Bigmãe
brincadeiras com bebês

Brincadeiras para bebês de 0 a 12 meses

Quem disse que não existem brincadeiras para bebês? Esqueça a ideia de ficar fazendo caretas ou balançando um objeto qualquer. São muitas as opções que, além de divertir pais e filhos, também ajudam a estimular o desenvolvimento. Para ajudar, existem diversos brinquedos Montessori para bebês e crianças de todas as idades, para te auxiliar nesse momento.

Mas, antes de sair comprando diversos objetos para o entretenimento do bebê, pense que você também precisa aprender. Até para quem já tem um filho, há sempre novidades. E no caso das mamães de primeira viagem, as descobertas vão acontecendo ao longo dos dias e meses. Na verdade, durante toda a vida.

Como brincar com bebês e crianças

As brincadeiras com os bebês e as crianças devem ser realizadas durante um momento de calma e tranquilidade. Ou seja, o seu filho é a prioridade daquele momento. Deixe por alguns minutos o celular de lado, a televisão e esqueça durante esse momento dos seus problemas e da lista de tarefas para fazer. Divirta-se também.

Brincadeiras para bebês de 0 a 6 meses

brincadeiras com bebês de 0 a 6 meses

Alguns especialistas afirmam que os bebês só começam a ter a capacidade de aprendizado a partir dos 6 meses. Mas há quem defenda que os estímulos a sua volta podem ser capazes de o fazer desenvolver com mais qualidade, desde o cognitivo e motor, até mesmo o emocional.

1. Reconhecer formas e objetos

Objetos com cores e formas geométricas numa primeira fase são ideais para que os bebês comecem a acompanhar com seus olhos o movimento e a reconhecer diferentes cores. Crie você mesma um painel com várias cores, formas geométricas para que durante um determinado período do dia, ele possa interagir. Assim como o mobile no alto do berço ou o espelho para que ele já comece a se enxergar.

2. Som da voz e o toque das mãos

O seu bebê consegue ouvir e reconhecer a sua voz. Cantar ou contar histórias é uma excelente brincadeira para o bebê. Inclusive, algumas mamães utilizam desta técnica para acalmar a criança, quando está nervosa ou irritada com alguma coisa. O mesmo se aplica ao toque: segurar as mãos e os pés do bebê enquanto canta para ele. Este gesto ajuda no aprendizado sensorial.

3. Na barriga da mãe

Na medida que você ganhar confiança com o seu bebê, pode começar a colocá-lo de bruços na sua própria barriga. Conversar, fazer carinho e cantar são formas de brincar enquanto ele se encontra nessa posição. Essa posição também ajuda a fortalecer os músculos para que, próximo aos 6 meses, ele comece a querer ficar sentado sozinho.

4. Texturas e objetos

Brincar com bolas, mordedores e objetos de diversas texturas é uma das melhores brincadeiras para bebês. Você também pode apostar chocalhos e brinquedos que emitam diversos sons. Monte uma caixinha dos tesouros para que o bebê brinque e tenha a possibilidade de tocar, pegar, arremessar texturas diferentes. Aposte também em uma vareta (colher de pau) com fitas amarradas na ponta para passar sobre o rosto e as mãos da criança. Elas se divertem muito com os diferentes toques e sensações. Tenha atenção e não deixe que brinque sozinho, sem a sua presença.

Veja também: Beneficios da natação para o bebê

Brincadeiras para bebês de 6 meses a 1 ano

brincadeiras com bebês de 6 a 12 meses

É a partir dos 6 meses que os bebês costumam (não é uma regra) conseguir sentar sozinho e a dar os primeiros “passos” para engatinhar. No final dessa fase, também é capaz dele estar preparado para os reais primeiros passos. Essa fase é tão gostosa de curtir quanto a primeira. Ver o seu filho alcançando pequenas grandes conquistas é muito emocionante.

5. Encaixar peças

Blocos de plástico, madeira ou silicone são ideias para a criança aprender a empilhar (e destruir), encaixar, tirar e colocar. Inclusive você pode ensiná-lo a colocar o objeto dentro e fora de uma caixa, assim como pegar e lhe entregar esse mesmo brinquedo. É a partir dessa fase que também começam os “barulhos”, então, permita-se. Até mesmo as vasilhas da cozinha e uma colher podem virar brinquedos para bater e emitir sons.

6. Brincadeiras de banho e livros

A cultura de apreciar um livro pode vir desde bebê, seja antes de dormir ou até mesmo na hora do banho. Estimular uma criança a olhar, tocar, passar páginas e futuramente reconhecer, interpretar, contar e ler histórias é muito importante para o desenvolvimento psíquico e motor. Mostre ao seu filho como fazer com um livre e divirta-se nesses momentos.

7. Enfrentando obstáculos

Uma das melhores brincadeiras para bebês é estimular que a criança queira pegar ou buscar algo. Pegue numa bolinha e role para longe, pois assim ela terá que engatinhar para pegar e brincar novamente. Você pode aproveitar caixas de papelão para fazer “obstáculos” ou até mesmo o vão das cadeiras e mesa para que elas passem por baixo. Certifique-se, no entanto, que não há a possibilidade de bater com a cabeça.

8. Brinca com a comida

Essa brincadeira com o bebê não é no sentido de desperdiçar o alimento. Mas deixar com que a criança experimente e se lambuze com uma frutinha ou papinha. Nós sabemos que dá trabalho, mas se coloque no lugar deles! É novidade: desde o toque até o levar a boca; o sabor diferenciado, o fato de “mastigar e engolir”. Uma novidade gostosa e divertida.