Nos últimos meses o número de acidentes nas estradas brasileiras aumentou consideravelmente, a razão? Imprudências no trânsito, e muitas destas imprudências relacionadas diretamente com o uso de bebida alcóolica. São cerca de 40 mil vítimas de acidentes de transporte por ano. Dessas, 40% são decorrentes do álcool na direção. É também a principal causa morte de crianças de 1 a 14 anos em nosso país.

O ‘Movimento Não foi Acidente’ teve origem quando Rafael Baltresca teve a mãe e a irmã mortas no dia 17/09/11, vítimas de um atropelamento por um carro em alta velocidade, em São Paulo. O atropelador, Marcos Alexandre Martins, se recusou a fazer o exame do bafômetro, mas fez exame de sangue. No B.O., testemunhas afirmam que Marcos estava completamente embriagado.

Rafael Baltresca criou o movimento Não Foi Acidente, com o objetivo de mudar as leis brasileiras que abrem tantas portas para a impunidade, e também pedir que haja maior número de campanhas educativas esclarecendo e enfatizando que beber embriagado, mata!.

A lei atual é branda, temos que lutar para que a constituição brasileira mude,  e quem cometer assassinato no trânsito, sim exatamente é esse o termo assassinato, seja punido de forma severa e pague pelo crime que cometeu. Não vale alegar que é homicídio culposo (sem intenção de matar). Não,  isso não existe, porque a partir do momento que alguém ingere bebida alcóolica e sabe que irá conduzir um automóvel,  que é uma arma se mal conduzido, está automáticamente assumindo que poderá causar algum acidente grave e com isso matar uma pessoa inocente.

Não basta que a CNH seja apreendida, muitas pessoas não se importam e dirigem sem ela. Não basta só uma multinha de 900 e poucos reais, isso não inibe. Não basta ações policiais pelas ruas do Brasil, a solicitarem o teste do bafômetro, o que adianta é mudar a lei e fazer com essas pessoas imprudentes, irresponsáveis e inconsequentes paguem pelo crime cometido.

Mesmo que não tenha havido um acidente com morte, mesmo que o condutor seja apenas interpelado durante uma blitz policial e se constate que está embriagado,  mesmo assim deveria haver uma punição severa.  É essa a minha opinião!

O Bigmãe quando soube deste movimento decidiu partilhar aqui com todas vocês que são mães, que amam suas famílias, e amam seus filhos; para que possamos divulgar ao maior número de pessoas para aderirem ao movimento e assinarem a petição. Vocês podem faze-lo pelo site ou através de papel e enviar para o endereço abaixo.

* Onde eu encontro a lista para coletar as assinaturas em papel?

A lista – em papel – em branco pode ser impressa aqui: http://bit.ly/NFA_Peticao_Imprimir. É fundamental o cuidado para que todos os campos sejam preenchidos corretamente, sob pena de invalidar a assinatura daquela pessoa.

* Devo encaminhar as assinaturas coletadas para qual endereço e aos cuidados de quem?

Envie as folhas para:

Movimento “Não foi Acidente”
Rua Emílio Colella, 169 – Sala 3
Bairro: Parque São Domingos
São Paulo – SP
CEP: 05126-130

Saiba mais no site oficial: –  Não foi Acidente

As imagens e informações contidas neste post foram retiradas do site Não foi Acidente!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ