InícioSaúdePara tratar a Depressão

Para tratar a Depressão

Publicado em

Segundos dados oficiais, a depressão afecta 20 por cento da população portuguesa. A depressão encontra-se reconhecida no Plano Nacional de Saúde 2000-2010 como um problema primordial de saúde pública.

É a principal causa de incapacidades e a segunda causa de perda de anos de vida saudáveis entre as 107 doenças e problemas de saúde mais relevantes. Os custos pessoais e sociais da doença são muito elevados.

Uma em cada quatro pessoas em todo o mundo sofre, sofreu ou vai sofrer de depressão. Um em cada cinco utentes dos cuidados de saúde primários portugueses encontra-se deprimido no momento da consulta.

Mas o que é “ Depressão “ ?

É uma doença mais comum do que muitas pessoas julgam, que se caracteriza por tristeza marcada ou prolongada, perda de interesse por actividades antes tidas como agradáveis e perda de energia ou cansaço fácil.

A depressão pode afectar pessoas de todas as idades, desde a infância à terceira idade, e se não for tratada e seguida devidamente, pode conduzir ao suicídio, uma consequência frequente da depressão.

Cerca de 20 por cento dos casos torna-se uma doença crónica. Estes casos devem-se, essencialmente à falta de tratamento adequado.

A prevalência da depressão é muito maior (mais de 2 vezes ) nas mulheres que nos homens, segundo um estudo realizado pela Organização Mundial de Saúde.

São maiores os riscos em pessoas com episódios de depressão no passado e história familiar de depressão. Mas devemos ter em atenção também a adolescência, mulheres após o parto, em fase de menopausa e pós-menopausa.

Existem também riscos de depressão associados a outros factores, nomeadamente saúde, ambiente familiar e stress.

• Pessoas com outras doenças associadas, sobretudo doenças crónicas ou incuráveis

• Pessoas que sofreram a perda de alguém próximo;

• Pessoas com tendência para ansiedade e pânico;

• Pessoas com profissões de grande stress e competividade profissional

• Pessoas com dependência de drogas e álcool

• Pessoas idosas, muitas vezes vivendo só e sem apoio social

Quais são os sintomas mais frequentes da depressão?

A depressão diferencia-se das normais mudanças de humor pela gravidade e permanência dos sintomas.

Está associada, muitas vezes, a ansiedade e/ou pânico.

Os sintomas mais comuns da depressão são:

• Modificação do apetite (falta ou excesso de apetite);
• Perturbações do sono (sonolência ou insónia);
• Fadiga, cansaço e perda de energia;
• Falta de confiança e de auto-estima e sentimentos de culpa
• Falta de concentração;
• Preocupação com o sentido da vida e com a morte;
• Desinteresse, apatia e tristeza;
• Alterações do desejo sexual;
• Irritabilidade;
• Sintomas físicos, como dor muscular, dor abdominal, enjoo.

Causas da depressão

As causas da depressão, naturalmente, são diferem de pessoa para pessoa.

Contudo há factores que influenciam o aparecimento e a permanência de episódios depressivos. Por exemplo, condições de vida adversas, o divórcio, a perda de um ente querido, o desemprego, a incapacidade em lidar com determinadas situações ou em ultrapassar obstáculos, etc.

Como já dissemos algumas doenças podem provocar ou facilitar a ocorrência de episódios depressivos ou a evolução para depressão crónica. O mesmo pode suceder com certos medicamentos.

Adaptado de :

http://www.min-saude.pt/portal/conteudos/enciclopedia+da+saude/ministeriosaude/saude+mental/depressao.htm

Como se trata a depressão ?

Normalmente, através do uso de medicamentos receitados e acompanhados pelo médico assistente e intervenções psicoterapêuticas, ou a conjugação de ambas.

Os medicamentos usados no tratamento das depressões são designados por antidepressivos e devem sempre ser tomados sob vigilância médica.

Antes de iniciar uma terapêutica farmacológica química, ou em alternativa aos antidepressivos, muitas pessoas tentam ultrapassar os problemas de ansiedade e depressão através da medicina complementar alternativa ( MCA ).

Sabe-se que a depressão está associada a baixos níveis de neurotransmissor chamado serotonina, substancia que regula o humor, o sono, a actividade sexual, o apetite, o ritmo circadiano, as funções neuro endócrinas, etc., a reposição dos níveis da serotonina no organismo combate a depressão e a ansiedade.

Das sementes da Griffonia simplicifolia (um arbusto) é extraído a base para o medicamento natural 5-HTP (5-hidroxitriptofano), comercializado em forma de suplemento para melhorar especialmente o humor, reduzir a ansiedade, combater a depressão, a insónia, dores de cabeça crónicas, a até a obesidade.

O 5-HTP, precursor do neurotransmissor serotonina, feito a partir das sementes da Griffonia, vem também cada vez mais sendo utilizado em dietas com o objectivo de perder peso, vez que aumenta os níveis de serotonina no cérebro e diminui o apetite por alimentos doces e gordurosos.

A deficiência do 5-HTP implica em redução da serotonina e por sua vez leva à depressão, descontrole do apetite, desordens obsessiva e compulsiva, fobia social e síndrome pré-menstrual.

tratar-depressao-dipress-tecnilor

A griffonia simplicifolia é pois considerada uma grande aliada natural contra a depressão porque é um dos alimentos ricos em serotonina.

O tratamento mínimo para os sintomas da depressão não devem ser inferiores a quatro a seis meses para se poderem obter resultados positivos e motivadores

No mercado existem hoje diversos produtos naturais que podem ser uteis para a depressão e ansiedade.

No entanto há que ter em atenção se a sua composição é a ajustada, porque algumas substâncias precisam de serem acompanhadas de outras para uma melhor absorção e potencialização dos efeitos desejados.

Dipress tecnilor®

Este produto foi desenvolvido no sentido de ajudar a manter a normal função psicológica e a promover o bom funcionamento do sistema nervoso

• O 5-HTP da Grifónia é convertido directamente em serotonina. A serotonina ajuda a regular o humor e o comportam

• Os extractos de Rhodiola parecem proteger as células dos danos externos e interferir na produção de neurotransmissores e na produção de ATP (energia).

• A Passiflora como calmante natural, controla a ansiedade e o stress

• A Vitamina B6 é indispensável à absorção do Magnésio.

• A vitamina B3 é necessária para a manutenção do sistema nervoso

• Estudos mostram que níveis baixos de Magnésio baixam os níveis de serotonina.

No tratamento da depressão recomenda-se ainda a suplementação com Ómega 3, pois melhora o controle das emoções e do humor, diminuindo assim os sintomas da depressão como ansiedade, perturbações do sono e a disfunção sexual, frequente nos estados depressivos.

** Caso tenham interesse em adquirir o Dipress tecnilor® , podem obter um desconto de 15 % de desconto em encomendas de valor superior a 30,00 euros. Para isso os leitores devem inserir o código BIGMAE8 quando efetuarem a compra na loja online.

Dipress tecnilor®  – à venda em farmácias e dietéticas seleccionadas.

Disponível também na loja online : www.tecnilor.com

* Publieditorial

MAIS POPULARES

Primeira Comunhão – o que é, como e quando acontece

A Primeira Comunhão ou Primeira Eucaristia é o ato religioso da Igreja Católica no...

As 30 melhores brincadeiras antigas para crianças

As brincadeiras antigas para crianças mais famosas eram: amarelinha, bolinha de gude, cantigas de roda, passa anel, roda pião, pipa, ensine à sua criança para brincar.

Jogo da Velha: Saiba as regras e aprenda a jogar

O jogo da velha é um jogo de regras extremamente simples, e que diverte adultos e crianças em qualquer lugar e a qualquer hora do dia. Excelente passatempo!

15 brincadeiras folclóricas que toda criança precisa conhecer

Brincadeiras folclóricas são brincadeiras antigas e são passadas de geração para geração mantendo suas regras básicas de origem.

Últimos Artigos

Filhos e Vida Profissional – Mães que Trabalham Fora

Você tem uma carreira promissora, mas com a chegada dos filhos não sabe como conciliar a sua carreira e a família, os filhos com a sua vida profissional.

Quando devo tirar a mamadeira do meu bebê?

Chega uma hora que é inevitável tirar a mamadeira do seu pequeno bebê. Esta é, no entanto uma tarefa complicada, saiba quando e como deve tirar a mamadeira.

As crianças devem praticar exercícios físicos ou esportes?

Saiba o que é melhor para a criança: Exercícios físicos ou esportes? Você vai perceber que ele vai ficar mais bem disposto além de ter um sono melhor.

As 30 melhores brincadeiras antigas para crianças

As brincadeiras antigas para crianças mais famosas eram: amarelinha, bolinha de gude, cantigas de roda, passa anel, roda pião, pipa, ensine à sua criança para brincar.

Mais artigos relacionados