Com a volta às aulas muitos pais acabam por levar um grande susto ao ler a lista de pedido de material escolar expedida por muitas escolas. Para evitar isso o Procon divulgou um lista de pedidos abusivos em material escolar, citando itens que não podem ser pedidos pelas escolas.

Material EscolarO Procon orienta que as escolas só podem solicitar material de uso pedagógico e não podem cobrar taxas sobre itens de uso coletivo. A proibição vale para todos os estados brasileiros e as irregularidades devem ser denunciadas.

O Procon orienta que as escolas só podem solicitar material de uso pedagógico do aluno. O Orgão esclarece ainda que não é permitida a exigência de marcas específicas, nem a compra em alguma loja pré-determinada.

Para mais informações sobre uniforme escolar: – G – Bom dia Brasil – Material Escolar

Veja a lista com os itens que não podem ser pedidos aos pais na lista de material escolar, segundo o Procon:

– Álcool hidrogenado
– Algodão
– Bolas de sopro
– Canetas para lousa
– Copos descartáveis
– Cordão
– Creme dental
– Disquetes
– Elastex
– Esponja para pratos
– Estêncil a álcool e óleo
– Fita para impressora
– Fitas decorativas
– Fitilhos
– Giz branco e colorido
– Grampeador
– Grampos para grampeador
– Lenços descartáveis
– Medicamentos
– Papel higiênico
– Papel convite
– Papel ofício colorido
– Papel ofício (230 x 330)
– Papel para impressoras
– Papel para copiadoras
– Papel de enrolar balas
– Pegador de roupas
– Plásticos para classificador
– Pratos descartáveis
– Sabonetes
– Talheres descartáveis
– TNT (tecidos não tecido)
– Tonner

Fonte: G1-Bom Dia Brasil

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ