Saúde da Familia

Campanha internacional de consciencialização sobre Meningite – #WinForMeningitis

Campanha internacional de consciencialização sobre Meningite – #WinForMeningitis
5 (100%) 2 votos

A Campanha internacional #WinForMeningitis de consciencialização foi lançada pela GSK, e tem o objetivo de garantir que os pais tenham conhecimento sobre as medidas que podem tomar para proteger os seus filhos das consequências potencialmente devastadoras da Meningite. Meningite, é Meningite no Brasil, na Europa,  na África ou em qualquer país, por isso é de extrema importância que pais e mães estejam atentos aos sintomas para saberem agir com rapidez, para além de óbviamente manter a vacinação das crianças em dia.

Campanha internacional #WinForMeningitis

A Campanha internacional #WinForMeningitis conta com diversas ações de divulgação dentre elas exposições, vídeos e site oficial.  Atualmente uma exposição de fotos dafotógrafa  Anne Guedes encontra-se patente em Portugal, e apresenta 6 atletas paralímpicos em fotos que mostram os efeitos devastadores que a meningite teve nas suas vidas.

Suélen Marcheski de Oliveira - Atleta Paralimpica - Foto Anne Guedes ©

Suélen Marcheski de Oliveira – Atleta Paralimpica – Foto Anne Guedes ©

No Brasil Suélen Marcheski de Oliveira é uma dos seis atletas paralímpicos escolhidos a nível mundial para dar a cara pela campanha #WinForMeningitis.   Suélen, de 17 anos, nasceu em Ijuí, Brasil, e é corredora. Suélen contraiu meningite alguns dias depois de ter nascido, o que causou hidrocefalia. Ela teve paralisia cerebral no lado esquerdo, causando dificuldades em caminhar. Quando ela tinha 13 anos, ela descobriu atletismo. Descobrir o esporte era um ponto de viragem em sua vida e oferecido sua independência. Suas principais conquistas até hoje foi  uma medalha de ouro nos 100m e 200m nos Jogos Parapan Americanos na Argentina, em 2013.

Que tipos de Meningite existem?

MENINGITES BACTERIANAS – São as mais graves e podem ser fatais.

MENINGITES VÍRICAS – São as mais comuns e, geralmente, as menos graves.

MENINGITES FÚNGICAS – São as mais raras e acontecem habitualmente em doentes crónicos
(diabetes, cancro ou infeção pelo vírus VIH/SIDA).

MENINGITES CAUSADAS POR PARASITAS – São mais comuns nos países menos desenvolvidos.

Sinais e Sintomas da doença meningocócica

FASE INICIAL – PRIMEIRAS 4 A 8 HORAS

Os sinais e sintomas da doença meningocócica são pouco específicos e podem ser semelhantes aos de uma gripe.

As crianças apresentam:

Sonolência
Falta de apetite
Febre
Náuseas
Vómitos
Dor nas pernas
Irritabilidade

MAIS TARDE – SINTOMAS CLÁSSICOS

Com a progressão da doença surgem os sintomas mais típicos, que ajudam no diagnóstico:

Manchas na pele
Dor de cabeça
Sensibilidade à luz
Dificuldade em mexer o pescoço (rigidez da nuca)
A taxa de mortalidade situa-se entre os 5 e os 14%, sendo que 11 a 19% dos doentes sobrevivem com alguma sequela a longo prazo, entre as quais sequelas neurológicas, perda de audição, cicatrizes e amputações.

Como controlar a doença?

A forma mais eficaz para controlo da doença meningocócica é a sua prevenção através da vacinação. Apesar de ainda não existirem vacinas para todos os grupos de meningite meningocócica, estas estão atualmente disponíveis para os cinco tipos mais frequentes.

O site oficial oferece toda informação necessária para que os pais fiquem informados sobre sintomas, prevenção , impacto na sociedade, saiba mais em: – Prevenir a Meningite

********** Fonte de informação, fotos e imagens © Site Oficial da Campanha

 



Deixar 1 Comentário

Captcha