Tradições de Natal

Todos os anos repetimos as mesmas tradições de natal, mas nem ao menos sabemos como surgiram ou qual o seu significado. É importante que você saiba a história de todas essas tradições para poder passar para seu filho. Assim ele entenderá plenamente o que é o espírito natalino e todas as tradições que envolvem a data.

A já obrigatória árvore de natal simbolizava na mitologia grega o culto as divindades. O carvalho era para Júpiter; a oliveira para a deusa Minerva e a videira para o deus Baco. Já os chineses diziam que os pinheiros significavam uma longa vida.

O primeiro cartão de natal surgiu em 1845 e foi feito pelo pintor John Calcott Horsley. Ele desenhou uma família ao redor de uma mesa bem farta e colocou ainda ao lado um rico dando comida a um pobre.

Havia também a mensagem em inglês: “Feliz Natal e Próspero Ano Novo para você”. A partir desse dia foi que se criou o hábito de enviar e receber mensagens impressas de natal.

Árvore - Tradição de Natal
Árvore – Tradição de Natal

A ceia surgiu da tradição das famílias européias antigas de deixarem a porta aberta para que os viajantes pobres pudessem participar da ceia na noite de natal. Foi então que começou o costume de ceiar na companhia de amigos e familiares.

A estrela-guia ou estrela cadente ajudou os três Reis Magos a chegar até a manjedoura onde Jesus nasceu. Ela guiou com sua luz, por isso ela é chama de estrela-guia. As estrelas por si só já representam luz permanente e um ambiente harmonizado. Os judeus acreditam que as estrelas são anjos guardiões.

As cores usadas nos enfeites também têm um significado especial: a cor ouro está ligada ao sol e a evolução do espírito; o verde representa poder de se renovar e o vermelho remete ao amor divino e ao fogo. Por isso é bom decorar a casa com um pouco de cada cor para atrair todas as boas energias que puder.

As músicas de Natal surgiram há muitos séculos na Europa, quando as famílias se reuniam na igreja para celebrar o nascimento de Jesus e entoar cânticos de homenagem a data.

Aprenda no vídeo abaixo fazer saquinhos para presente de natal:

O que também não pode faltar no Natal são as receitas tradicionais de Natal que transmitem o espírito natalício e envolvem toda a família.

Já o delicioso e tradicional panetone é um bolo recheado com frutas secas e é uma tradição do natal italiano. Na verdade existem duas histórias sobre a invenção do bolo.

A primeira é que o produto nasceu no ano 900 e foi produzido por um padeiro chamado Tone (por isso o nome, pane-di-Tone); a segunda versão é a de que um mestre-cuca, Gian Galeazzo Visconti preparou o bolo para uma festa em 1395. No Brasil ele chegou após a segunda guerra mundial, quando os imigrantes italianos resolveram reproduzir a receita consumida na época do natal.

Cada país tem suas tradições de natal específicas, e é lindo conhecer a origem de cada uma delas, dado que sempre envolvem história e muito da cultura popular de cada localidade! 🙂

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário

  Subscrever  
Notificação de