Se você é mãe ou está grávida, com certeza já ouviu diversas surperstições relacionadas a gravidez, e ao bebê que você espera. Estas surperstições de gravidez são passadas de geração em geração, das nossas bisavós, para nossas avós, de nossas avós para nossas mães, e de nossas mães para nós; é uma cadeia sucessiva de surperstições quase sempre nascidas há décadas e porque não dizer há séculos.

Porém saiba que quase tudo que ouvimos não passam de crendices populares, muitas vezes criadas para impor receio, ou limitar as ações da grávida na sociedade da época. Não há nenhuma comprovação científica de que qualquer uma destas superstições que estamos habituadas ouvir, sejam verdadeiras. Como o próprio nome diz não passam de crendices populares sem nenhum fundamento lógico ou comprovável. Por isso nada de sofrer ou encucar com estas coisas!

supersticoes-de-gravidez

Vamos ver abaixo algumas das superstições relacionadas a gravidez e a bebês mais conhecidas:

– Mulheres, no período do resguardo (40 dias após o parto) não podem lavar a cabeça;

– Gestantes devem comer canjica para ter mais leite;

– Grávidas devem tomar cerveja preta para ter mais leite;

– Usar no bebê uma roupa vermelha na saída da maternidade protege dos maus olhados;

– Usar no bebê uma roupa amarela na saída da maternidade fará do bebê uma criança rica;

– Se a gestante tiver muita azia, é sinal que o bebê será cabeludo;

– Se você tiver desejo durante a gravidez e coçar algum lugar do seu corpo, seu bebê nascerá com uma pinta grande no mesmo local que você coçou;

– Não se deve cortar o cabelo do bebê antes de 1 ano de idade, porque se assim o fizer,  o bebê deixará de crescer;

– Se a sua barriga for redonda seu bebê será uma menina, se for pontuda será um menino;

– Se lhe cair nas mãos uma fruta como o morango ou a banana que estejam grudadas é sinal que você terá gêmeos;

– Quando fizer tricot não se deve passar o fio por trás do seu pescoço, caso o faça seu bebê corre o risco de se enrolar no cordão umbilical;

– Não se deve pendurar no pescoço a aliança de casada quando estiver grávida, isso causará o divórcio;

Gostaram? Na verdade a melhor coisa a se fazer é manter-se tranquila e confiante de que tudo vai dar certo, óbviamente sem descurar dos exames de rotina e das orientações de seu médico! 🙂

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO