Os adolescentes passam por várias transformações, no corpo, na voz e no temperamento; e para complicar essa fase difícil, pode ser que apareçam as temíveis acnes. Não se preocupe pois hoje felizmente o problema pode ser solucionado, basta que para isso se tenha alguns cuidados diários com a pele.

Antigamente  era comum vermos  os adolescentes  com o rosto cheio de acne, ou as tão conhecidas ‘espinhas’; na altura não tinha remédio que combatesse esse mal. Mas agora já existem diversos tratamentos que previne ou amenizam os sintomas da acne.

A acne é o problema mais comum dos 12 aos 20 anos e é provocado por pústulas que podem deixar marcas ou cicatrizes na pele. Mas o pior não são as marcas na pele, e sim as marcas na auto-estima do adolescente, já que nessa fase a imagem é muito importante para ele.

A acne nada mais é do que o resultado da grande produção das glândulas sebáceas, que são altamente estimuladas pelos hormônios adolescentes. Junta-se a isso o engrossamento da pele que faz com que o sebo não possa sair: pronto, o ambiente perfeito para a acne está formado.

E a acne pode ter gravidade variável, há as do tipo mais leves e que são combatidas com as receitas caseiras e limpeza de pele diária, mas há as de grau mais elevado que devem ser tratadas pelos dermatologistas, já que a acne causa uma inflamação na pele que pode levar a uma cicatriz permanente. E a cicatriz nada tem a ver com o adolescente cutucar ou não a pele.

Acne tem cura, produre um dermatologista!

O tratamento para esse tipo mais severo de acne é feito de dois tipos diferentes; usa-se substâncias externas para afinar a pele e facilitar a vazão do sebo, combinado com o uso de antibióticos internos que combatem as bactérias que irão causar a inflamação.

Os remédios e antibióticos devem ser receitados por um dermatologista, já que só ele vai saber que tipo de medicamento usar externamente e que antibiótico terá que ser combinado ou não com esse tratamento externo. Muitas das vezes tentar soluções caseiras nos casos mais graves só agrava a infecção e o resultado final pode ser muito pior.

Agora para o adolescente que quer combater o provável aparecimento da acne, a dica é cuidar da limpeza diária da pele, já que só assim se elimina a oleosidade, desentope os poros e faz a pele respirar evitando o acúmulo do sebo. A limpeza também deve ser recomendada pelo dermatologista, já que ele vai passar o tipo de óleo, loção ou sabonete mais adequado ao seu tipo de pele.

Veja o vídeo abaixo e saiba o que é e como tratar a acne:

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário

  Subscrever  
Notificação de