Você já percebeu, falar de matemática e mais precisamente de tabuada com o seu filho é um grande problema. As crianças não gostam da tabuada e começam a ter uma birra natural por ela. Mas calma que não é nada que com algumas dicas não possa ser resolvido. O motivo dessa birra é muito fácil de ser solucionado e você verá que mais tarde ele até sentirá prazer na tabuada.

Um dos fatores do seu filho não gostar da tabuada é que ela sempre foi um aprendizado mecânico. Tinha-se que decorar a tabuada inteira, e pronto. Os professores não faziam com que os alunos entendessem o processo, exigiam apenas a memorização.

Ou seja, todo esse processo de decorar acaba sendo cansativo e stressante para o aluno. E é normal que ele acabe ficando com uma birra por causa da tabuada; é um processo de decoração e não de entendimento.

As escolas não devem obrigar os alunos a decorar a tabuada, e muito menos você deve fazer com que o seu filho aprenda por esse método. Existem técnicas que ensinam a tabuada sem ser na base da decoração. Ele não precisa ficar o tempo todo sendo pressionada com chamadas orais para provar que ele sabe a tabuada na ponta da língua.

Se o aluno entender todo o processo, ele nunca precisará decorar e a tabuada deixará de ser a vilã do ensino e do seu filho. A pressão também colabora para que ele não goste naturalmente da tabuada. Muitos professores e pais pressionam os alunos ao dizer que sem saber tabuada não poderão avançar nos estudos; ou seja, ele vai engasgar naturalmente no aprendizado por não saber a tabuada.

Ou seja, o método mais fácil de fazer com que o seu filho goste da tabuada é fazer com que ele não decore, e sim aprenda. Nada de: “duas vezes um, dois; duas vezes dois quatro”. Ele precisa entender o que isso significa e porque é usado.

A partir do momento que ele entender, ele passará a gostar naturalmente da tabuada, você poderá ajuda-lo com jogos educativos e até mesmo através de brincadeiras. Assim ele aprende não apenas repetindo o que mandaram, mas sim compreendendo a importância e a utilidade da tabuada! 😉

Antigamente os professores davam como ‘castigo’ por mal comportamento ter de escrever em casa 100 vezes a tabuada do …5, 6, 7, 8 ou 9. Era um martírio e conheço adultos que até hoje não sabem tabuada devido a este tipo de pressão sofrido na infância; por isso nada melhor do que tato para lidar com este tema e tudo dará certo!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO