InícioBebêsBenefícios da natação para o bebê e quando começar

Benefícios da natação para o bebê e quando começar

Publicado em

Os benefícios da natação para o bebê, de forma geral, estão ligados ao estímulo e desenvolvimento, saúde e ao emocional, uma vez que cria e fortalece o vínculo entre a mãe ou o pai e seu filho. A prática da natação também pode ser encarada como um momento de relaxamento e diversão para ambas as partes.

É simplesmente lindo e divertido ver como o bebê se comporta dentro de uma piscina. Por já estar acostumado com a água – foram nove meses dentro da sua barriga -, ele possui reflexos naturais, que já o fazem “nadar”, prendendo a respiração debaixo d’água. Por isso, com o auxílio de profissionais especializados, essa atividade é capaz de agregar alguns bons benefícios para o bebê e a mamãe ou papai.

O que a natação para bebê pode fazer pelo seu filho

natação para bebê

Os benefícios da natação para o bebê são inúmeros: melhora a coordenação motora; permite aprender noções de espaço e tempo; trabalha o psicológico para o auto-salvamento; estimula o apetite por gastar energia – e acalma consequentemente -; aumenta a resistência do coração e da respiração. Inclusive especialistas recomendam a prática de exercícios aquáticos para quem possui problemas respiratórios, tais como a asma.

Outros benefícios da natação para o bebê que podem ser ressaltados são:

  • Ajuda a engatinhar, sentar ou andar mais facilmente;
  • Melhora a qualidade do sono – dormir melhor;
  • Desenvolve resistência respiratória e muscular;
  • Ativa a circulação sanguínea.

Quando iniciar a natação para bebês?

É muito importante que a criança já tenha tomado as primeiras vacinas antes de começar a praticar natação. Portanto, entre os 4 e 6 meses é a idade mais indicada, uma vez que já possui alguns dos mais importantes anticorpos em seu organismo. Desta forma você evita que o bebê contraia algum tipo de doença.

Outra dica importante é com relação aos mergulhos, que só devem ser feitos quanto o seu filho já estiver totalmente adaptado ao ambiente e principalmente a água. Apesar de ser algo incrível e que as mamães desejam presenciair – ou têm muito medo -, deve ocorrer de forma natural e nunca forçada. As aulas também não devem ser extensas, e sim com um período entre 10-15 minutos e, com a adaptação do bebê, até 30 minutos.

A sua presença do familiar no decorrer das aulas, seja a mamãe ou o papai, é muito importante. Além de criar o laço de confiança, ajuda o bebê a se acalmar, sentindo-se seguro para a diversão da água. Lembre-se também que o momento mais importante e o principal benefício da natação par ao bebê é a interação promovida entre vocês: o laço emocional.

Como escolher a escola de natação ideal

É importante que você procure uma escola de natação que possua aulas especializadas para bebês, com profissionais devidamente capacitados. Tenha atenção ainda as questões de higiene e as condições da piscina (cloro está com pH neutro, igual a 7 e temperatura entre os 27ºC e 29ºC). E não deixe de verificar com o pediatra do seu bebê se não há nenhuma contra indicação ou restrição de saúde para que o bebê possa começar a praticar natação.

Normalmente as aulas de natação para bebês começam a partir dos 4-6 meses e podem chegar até os 3 anos de idade. O seu filho deve se sentir seguro, para que ao longo das aulas – e dos anos -, seja capaz de aprender e se desenvolver.

Assista a este compilado de bebês na natação e veja o quanto eles se divertem com os pais:

MAIS POPULARES

Primeira Comunhão – o que é, como e quando acontece

A Primeira Comunhão ou Primeira Eucaristia é o ato religioso da Igreja Católica no...

As 30 melhores brincadeiras antigas para crianças

As brincadeiras antigas para crianças mais famosas eram: amarelinha, bolinha de gude, cantigas de roda, passa anel, roda pião, pipa, ensine à sua criança para brincar.

Jogo da Velha: Saiba as regras e aprenda a jogar

O jogo da velha é um jogo de regras extremamente simples, e que diverte adultos e crianças em qualquer lugar e a qualquer hora do dia. Excelente passatempo!

15 brincadeiras folclóricas que toda criança precisa conhecer

Brincadeiras folclóricas são brincadeiras antigas e são passadas de geração para geração mantendo suas regras básicas de origem.

Últimos Artigos

Filhos e Vida Profissional – Mães que Trabalham Fora

Você tem uma carreira promissora, mas com a chegada dos filhos não sabe como conciliar a sua carreira e a família, os filhos com a sua vida profissional.

Quando devo tirar a mamadeira do meu bebê?

Chega uma hora que é inevitável tirar a mamadeira do seu pequeno bebê. Esta é, no entanto uma tarefa complicada, saiba quando e como deve tirar a mamadeira.

As crianças devem praticar exercícios físicos ou esportes?

Saiba o que é melhor para a criança: Exercícios físicos ou esportes? Você vai perceber que ele vai ficar mais bem disposto além de ter um sono melhor.

As 30 melhores brincadeiras antigas para crianças

As brincadeiras antigas para crianças mais famosas eram: amarelinha, bolinha de gude, cantigas de roda, passa anel, roda pião, pipa, ensine à sua criança para brincar.

Mais artigos relacionados