brincar tambem e educacao

Brincadeira também é educação. Quer coisa melhor do que ver seu filho aprender brincando?

O sorriso de satisfação dele ao te contar as novidades que aprendeu em uma simples brincadeira não tem preço, ainda mais quando você já sabe que esse aprendizado será eterno.

As atividades lúdicas devem ser incentivadas por você e pela escola dele.

Algumas brincadeiras são fáceis e podem ser feitas em casa mesmo. Mas se você tiver oportunidade, leve-o para brincar ao ar livre.

Tire um tempinho e reúna ele e os amiguinhos e livre-se dos muros da casa. Lembre-se da época em que você brincava na rua e das brincadeiras que a maioria das crianças não conhece. Traga o passado para a vida do seu pequeno.

Você pode passear com ele em um parque público e deixar que lá ele explore o local como bem desejar.

Se a rua da sua casa ainda conserva uma praça, pode levá-lo para andar de bicicleta, patins, skate ou só para caminhar mesmo ou então pode ajudar a confeccionar uma pipa e soltá-la depois.

Certo que os jogos de computadores são legais, mas sair dessa rotina e proporcionar ao seu filho e aos amiguinhos deles momentos ao ar livre também é de suma importância.

Assim ele aprenderá noções de cidadania e respeito.

Se seu filho tem até 6 anos, a dica é ensinar a pular corda; essa brincadeira é boa porque várias pessoas podem participar e ajuda a exercitar o corpo.

O telefone sem fio pode ser usado para exercitar a imaginação e a memória das crianças.

As risadas ficam por conta dos erros e das mensagens desconexas no final da brincadeira,

Já outra atividade que movimenta muito o corpo e ajuda na agilidade é a queimada; outra boa dica, pois pode ser feita em várias pessoas. O vire estátua também é bacana, pois envolve música e movimentação.

O segredo para divertir com seu filho e ensinar é usar a criatividade sempre. Com poucas coisas você pode ensinar noções e conceitos valiosos para ele.

Experimente pegar um pouco de sucata e ensinar a importância do reaproveitamento; você verá como ele aprende rápido.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira o seu comentário!
Insira o seu Nome