Relacionamento entre Mãe e Filha

Toda mãe procura manter uma relação equilibrada com a sua filha. Mas você bem deve saber que as oscilações são normais e até mesmo inevitáveis.

Essa relação é tão conflituosa justamente por você e sua filha serem tão próximas; elas observam falhas e defeitos que ninguém mais vê e se acham no direito de apontar essas falhas uma para a outra.

Como equilibrar o relacionamento Mãe e Filha?

Você como mãe sempre quer ver sua filha ser a melhor em tudo, seja no que for: trabalho, estudo, relacionamento.

Do outro lado da balança, a sua filha quer que você a veja como perfeita. Ou seja, toda mãe pensa que está dando uma demonstração de afeto quando faz um comentário à filha, mas na verdade ela a vê como crítica.

E não há como impedir isso. A base dos relacionamentos de qualquer mulher é a conversa e com sua filha não é diferente.

E quando se usa desse artefato com a filha, pode-se acabar por falar demais e ouvir o que não queria. Se você quer tornar a relação com sua filha mais fácil, evite competições – mesmo que inconsciente.

A mãe nunca pode sentir inveja da filha, em momento algum. Caso sua filha sinta que não alcança o mesmo nível de realizações que você, apoie e mostre o quanto ela já progrediu.

Uma dica para você mãe é tomar muito cuidado quando for fazer algum comentário. Na dúvida, não aconselhe ou critique. Se por um acaso houver algum desentendimento, procure perguntar qual o sentido que aquilo foi dito antes de tirar conclusões precipitadas.

Você mãe nunca pode ter ressentimento entre a ligação entre sua filha e seu companheiro; mesmo que você se sinta excluída tem que saber que aquele é um espaço dos dois.

Qual a posição que deve ter o Pai?

O Pai deve sempre participar na educação e na vida dos seus filhos, no entanto quando se refere ao relacionamento entre Mãe e Filha, o Pai deve ter algum cuidado.

O Pai por sua vez nunca deve tomar partido entre uma ou outra; nesse caso é melhor aconselhar o seu companheiro a ouvir os dois lados e mostrar compreensão da situação em ambas as partes.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO