Muitas mães nos têm escrito com este problema, ou seja os filhos não se adaptam a escolinha. Por vezes mesmo que a criança já esteja há 1 ou 2 anos na escolinha, ela pode começar a apresentar comportamentos inéditos. Quer dizer,  as vezes uma criança que estava indo muito bem a escolinha, de repente passa a chorar, fazer birras, ter medos noturnos, sono agitado e a se recusar a ir a escolinha.

Meu filho não se adapta a escolinha

Quase sempre a mãe então ao observar o comportamento do pequeno se dirige a escola para obter mais informações e nem sempre é bem orientada sobre o que está a se passar com o filho lá dentro.

Antes de mais, quando a mamãe receber alguma reclamação da escola sobre o comportamento do filho (ou filha), deve ter uma conversa descontraída com a criança acerca de como é o dia-a-dia dela na escolinha. Tente observar e entender porque ela está agindo assim ou tendo um comportamento inadequado.

Tente ver como o seu filho se relaciona com os coleguinhas. Se tem algum coleguinha com o qual ele não se dá bem, e como é o comportamento deste coleguinha para com o seu filho.

Também faça perguntas sobre a professora, pergunte ao seu filho se ele gosta dela, como ela é durante as aulas, etc. Pergunte também o que ele acha da escolinha, se ele gosta, se acha bonita? Se está feliz por aprender coisas novas, se tem alguma dificuldade em alguma disciplina,  e  outras perguntas que possam dar à você um ‘caminho’ para entender porque o seu  filho não está se adaptando a escolinha.

Após ter feito estas perguntas ao filho, a mamãe deve se dirigir a escola e conversar com o pedagogo responsável pela escola e comentar o que se passa com a criança. Tente descobrir através de várias pessoas como o seu filho se comporta quando está na escolinha longe dos olhos dos pais.

Com certeza após tudo isso a mamãe terá chegado a uma conclusão sobre o porque seu filho não se adapta a escolinha. Se for o caso não hesite em troca-lo de escola, se não quiser fazer isso no meio do ano escolar, faça no próximo ano.

Mas não se esqueça quando o mudar de escola, tenha uma conversa séria com ele sobre o porque de estar fazendo isso; e também com os dirigentes da próxima escola que ele for estudar. Explique-lhes os problemas que teve na escola anterior e porque decidiu mudar seu filho de escola. 🙂

Espero te-las ajudado e qualquer dúvida sintam-se a vontade para partilhar conosco aqui nos comentários!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário

  Subscrever  
Notificação de