILHO TEM 19 ANOS E QUER SE BATIZAR MAIS QUANDO ELE PENSA NESSE CURSINHO ELE DESISTE

  16. Fran diz:

    Quando se comemora o dia do padrinho e da madrinha?

  17. Alessandra Vasconcellos diz:

    Pessoas que não são batizadas podem , batizar ??o.O

    • katia diz:

      Alessandra, eu acho que depende mto da paróquia, já ouvi dizer que sim e que não há nenhum problema. Consulte a paróquia do seu bairro ou a paróquia onde o bebê será batizado.

  18. adelini belgaro diz:

    boa tarde!!
    estou muito preeocupada escolhi para minha filha os meus cunhados, eles são casados a 12 anos no civil, e não são casados na igreja, fui em 2 igrejas na minha cidade e lá me diserão qe eles não poderiam ser padrinhos e madrinha, eles adorão muito a menina,estou muito preocupada com isoo, e eles tben, peço que me ajude se iso tem na igreja catolica msm, casais qe não forem casados na igreja não podem msm batiza !! obrigada

    • katia diz:

      Adelini, acho estranho porque digamos que o casal nao seja casado, se por exemplo vc convida um primo seu e uma colega de trabalho, quer dizer que não podem batizar porque não são casados?
      Procure outra igreja, creio que deva haver algum equívoco. Coloque esta questão acima ao padre. Se for um casal de amigos que não tem ligação marital (de marido e mulher), nao podem batizar? Pq então os padrinhos que vc escolheu tem que ser casado na igreja?

  19. Duda diz:

    Olá. primeiramente parabéns pelo site !
    bom gostaria de saber o seguinte..
    minha sogra vai ser madrinha do meu filho e ela fica falando pra minha mãe toda a hora que se Deus me livre acontecer alguma coisa comigo(mãe do bebe) que ela terá a total guarda dele, mas uma coisa que eu não intendo.. primeiro não vem os laços de sangue? avó materno e paterno e tal?
    acredito que se os pais falecerem os padrinhos tem a responsabilidade de orientar totalmente na vida religiosa e não ter totalmente a guarda da criança? estou certa ou não?
    beijos e muito obrigada.

    • katia diz:

      Duda,
      Ter a guarda da criança em nada tem a ver com ser padrinho.
      Na falta da mãe, quem legitimamente tem direito da guarda do filho é o pai, na falta dele, pelo que sei são os pais da mãe da criança.
      Já inclusive tive conhecidos que passaram por isso e quem ficou com o bebê foi a avó materna.
      Mas isso não tem nada a ver com ser madrinha ou padrinho.

      Simbólicamente pela igreja os padrinhos tem o dever moral de fazer o papel de pais na educação da criança, na falta dos pais do bebe.
      A guarda já é uma outra história e que envolve uma ação judicial de reinvidicação e onde o juiz irá avaliar o que é melhor para a criança. :)

  20. Samara diz:

    Eu fui convidada pra ser madrinha , e meu namorado o padrinho de um filho de um amigo nosso , mais fiquei sabendo que pelo fato de agente naos sermos casados , agente nao pode ser os padrinhos dele, é verdade isso ? e dizem tambem que o casal se separa .
    isso é só uma supertição ou e verdade ?

    • katia diz:

      Olá Samara,

      O casal se separar é superstição.
      Qto a ser casados creio que não é necessário porque eu própria fui batizada por um casal que não tinha vícnulo nenhum.
      Conheço inúmeros casos onde um irmão e uma irmã (tios da criança) são padrinhos. Por isso sugiro que se informe bem na paroquia onde será realizada a cerimônia do batismo! :)

  21. Alexandre Carlos da Silva diz:

    tenho 18 anos e sou idealista e Homosexual e nao tenho um parceiro posso aceitar o convite do meu amigo ?

    • katia diz:

      Alexandre, como sabemos são poucas as religiões que apóiam o homessexualismo, eu sinceramente acho que religião, crer em Deus e manifestar em nosso dia a dia atitudes cristãs em nada tem a ver com a nossa orientação sexual; porém infelizmente o preconceito existe. Na minha opinião, você pode sim aceitar o convite do seu amigo para ser padrinho, não vejo problema algum; e não creio que a igreja possa interferir nisso. Obrigada pela participação em nosso blog. Abçs.

  22. Alexandre Carlos da Silva diz:

    muito obrigado com sua resposta posso ver as coisas com mais clareza.

  23. Simone diz:

    Como muitos comentários vou deixar também minha angústia. Tenho uma filha de 5 anos, batizei ela com 34 dias de vida e convidei meus cunhados pelo motivo que estavam casados há quase 15 anos e queria um casal que representasse mãe e pai. Por escolha sempre quis minha irmã, mas na época ela estava namorando e não queria pois se terminasse o namoro poderia perder a função. Porém menos de um ano depois este casal que foram padrinhos se separaram. Hoje ele tem outra família. Na hora em que mais precisei quando minha filha foi operada de emergência nem visitar ela eles foram. Nos aniversários fiz minha parte convidando e nunca foram. Nenhum presente deram a ela. Hoje ela fala a todos que minha irmã é a madrinha dela e o atual esposo que ela gosta tanto. Todos os dias esta angústia me aperta o coração. Minha filha falou que quando ela for fazer a primeira comunhão quem vai acender a vela dela é este tio que sempre esteve presente ou o avô. meu sonho era batizar ela novamente, mas sei que não é possível.

    • katia diz:

      Simone, como já orientei aqui nos comentarios, vc ja tentou falar com um padre e explicar o seu sentimento?
      Concordo com o que vc sente. Infelizmente mtas pessoas que aceitam ser padrinhos e madrinhas não sabem a importância que isso tem na vida religiosa e essencialmente na vida da criança. Meus padrinhos tb nunca lembraram que eu existo, enfim é triste.

  24. Fátima diz:

    Olá,
    Tenho uma dúvida. Gostaria de saber se os avós maternos da criança podem batiza-la.

  25. Fabricia diz:

    Boa tarde!!!

    Sou batizada, mas nao fiz primeira comunhão nem crisma…posso ser madrinha?????

    Obrigada, abraços.

    • katia diz:

      Fabricia, que eu saiba a única exigência é de que o padrinho e madrinha tenham sido batizados na igreja
      católica e façam o curso preparatório.

  26. Danilo diz:

    Olá ! recebi um convite de uma amiga a ser padrinho a uns 10 meses..conheço ela a uns 3 anos, na escola..legal ela..acabei aceitando..sou uma pessoa muito tarefada, quase ñ tenho tempo para dar atenção pra o afilhado, até dei presentes e pouco de atenção..mas vejo q nem no aniversário vou estar presente,é ela já disse q se eu não aparecer, q eu nem olhe mais pra ela, e infelizmente eu tenho um compromisso profissional na mesma data..ñ vou ter tempo pra acompanhar no dia-a-dia, instruindo oq é certo e errado e nem para mostrar a trilha d Jesus..ela vai ficar muito chateada com isso, concerteza…e contudo, se eu continuar sendo considerado padrinho só serei estatística de um padrinho q ñ da atenção..estou qrndo conversar com ela a respeito desse assunto..me dê uma ajuda !?? isso é um pecado ?? eu ñ vou pro ceú quando deixar esse mundo ?? :(

    • katia diz:

      Danilo, não se preocupe, eu tb já recusei ser madrinha de uma criança.
      Se realmente não temos tempo para dar atenção à criança e no mínimo poder acompanha-la nos momentos
      principais como um aniversário, ou no natal, realmente não faz mto sentido ser padrinho ou madrinha; mas isso é a minha opinião.
      Qdo eu recusei ser madrinha, recusei pelo mesmo motivo, não queria ter este tipo de compromisso assumido e depois sentir-me culpada por não poder cumprir. Conversei na época com a mãe da criança, expliquei meus motivos, pedi que não levasse a mal, e disse que para mim ser madrinha (ou padrinho) era algo sério p/ o qual naquele momento eu não tinha condições de cumprir com o que eu iria assumir. Ela entendeu e até me agradeceu pela sinceridade, assim a amizade é a mesma até hoje, e ela não ficou chateada por eu não poder comparecer em aniversários ou acompanhar o crescimento do bebê.

  27. Danilo diz:

    Agdç! primeiramente por perder seu tempo em me responder.. infelizmente vou ter q fazer isso! obg pelas palavras..;

  28. Mariana Codo diz:

    Olá sou batizada na igreja católica e fui convidada para ser madrinha juntamente com o meu namorado. Mais eu não possuo nem catequese e nem crisma e ele só fez catequese . Podemos ser padrinhos dessa criança ?!

  29. andressa diz:

    boa tarde,
    gostaria de saber se alem de padrinho e madrinha de batismo, ainda existe os padrinhos de representaçao??? para caso o padrinho ou madrinha lhe falte, tenha outro para representa-lo…

    • katia diz:

      Olá Andressa, nunca ouvi falar nisso, por isso não me sinto a vontade pra te responder esta pergunta. Supõe-se que se uma pessoa se compromete em ser padrinho, compareça no dia e hora marcado. Creio que a igreja poderá te orientar nisso.

  30. Joyce diz:

    Boa tarde, Katia!!!
    Parabéns pelo seu blog!
    Sou membro de um grupo de batismo e aprendo muito ao estudar o contéudo que aqui é apresentado. Continue o seu trabalho que é excelente. Atualmente estou indicando o seu blog para que meus colegas e eu consigamos nos preparar melhor para as formações.
    Quanto a Natalia Fabricio Costa, gosto muito do seu ponto de vista. Acho que é ele que faz com que a Katia e todos nós que aqui visitamos reflita e busque entender e respeitar mais ao nosso proximo.
    Acho que até mesmo sem querer cada uma defendendo sua opinião ambas estão agradando a Deus pois
    defendem a Ele acima de tudo e isso é o mais importante. Continuem se respeitando e assim sempre estarão no caminho certo. Que Deus abençõe a todos!!

  31. Juli diz:

    Sinceramente, estive a ler alguns comentários aqui deixados e fico com a impressão de que quem é evangélico acha que católico deve ser queimado na fogueira, isso tá quase parecido com a Inquisição que dizimou milhares de Judeus em 1500 em Portugal. Eu não entendo o porque de tanta discórdia com o tema batismo. Desde que eu me conheço por gente e isso já vão 60 anos, que os padrinhos segundo a igreja católica tem responsabilidades com os afilhados, e que as crianças são batizadas ainda bebês. Sinceramente vai ver aprendemos tudo errado, ou vai ver a moda agora é outra…..
    Valha-me DEUS…e haja pessoas que tem tempo para perder atormentando a vida dos outros com assuntos como esse.

  32. Mariana diz:

    Bom Dia,
    Gostaria de saber se minha mâe e minha sogra podem ser a madrinha e “padrinho” do meu filho? isso é possivel?

  33. francisca diz:

    Boa tarde Katia ,
    sou evangelica e fui convidada para ser madrinha de um bb quando sua mãe ainda estava o gerando ..
    aceitei dentro dos seguintes criterios : só poderia ser de boca por não ser da mesma religião não posso batizar a criança , a mãe aceitou agr mudou de idéia . Por que diz q a criança não pode ser pagã não sei se o termo esta correto se estiver errado me desculpe , como resolvo isso ? é necessário o batismo na igreja catolica ou pode ser de “boca”? como digo pra ela q não vo batizar a criança devido minha religião . outra duvida é se as madrinhas tem obrigações financeiras com a criança ? Se puder ter uma resposta breve agradeceria pois a criança esta pra nascer e gostaria de resolver a questão antes. Obrigada !

    • katia diz:

      Olá Francisca, em primeiro lugar parabéns pela forma respeitosa como você elaborou sua pergunta aqui no nosso blog. Inicialmente você foi muito sincera com a mãe e disse que seria madrinha de “boca” já que você segue outra religião.

      Qto ao termo, sim na religião católica diz-se pagão aquele que não recebeu o batismo, na pia batismal, conferido pelo sacerdote, no caso o padre. Então com isso quero dizer que batismo de “boca”, ou madrinha de “boca” segundo eu sei não existe, já que a religião católica só considera batismo o ato dado pelo padre ao bebê ( ou ao jovem ou ao adulto que se converta a religião católica); inclusive a igreja católica fornece aos pais da criança uma certidão de batismo que no futuro será solicitado à criança caso ela quando adulta deseje casar-se no religioso (na igreja católica).

      Creio que a forma mais correta de dizer isso a mãe, é que da mesma forma que você respeita a opção dela e a religião que ela segue (a católica), você espera que ela também respeite a sua opção de ser evangélica e respeite isso; não ficando chateada por você decidir não ser madrinha da criança, já que felizmente como eu sempre digo temos que ser livres para seguirmos aquilo que o nosso coração pede.

      Qto as obrigações financeiras se fosse em Portugal teria sim e muita, mas não quer dizer que todas as madrinhas cumpram isso.

      No Brasil, creio que a obrigação financeira não seja tão rígida, creio que o sacramento da igreja dita que os padrinhos sejam responsáveis no sentido de encaminhar a criança para o caminho do bem, e caso falte os pais aí sim possam contribuir ou assumir a criação da criança; mas eu creio que isso era no passado. Hoje em dia na falta de um dos pais, quase sempre os avós paternos ou maternos assumem a criação da criança.

      Espero ter ajudado.
      Obrigada.
      Kátia

      • francisca diz:

        - Obrigada ajudou muito !
        Quanto a forma com q elaborei a pergunta ,
        creio que não podia ser de forma diferente ..
        Sabendo-se que diante de Deus somos todos irmãos
        e devemos nos amar .

        A paz .

  34. MIRELE diz:

    Oiii Boa noite, Eu gostaria de saber se eu posso rejeitar o pedido da minha cunhada pois eu estou gravida e ela e o esposo dela quer batizar o meu beber só q eu ñ queria q fose eles os padrinhos isso dar azar para o beber???? obrigada

    • katia diz:

      Mirele,
      Quem escolhe os padrinhos são os pais, e não o contrário.
      Por mais que uma pessoa manifeste o desejo de ser madrinha ou padrinho de uma criança, quem escolhe é a mãe e o pai do bebê. Recusar ser madrinha de uma criança não traz má sorte e tão pouco recusar um pedido de alguém que quer ser madrinha (ou padrinho) traz má sorte. Isso são apenas superstições, felizmente vivemos no século XXI e é chegada a hora de independente da religião que fazemos parte, podemos ser livres para tomarmos nossas decisões de acordo com o que o nosso coração pede e não de acordo com o que os outros acham certo; ou que tentam nos impor através de imposição de receios e superstições. Jesus era um homem livre acima de tudo, livre e corajoso o suficiente para enfrentar a humanidade e fazer valer diante do mundo o que DEUS PAI queria, sigamos o exemplo de JESUS livre. :)

  35. Aline diz:

    Oi Boa Noite.. Posso pergunta? Eu não sou batizada, fui chamara p/ ser madrinha de bebê da minha amiga.. Posso ser madrinha??

    • katia diz:

      Aline, sugiro que você peça à mãe da criança para perguntar isso na igreja.
      Algumas igrejas pedem que os padrinhos tenham sido batizados, mas pelo que tenho ouvido falar
      algumas não fazem essa exigência. Sei é que os padrinhos são obrigados a participar de um curso de formação (instrução sobre o que é o batismo) na igreja.

  36. Heloisa diz:

    Minha amiga me convidou para ser madrinha de sua filha que ainda vai nascer. Mas agora ela nao entra em contato comigo mais e eu nao sei se a criança já nasceu ou não. To com um presentimento que ela talvés tenha se arrependido do convite e tenha chamado outra pessoa, por isso a falta de notícias. JA tem pessoas até me perguntando, será q vc ainda é a madrinha da criança. é uma situação um pouco embaraçosa , nao sei o q fazer. é possivel essa atitude? obrigada

    • katia diz:

      Heloisa,
      Numa relação de amizade (na minha opinião) deve haver reciprocidade e isso significa convívio. Tenho muitas “amigas” que se dizem minhas amigsa, mas não posso contar com elas para absolutamente nada, tão pouco p/ desabafar que dirá algo mais importante; sequer trocamos telefonemas durante anos. Isso para mim não é amizade. Isso são “conhecidas” que passaram pela minha vida, que tenho afeto, mas cada uma na sua.

      Na minha opinião, vc deve analisar o porque da atitude da sua amiga. Eu não acho correto da parte dela ter feito o convite e depois se afastar. Vai saber o que ela esperava qdo te
      fez o convite?! A mente humana é uma incógnita.
      Vc não saber se a criança já nasceu ou não, não é muito normal numa relação de amizade, ainda mais qdo vc seria a madrinha da criança. Quem sabe se vc telefonasse para ela, e dissesse que já há tempos não se falam, se ela ficou chateada com algo…enfim…tentar descobrir através da conversa se ocorreu algo. acho que esta será a única forma de vc descobrir, isso se ela for sincera não é?

  37. Nina diz:

    Olá, uma duvida…meu cunhado deveria ser o padrinho da miha filha, no entanto, o trabalho dele o escalou para trabalhar no dia do batismo e ele diz que nao tem como negociar…eu já etsou com tudo pronto para a data…nao tenho outra pessoa para ser o padrinho….o meu sogro (avo paterno) pode ser padrinho no lugar do meu cunhado?? Alguem me disse que sim mas achei estranho…obg :S

    • katia diz:

      Olá Nina, sim pode.
      Meus avós foram padrinhos dos meus primos.
      Nunca houve problema, a não ser que agora a igreja pense diferente.
      Porém creio que vc deve avisar a igreja qto a alteração.

    • janemar nunes diz:

      PODE SIM! É SÓ VC COMUNICAR A IGREJA E LEVAR OS DOCUMENTOS DO NOVO PADRINHO

  38. janemar nunes diz:

    ACHO QUE OS PADRINHOS DOS NOSSOS FILHOS TEM QUE TER COMPROMISSO COM OS AFILHADOS, ESTA PERTO DA CRIANÇA QUANDO OS PAIS ESTIVEREM AUSENTES, AJUDAR NA EDUCAÇÃO, AJUDAR A PREPARA-LOS PRA VIDA! CONHEÇO GENTE QUE TEM AFILHADO E Ñ SABE NEM O DIA DO ANIVERSÁRIO DELE, NUNCA LIGA PRA SABER SE A CRIANÇA ESTA BEM E QUANDO A MÃE DIZ QUE VAI DA UMA PASSADINHA NA CASA DELA PRA LEVAR O AFILHADO PRA ELA VER , SEMPRE INVENTA UMA DESCULPA E O QUE É PIOR, DIZ QUE ESTA DURA E QUE ASSIM QUE TIVER UM DINHEIRINHO VAI COMPRA UMA LEMBRANCINHA PRA CRIANÇA!!! É POR ISSO QUE É MELHOR Ñ ACEITAR O PEDIDO PRA SER MADRINHA OU PADRINHO!!! TEM GENTE QUE DIZ QUE Ñ PODE REJEITAR UM PEDIDO DE SER OS PADRINHOS. POXA O PIOR É ACEITAR E DEPOIS Ñ QUERER SABER DA CRIANÇA!!!!!! E AINDA DIZ: EU SÓ ACEITEI POR QUE Ñ SE PODE NEGAR O PEDIDO! ISSO ME REVOLTA

  39. claudia paz diz:

    Bom dia, Kátia ou quem quiser me responder, saberia me dizer se eu posso ter SOMENTE o padrinho? Prq a madrinha q meu marido escolheu não e tia Prq ela e a irmã dele afinal não nem cunhada nem tia como ela vai ser a madrinha. E ele insiste, posso também deixa lá crescer e ela decidir o q e melhor nessa questão, sou católica e vou a missa todos os domingos e ela foi apresentada a iIgreja..

    Att Cláudia

    • katia diz:

      Bom dia Claudia, não sei lhe responder se pode ser só um padrinho. Talvez.Pode ser que algum dos nossos
      leitores saibam responder.
      Ultimamente tenho ouvido falar sobre dois casais serem padrinhos, não sei se efetivamente isso é possível e se
      a igreja permite. Tenho visto isso em muitos sites, porém ninguém explica se é meramente “padrinho” por consideração ou “social” ou se efetivamente a igreja permitiu que fossem dois casais. Creio que vc poderia consultar o padre da igreja onde sua filha será batizada, acredito que ele poderá fornecer toda a orientação.

  40. Ju diz:

    Meu filho foi batizado por uma tia, ele pode levar uma outra madrinha para a renovação do batismo?

  41. Jaqueline diz:

    Bom, pelo que eu sei, quando os pais não são casados, os padrinhos tem que ser casados(na igreja e não somente no civil), e quando os pais são casados, pode ser padrinhos que nao sejam casados(como um irmao e uma amiga), a igreja que eu frequento pede isso, e se não me engano pede que os padrinhos
    tenham o batismo.
    Eu graças a Deus tenho 24 anos e meus padrinhos(um casal de amigos dos meus pais) sempre foram muito presentes na minha vida… =)
    Sempre conversando, aconselhando, me acompanhando, me mostrando a direção certa…
    Já o meu irmao, os padrinhos são minha tia irmã do meu pai e o meu tio marido dela, eles mal olhavam pro meu irmao, não se importavam com nada, ai ele passou a chamar meus padrinhos de padrinhos, hj ele nem liga, mas qndo criança ele ficava triste….
    Fui convidada para ser madrinha da filha da afilhada da minha mãe, eu e meu marido faremos
    um curso para batizar e começo de dezembro vamos batizar a Vitória, pra mim ter sido chamada para madrinha foi uma alegria imensa, sei das responsabilidades de ajudar a educar e ensinar os melhores caminhos para essa criança…
    Ser chamada para ser madrinha é uma alegria que não tem como explicar, vc segurar aquela criaturinha tao pequena, tao inocente nos braços e ver nela um filho do coração… simplesmente só quem passa por isso é que realmente entende.

  42. sofia diz:

    meu namorado é afilhado do meu pai…acham isso ruím??? k nao podemos casar ou fikar juntos??? a minha familia condena isto.

  43. Lenne diz:

    ola, boa tarde, uma grande amiga minha teve um filho, hj ele ja esta cm 6 meses, e em janeiro ela pretende batiza-lo e me chamou para ser madrinha, porem eu não sou catolica, na verdade eu não tenho nenhuma religião, porem gosto do menino como se fosse meu filho, e eu quero muito ser a madrinha dele, isso é permitido?

    • katia diz:

      Olá Lenne, boa tarde.
      Pelo que sei para ser madrinha será necessário fazer um curso preparatório na igreja onde a criança será batizada, por isso creio que sim vc deva ser católica, pq penso que isso lhe será perguntado. Sugiro que vc pergunte isso na igreja.

  44. jhessica mayara diz:

    resumindo, religiao nao se descute.

  45. Eduarda diz:

    Queria saber se meu irmão e minha cunhada que não são casados se pode batizar minha sobrinhas…os padrinhos tem todos sos sacramentos;;;

  46. Elisangela diz:

    Posso ser madrinha de três irmãos?

Deixe o seu Comentário

*

MisterWP - Criação de sites e blogues Profissionais em Wordpress