As crianças podem apresentar desde muito cedo problemas de visão, que se não forem diagnosticados cedo, podem causar sérios problemas no futuro delas. O maior problema que os pais e oftalmologistas enfrentam nesta fase é que as crianças muito pequenas ainda não têm a exata noção do que é uma visão perfeita, então o diagnostico pode ficar complicado. Mas isso não significa que você não vai dar atenção especial à visão dele.

Os principais problemas de visão que acometem as crianças são a miopia, astigmatismo, estrabismo e hipermetropia; esses problemas afetam quase que 20% das crianças que estão em idade escolar. Seria como se uma em cada quatro crianças na sala de aula tivesse algum desses problemas. E esses problemas visuais atrapalham a aprendizagem das crianças; por isso mesmo a importância do rápido diagnostico.

Alguns desses problemas podem ser decorrência de esforços visuais aos quais os pequenos são submetidos desde cedo, como a televisão ou o computador, já que esses são aparelhos que exigem muito dos olhos das crianças e pode atrapalhar o pleno desenvolvimento da visão.

Os chamados problemas refrativos aparecem conforme a queixa do seu filho, como dor de cabeça depois da aula, ficar muito próximo de livros ou da televisão, não conseguir ver algo que você aponta a certa distância e olhos irritados. Além disso o rendimento dele na escola pode cair e ele ter dificuldade e até mesmo não gostar de estudar.

Os problemas mais comuns são a miopia que é a dificuldade que a criança tem de enxergar de longe; hipermetropia que é quando o seu filho vê que os objetos colocados a sua frente ficam borrados; o astigmatismo que é quando ele tem uma visão desfocada de qualquer objeto a qualquer distância e pode estar associado tanto a hipermetropia quanto a miopia. Todos esses problemas podem ser resolvidos com o uso de lentes corretivas ou óculos e o oftalmologista é quem escolherá a melhor forma. Já o estrabismo é quando os olhos perdem a sua característica paralela e cada um aponta para uma direção diferente ao invés de estarem ambos apontados para frente, a solução nesse caso pode até mesmo ser a cirurgia para a correção do problema.

Para que a saúde ocular do seu filho esteja sempre em dia, é recomendado que você leve o seu pequeno no oftalmologista a partir dos três anos, pelo menos uma vez por ano. Assim o profissional vai poder diagnosticar ou prevenir algum problema de visão que o seu filho possa ter.

Assista o vídeo abaixo onde o oftalmologista dá muitas dicas aos pais:

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ