Dia 08 de Março é o Dia Internacional da Mulher, a origem da criação da data diverge, porém o que se sabe é que em 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecido nos U.S.A, entraram em greve para reivindicar melhores condições de trabalho. Esta greve foi reprimida pelas autoridades locais de forma violenta, e estas mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Mais de 100 operárias morreram carbonizadas.

O primeiro Dia Internacional da Mulher foi celebrado em 28 de fevereiro de 1909 nos Estados Unidos, por iniciativa do Partido Socialista da América, e foi oficializada somente em 1975, através de um decreto da ONU. A criação desta data não tinha intenção de comemorar absolutamente nada, e sim tinha como objetivo lembrar o assassinato cruel daquelas trabalhadoras que reinvidicavam apenas condições de trabalho mais dignas e lembrar as conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres no último século.

Com greve, sem greve, exigindo direitos ou se calando diante do mundo, a verdade é que ainda em muitos países do mundo a mulher ainda é humilhada e tratada com violência seja por marido, pai, irmãos, parentes, governantes e até mesmo pelos filhos. Na minha opinião, não basta celebrar o dia e lembrar as atrocidades cometidas contra as  mulheres em todo o planeta. Palavras o vento leva, é preciso ações efetivas e que mudem realmente as atitudes das pessoas. É necessário que se cumpram as leis, que a violência doméstica tenha fim, e que outros atos desumanos cometidos contra meninas, jovens e mulheres em todo o mundo sejam punidos com rigor. Infelizmente, acho que ainda irá demorar no minimo 200 anos para que muitas coisas mudem, mas enfim a esperança é a última que morre e portanto, esmorecer, jamais! Fé sempre.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário

  Subscrever  
Notificação de