Há milênios que plantas e flores são utilizadas na elaboração de chás, infusões, ungüentos e remédios para a cura de diversas doenças. Os Florais de Bach também são elaborados a partir de flores e plantas, e são utilizados com o objetivo de equilibrar o emocional no campo energético.

Foi o Dr. Edward Bach nascido em 24 de setembro de 1886, na Inglaterra, o precursor deste método de cura da alma e do emocional. Segundo Dr. Edward Bach, o que o individuo sente em sua alma, surge no corpo físico como doença, e funciona como um alerta de que algo em nosso âmago não vai bem; e portanto parar curar os males físicos, primeiro temos que curar os males da alma. Portanto, as essências florais de Bach tratam a pessoa e não a doença; tratam a causa e não o seu efeito.

Para o Dr. Edward Bach, deve ser tratada a personalidade da pessoa e não a doença. A doença seria o resultado do conflito da alma e da personalidade. Ele dizia: “O sofrimento é mensageiro de uma lição, a alma envia a doença para nos corrigir e nos colocar no nosso caminho novamente. O mal nada mais é do que o bem fora do lugar”.

Dr. Bach, passou a dedicar-se ao estudo das flores e das plantas por volta de 1917, período em que teve sua saúde gravemente abalada devido a uma hemorragia, e ao passar por uma cirurgia de urgência, foi-lhe comunicado que talvez não tivesse mais que três meses de vida.

os-florais-de-bach

 Dr. Bach, que na altura trabalhava no Departamento de Bacteriologia do “University College Hospital” e também como assistente clínico do Hospital da Escola de Medicina, decidiu então aprofundar-se em seus estudos, onde acabou por conhecer a filosofia de Samuel Hahnemann, descobridor da homeopatia em 1779 e autor do livro “Organon da Arte de Curar”, onde dizia que uma pessoa só se curava de uma doença, a partir do momento que valorizasse (e curasse) seus sintomas mentais em detrimento dos sintomas físicos.

Após profundo estudo sobre o trabalho desenvolvido por Samuel Hahnemann, Dr. Bach passou a utilizar medicamentos preparados com plantas, a partir de duas plantas, Impatiens e Mimulus. Observou que obteve melhoras significativas em seus pacientes, e decidiu ir mais além, separando indivíduos por grupos de semelhança de comportamento, como se sofressem do mesmo problema e aplicando nos mesmos técnicas iguais mediante a utilização das plantas.

Ao todo em seu período de estudo e dedicação ao tema, Dr. Bach descobriu 38 florais, e concluiu que a origem das doenças seria proveniente de sete sentimentos (atitudes e/ou adjetivo): orgulho, crueldade, ódio, egoísmo, ignorância, instabilidade mental, cobiça e gula.

Dr. Bach acreditava que para se ter saúde era necessário que o indivíduo preservasse essencialmente sua harmonia, sua integração, sua individualidade e sua integridade. Para o equilíbrio emocional, Dr. Bach orientava que o ser humano deveria cultivar diariamente a paz, a esperança, a alegria, a fé, a certeza, a sabedoria e o amor.

Em seguimento ao que Dr. Bach deixou registado, ao longo das últimas décadas, dezenas de sistemas florais foram sendo desenvolvidos em várias partes do mundo por diversos estudiosos, cada um com suas peculiaridades determinadas pelas flores de cada região.

Os Florais de Dr. Edward Bach são utilizados para trabalhar sensações e/ou sentimentos do indivíduo como por exemplo:

* Superar medos, fobias ou traumas;
* Desenvolver flexibilidade;
* Aumentar a autoestima e a autoconfiança;
* Eliminar depressão;
* Melhorar a criatividade e a concentração;
* Ajudar nos relacionamentos interpessoais;

Embora algumas pessoas digam que qualquer um pode prescrever a utilização dos Florais de Bach, acreditamos que tudo deve sempre ser feito através de um acompanhamento de um terapeuta especializado em Florais que estará apto a tirar todas as dúvidas do paciente, bem como prescrever e/ou conjugar os diversos Florais de Bach que podem ser utilizados em cada caso.

Veja abaixo os 38 Florais de Bach:

1- Agrimony (Agrimonia Eupatoria);
2- Aspen (Populus tremuloides);
3- Beech (Fagus sylvatica);
4- Centaury (Erythraea centaurium);
5- Cerato (Ceratostigma willmottiana);
6- Cherry Plum (Prunus Cerasifera);
7- Chestnut Bud (Æsculus hippocastanum);
8-Chicory (Cichorium intybus);
9 – Clematis (Clematis recta);
10 – Crab Apple (Malus pumila);
11 – Elm (Ulmus procera);
12 – Gentian (Gentiana amarella);
13 – Gorse (Ulex europaeus);
14 – Heather (Calluna vulgaris);
15 – Holly (Calluna vulgaris);
16 – Honeysuckle (Lonicera caprifolium);
17 – Hornbeam (Carpinus betulus);
18 – Impatiens (Impatiens glandulifera);
19 – Larch (Larix deciduas);
20 – Mimulus (Mimulus guttatus);
21 – Mustard (Sinapis arvensis);
22 – Oak (Quercus robur);
23 – Olive (Olea europaea);
24 – Pine (Pinus sylvestris);
25 – Red Chestnut (aesculus carnea);
25.1- Rescue Remedy;
26 – Rock Rose (Helianthemum nummularium);
27 – Rock Water (Aqua petra);
28 – Scleranthus (Scleranthus annuus);
29 – Star of Bethlehem (Ornithogalum umbellatum);
30 – Sweet Chestnut (Castanea sativa);
31 – Vervain (Verbena officinalis);
32 – Vine (Vitis vinifera);
33 – Walnut (Juglans regia);
34 – Water Violet (Hottonia palustris);
35 – White Chestnut (aesculus hippocastanum);
36 – Wild Oat (Bromus ramosus);
37 – Wild Rose (Rosa canina);
38 – Willow (Salix vitellina);

Veja para que serve cada uma das essência de Florais de Bach em:

As 38 essência de Dr. Bach

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário

  Subscrever  
Notificação de