O Verão e as Crianças

O verão brasileiro é escaldante, ou seja em algumas localidades do país o calor é realmente intenso, alguns especialistas  afirmam que em São Paulo por exemplo o clima é mais quente do que no Quênia; então o jeito é se prevenir para evitar complicações de saúde.

No verão quem mais sofre são as crianças e os idosos; o calor pode ocasionar graves efeitos sobre a saúde como por exemplo: desidratação, assaduras nos bebês, cãibras, esgotamento pelo calor, aumento repentino da temperatura corporal, perturbações gastro-intestinais, etc.

As crianças são mais vulneráveis às chamadas doenças de verão do que os adultos, elas devem receber especial atenção, já que elas elas perdem muito líquido através da  transpiração e da urina.

Vejamos abaixo algumas dicas de cuidados para com as crianças:

•    Os Pais devem evitar levar as crianças para grandes aglomerações, com o calor,  o excesso de  pessoas proporciona a  proliferação de viroses  que podem afetar diretamente os pequeninos.

•    Aumentar a ingestão de água, ou sumos de fruta natural, mesmo sem ter sede.

•    Deve evitar-se as mudanças bruscas de temperatura.

•    Deve-se permanecer em ambiente fresco, com ar condicionado, ou com um circulador de ar.

•    Evitar a exposição direta ao sol, principalmente entre as 10:00 e as 17:00 horas.

•     Deve-se usar um protector solar, com um índice de proteção superior a 15 nos adultos, e  superior a 20 em crianças.

•    Não deixe seu filho dentro do automóvel em dias de calor, dentro do carro a temperatura é maior que no exterior.

•    Se o automóvel não tiver ar condicionado, mantenha as janelas abertas.

•    Não viaje com crianças em horários críticos e de sol a pino, procure viajar de automóvel  logo cedo nas primeiras horas da manhã ou ao fim de tarde.

•    Em caso de viagem longa, nos horários em que o sol é mais forte, pare para descansar num local fresco, e só depois retome a viagem.

•    A alimentação das crianças deve ser leve e deve-se evitar alimentos gordurosos.

•    Ao viajar leve um bom suprimento de água, sucos, e iogurtes numa maleta térmica para que não seja pega desprevenida no meio da estrada.

•    As roupas devem ser de algodão e largas.

•    Procure sempre que possível deixar o bebê sem roupa para pele poder respirar e ele ficar mais fresquinho.

•    Usar menos roupa na cama, sobretudo no caso de bebês.

•    Bebês não devem ir a praia, por causa do sol e pelo alto risco de contrair viroses.

•    A água do banho deve ser na temperatura morna,   água fria vai fazer com que a circulação sanguínea seja estimulada, e fará a criança suar mais.

•    Na piscina, seu bebê ou sua criança deve ficar a sombra, e utilizar bóias, chapéu e protetor solar.

•    Sempre que a criança estiver ao sol, tenha ela qualuqer idade é importante o uso de um boné ou chapéu para proteger dos rais solares diretos.

•    Evite passeios com o seu bebê em horários onde o sol é mais forte e o calor mais intenso.

Ao perceber qualquer sintoma como febre, vômito e diarreia, fraqueza, sonolência , reações mais lentas, a orientação é procurar um serviço de emergência.

Foto: Arquivo pessoal (Kátia Pinheiro©) Bigmae.com

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário

  Subscrever  
Notificação de