Gravidez na Adolescencia ou Gravidez Precoce

Gostou deste Post?

A gravidez precoce ou a gravidez na adolescência , mais do que um problema para a mãe adolescente e a família, é um problema de saúde pública. Estima-se que no Brasil, uma entre cada quatro mulheres que são mães, tem menos de 20 anos de idade. Essas jovens raramente  estão preparadas fisicamente e muito menos psicologicamente para serem mães.

Hoje em dia não é raro vermos adolescentes com 13 ou 14 anos a espera do seu primeiro filho. Além de essas jovens serem mães muito cedo, elas perdem parte da infância e precisam amadurecer muito cedo. A parte da fantasia e do faz de conta de se brincar com bonecas desaparece na hora do parto e dá lugar ao medo, angústia, solidão e rejeição.

A adolescente precisa ser apoiada pela família e pelo futuro pai da criança. Depois de confirmada a gravidez, não adianta a adolescente se revoltar,e muito menos os pais se revoltarem.Nestes casos não vale a pena chorar pelo ‘leite derramado’.

O apoio e a conversa é a melhor coisa a ser feita neste momento, já que provavelmente antes da gravidez o diálogo entre filha e pais não deve ter existido. A jovem vai sofrer sérias transformações no corpo e precisa de apoio para poder lidar com isso. Mas deixe claro que apoio não significa transferência de problema; ela é a mãe e a responsabilidade maior é dela.

Uma entre cada quatro mulheres que são mães, tem menos de 20 anos de idade.

Ou seja, é a adolescente quem tem de cuidar da criança,  bem como tornar-se responsável pelo sustento financeiro dela. O ideal é que seja feito em comum acordo com o pai da criança caso o mesmo assuma a paternidade. Em alguns casos a familia da adolescente pode entrar com uma ação judicial para que o pai da criança assuma a sua parte na criação do bebê.

Os riscos para a saúde da adolescente de uma gravidez precoce também são altos, já que o corpo da menina não está pronto para receber a criança. Por vezes a jovem escolhe esconde  a gravidez até o último estágio e acaba  não fazendo os exames pré-natais e colocando em risco a vida dela e a do feto. Ela escolhe esse caminho por medo do que pode acontecer se ela contar a verdade.

São exatamente por esses fatores que a gravidez precoce deve ser encarada como um problema de saúde pública e não apenas familiar. É por isso mesmo que toda a sociedade, incluindo a escola deve se preocupar e orientar os jovens na prevenção de uma gravidez precoce.

Por vezes essa gravidez precoce acontece pela falta da famosa conversa com os jovens; muitos pais têm vergonha ou acham desnecessário conversar com os jovens e acham que esse papel é da escola. É por isso que os jovens começam muito cedo a vida sexual e de forma errada, sem estarem preparados para as conseqüências dos seus atos.

Um filho precoce só vai atrapalhar os planos dos jovens. Por vezes eles abandonam os estudos ou adiam os sonhos que acabam nunca se concretizando já que eles têm uma responsabilidade muito maior para lidar nessa fase de planejamento de sonhos.

Isso pode fazer com que o adolescente cresça e seja um adulto frustrado com a sua vida, sentindo que poderia ter feito muito mais, realizado os sonhos se não fosse a gravidez precoce.Não estamos falando só da menina, incluimos  também neste tema os meninos que por vezes terão de assumir a responsabilidade de uma família em plena adolescência.

É por isso que o cuidado, a conversa e o senso de responsabilidade devem estar sempre presentes. Melhor se precaver antes de engravidar, há muitos métodos anticoncepcionais eficientes desde que usados corretamente e com responsabilidade.

Com certeza há exemplos de outros blogs e sites que abordaram este mesmo tema , muitas adolescentes virão aqui dizer que sentem-se discriminadas e que todos ‘atiram pedras’ em vez de ajudar; mas estas mesmas adolescentes infelizmente se esquecem que só elas podem ser responsáveis pelo seu corpo e pelos próprios atos.

Felizmente muitas têm um final muito feliz, têm seus filhos, por vezes até se casam ou os pais ajudam na árdua tarefa de criar um filho sozinha; mas uma grande parcela se vê sozinha e com um bebê nos braços para criar.Não pense que isso ocorre só em classes menos favorecidas, adolescentes de classe média e alta também engravidam; por isso a informação e o diálogo é essencial para que os adolescentes sejam esclarecidos quanto aos riscos de uma  gravidez precoce.

Por isso pense nisso, não custa nada se prevenir. ;)



Gostou deste Post?

Comments

  1. Tenho 16 anos, e estou quase tendo certeza que estou grávida, e não sei o que fazer, até porque meu namorado não quer ser pai agora, acho que ele não gostaria da idéia, EU ACHO, mais também nem comentei nada com ele ainda, mais pior de tudo é minha familia, porque minha mãe é muito rigorosa, mais ela também nunca conversou comigo, tenho mt medo da reação de toda minha familia, estou realmente desesperada, me ajudem alguém por favor, me diz o que fazer!

  2. tenho 22 anos meu sonho é ser mãe ,sou casada a 3anos queria muito sonho tanto em ter um filho
    meu marido não ta nem ai pois ele já tem um filhaa com outra, quem criar é a mae dele ,eu nao estou trabalhando e tenho medo de engravida agora e nao consegui arranja emprego logo queria sabe oque faço mim der uma opinião pode envia tbm ppor mal obrigado

  3. oi tenho 17 anos tive meu filho com 16anos hoje ele tem 1ano e 3 meses entao decidir entrgar meu filho para o pai que ja tem a vida feita e nao tenho apoio familiar para mim poder estudar e trabalhar entao decidir fazer isso sera que foi correto eu tentar dar o melhor de mim para ter uma vida melhor e futuramente dar para ele tbm entramos num acordo que eu vou poder ta vendo criança nao to abandonando meu filho vou estar presnte na vida dele so nao vou poder educalo foi errado da minha parte to me sentindo um fracasso de mae me respondam logo por favor?

    • oi tenho 14 anos e na minha opnião andressa não se culpe p/ poder dar um futuro para seu filho vc terá q se estabelecer primeiro só não perca o contato com seu filho boa sorte

    • samanta pinto says:

      minha crida por min se de momento nao tens condicoes de crialo o melhor e o q fiseste se os teus pais ou tios nao te agudam ai sim caso nao ele estaria contigo mais digote eu ficaria com ele de qualquer geito com ou sem bens materiais porque uma mae nunca abamdona o seu filho dirias a ele que enviace dinheiro mensalmente bjs cuida de ti tambem tenho uma filha.

    • JULIANNA TEIXEIRA says:

      VC NUNCA SERÍA UMA MÃE BOA SE VC ESTIVESSE CRIANDO ELE PQ OS DOIS IRIÃO PASSA NESSECIDADE ENTÃO O IMPORTANTE FOI VC Ñ TER ABANDONADO ELE ENTÃO VC É UMA VITORIOSA SEMPRE ACOMPANHE SEU FINHO PQ PODE O PAI DELE FALA QUE VC O ABANDONOU SEMPRE ACOMPANHE O CRECIMENTO DELE MUITO OBRIGADO POR Ñ TEM ABORTADO TÁ…BJS DE JULIANNA TEIXEIRA DE SOUZA.

  4. NÃO SE DEIXE SE LEVA PELOS PENSAMENTOS E SIM PELAS COMSEQUENCIAS

  5. oy adressa! Tu tens k pensar no teu filho agora e no futuro dele, ate porque tu nao fizest o filho sozinha o pai dele tem d contribuir de certa forma para a educacao e prosperidade dele. Forca ai! P ti e p teu filho.

  6. bom eu acho que a pessoa faz finho hoje por que que nao e obrigado fazer eu acho isso por que quando um n que o outro nao faz eu acho que e isso

  7. bom eu acho quando um não quer outro não faz…

  8. olha eu acho q tem que se previnir quanto a hitoria de gravidez sabe ser mae nao é tao facil quanto parece vc tem q com seus pais ou responsaveispor vc isso nao e correto sair tranzando com todo mundo quando dois nao querem dois nao fazem

  9. na minha opinião eu diria que assim que já és mãe apenas aprendeste que na vida enxiste altos e baixos. para todos os adolecentes porfavor quidem-se. sem mais…

  10. Kenia cerqueira says:

    Bm so kenia Cerqueira hoje dia 23/04/12 esto fasendo um trabalho sobre gavidez precoce e presiso q vcs maes adolecentes postem oque acontecel cm vcs no perildo da gravidez de vcs obrigada

  11. Quem é o autor deste texto?? Queria usa ele em meu trabalho academico, seria de grande ajuda. obrigado

  12. Suely Silva says:

    Todos nós sabemos que a adolescencia é um periodo de descobertas. Acredito que a gravidez precoce acontece por falta de dialogo entre os pais destes adolescentes, porém um dos meios de previnir a gravidez na adolescencia seria a participação da familia orientando seus filhos e a escola incluir projetos que envolvam temas relacionados a Gravidez na Adolescencia, Doenças Sexualmente Transmissiveis (DST), e outros. E é importante que a familia dos educandos participem das palestras.

  13. jennifer oliveira says:

    eu acho q essa guria tem q tomar vergonha na cara se ela teve corage de …………… para o pai da crianca ela tem q ter coragem de assumir o seu filho pq a crianca nao tem culpa de ter nascido numa relacao complicada…

    • esse texto ele esta ensinando a ter uma vida melhor é o q eu acho essa pessoas tem filhos e muitas dela abortam eles isso ta errado ñ assumem seus filhos e vai parar na justisa ou acabam morrendo se cuide,se previ use camisinha vai ser melhor para sua vida

  14. meu bem sei k um dia deus vai dar-t essa oportunidade de ter um filhinho maravilhoso. mas para isto prepare o bem estar dele… ñ decista de procurar emprego, qm luta sempre alcansa… cuida-te…

  15. Gilvanea Cabral says:

    Fez bem em dar a criança ao pai afinal é o pai melhor que por exemplo vender, ou doar ou até mesmo fazer um aborto ainda bem que não fizeste força querida mas como a poliana dissw só não perca o contacto com o seu filho

  16. DAVID CARNEIRO says:

    EU JÁ PENSO QUE AS MENINAS ADOLESCENTES DE 15(QUINZE) ANOS DE IDADE,COM A IDADE DA MINHA BOA AMIGUINHA ADOLESCENTE AMANDA(AMANDINHA),JÁ FICAM É GRÁVIDAS DOS NOIVOS DELAS E DOS MARIDOS DELAS!!!!!!!!!

    • Que bom David :)
      Ao menos se elas tem noivos e maridos, supõe-se que os respectivos pais estarão ao lado da mãe e do bebê nos momentos em que eles precisarão de apoio. Isso é sinal de responsabilidade e consciência. Fizeram o bebê e
      assumirão a responsabilidade por estarem juntos e cuidarem da criança! ;)

Speak Your Mind

*


3 + três =