beneficios da natação para o bebê

Os benefícios da natação para o bebê, de forma geral, estão ligados ao estímulo e desenvolvimento, saúde e ao emocional, uma vez que cria e fortalece o vínculo entre a mãe ou o pai e seu filho. A prática da natação também pode ser encarada como um momento de relaxamento e diversão para ambas as partes.

É simplesmente lindo e divertido ver como o bebê se comporta dentro de uma piscina. Por já estar acostumado com a água – foram nove meses dentro da sua barriga -, ele possui reflexos naturais, que já o fazem “nadar”, prendendo a respiração debaixo d’água. Por isso, com o auxílio de profissionais especializados, essa atividade é capaz de agregar alguns bons benefícios para o bebê e a mamãe ou papai.

O que a natação para bebê pode fazer pelo seu filho

natação para bebê

Os benefícios da natação para o bebê são inúmeros: melhora a coordenação motora; permite aprender noções de espaço e tempo; trabalha o psicológico para o auto-salvamento; estimula o apetite por gastar energia – e acalma consequentemente -; aumenta a resistência do coração e da respiração. Inclusive especialistas recomendam a prática de exercícios aquáticos para quem possui problemas respiratórios, tais como a asma.

Outros benefícios da natação para o bebê que podem ser ressaltados são:

  • Ajuda a engatinhar, sentar ou andar mais facilmente;
  • Melhora a qualidade do sono – dormir melhor;
  • Desenvolve resistência respiratória e muscular;
  • Ativa a circulação sanguínea.

Quando iniciar a natação para bebês?

É muito importante que a criança já tenha tomado as primeiras vacinas antes de começar a praticar natação. Portanto, entre os 4 e 6 meses é a idade mais indicada, uma vez que já possui alguns dos mais importantes anticorpos em seu organismo. Desta forma você evita que o bebê contraia algum tipo de doença.

Outra dica importante é com relação aos mergulhos, que só devem ser feitos quanto o seu filho já estiver totalmente adaptado ao ambiente e principalmente a água. Apesar de ser algo incrível e que as mamães desejam presenciair – ou têm muito medo -, deve ocorrer de forma natural e nunca forçada. As aulas também não devem ser extensas, e sim com um período entre 10-15 minutos e, com a adaptação do bebê, até 30 minutos.

A sua presença do familiar no decorrer das aulas, seja a mamãe ou o papai, é muito importante. Além de criar o laço de confiança, ajuda o bebê a se acalmar, sentindo-se seguro para a diversão da água. Lembre-se também que o momento mais importante e o principal benefício da natação par ao bebê é a interação promovida entre vocês: o laço emocional.

Como escolher a escola de natação ideal

É importante que você procure uma escola de natação que possua aulas especializadas para bebês, com profissionais devidamente capacitados. Tenha atenção ainda as questões de higiene e as condições da piscina (cloro está com pH neutro, igual a 7 e temperatura entre os 27ºC e 29ºC). E não deixe de verificar com o pediatra do seu bebê se não há nenhuma contra indicação ou restrição de saúde para que o bebê possa começar a praticar natação.

Normalmente as aulas de natação para bebês começam a partir dos 4-6 meses e podem chegar até os 3 anos de idade. O seu filho deve se sentir seguro, para que ao longo das aulas – e dos anos -, seja capaz de aprender e se desenvolver.

Assista a este compilado de bebês na natação e veja o quanto eles se divertem com os pais:

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO