O Dia das Mães ou o Dia da Mãe como é chamado em Portugal, nasceu no inicio do século XX. A idéia nasceu entre algumas amigas da jovem americana Anna Jarvis, que havia perdido a mãe e vivia um período de grande tristeza. As amigas de Anna Jarvis se reuniram e decidiram fazer uma festa em homenagem a mãe de Anna. Anna quis então que a festa fosse uma homenagem à todas as mães vivas ou já falecidas. Em 1914 a data foi oficializada nos Estados Unidos, o dia 09 de Maio foi então escolhido para esta linda homenagem.

Há ainda alguns registros que mencionam que a data foi simbólicamente instituida no século XVII, na Inglaterra, tendo o quarto domingo após a Quaresma ter sido dedicado ao dia de ‘estar com a mãe’. No Brasil, o primeiro Dia das Mães foi em 12 de Maio de 1918, sendo uma iniciativa da Associação Cristã de Moços de Porto Alegre. Em 1932 o Presidente Getúlio Vargas oficializou o dia para ser comemorado sempre no segundo domingo do mês de Maio. Em Portugal o Dia da Mãe é celebrado no primeiro domingo do mês de Maio.

O Dia das Mães

Alguns países como Panamá, Grécia, México, Guatemala, Polônia, Bélgica, Bolívia, Egito, Índia e outros, tem datas fixas; ou seja todos os anos é sempre comemorado no mesmo dia (assim como Natal é no dia 25 de Dezembro). Em outros países as datas são comemoradas em dias e meses variáveis, como na Noruega, Portugal, Brasil, Alemanha, Dinamarca, Finlândia, Itália, Japão, Peru, Suiça, Canadá e outros.

Neste dia tem-se por hábito oferecer um presente às mães. Para as pessoas que ainda têm a felicidade de ter a sua mãe viva, muitas podem ser as sugestões de presente, desde um mimo escolhido com carinho, como flores, um perfume, ou um passeio tão desejado. Para as pessoas que já não têm mas a felicidade de ter a mãe viva podem homenagea-las de diversas formas e de acordo com a religião de cada um.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ