Mantenha seu filho longe das doenças comuns no Carnaval

Durante o Carnaval é comum as crianças ficarem mais suscetíveis a algumas doenças comuns como por exemplo a insolação, a otite,  as queimaduras solares, a desidratação, a picadas de insetos e até mesmo resfriados. As viagens, a praia, a aglomeração de pessoas em locais públicos, o calor, tudo isso são situações que sensibilizam a criança e podem desencadear alguns probleminhas; por isso esteja atenta a alguns fatores importantes.

Veja abaixo as doenças mais comuns no Carnaval:

– Insolação

A Insolação não é o mesmo que Desidratação, a Insolação é  mal-estar decorrente da exposição prolongada ao sol  ou ao calor intenso. Os sintomas mais frequentes são desidratação, queimaduras de pele, dor de cabeça, tontura e febre,  e até perda de consciência. Para tratar a insolação  deve-se levar a pessoa ou a criança imediatamente para um local bem ventilado e com sombra e hidratá-la por via oral, para repor os líquidos perdidos. Podem ser utilizados soro caseiro, água de coco e água mineral ou água potável.

Veja também: – Insolação Wikipédia

– Desidratação

A desidratação ocorre quando o corpo humano não tem água suficiente para realizar suas funções normais. Ela pode ser leve e causar sintomas como fraqueza, tontura, dor de cabeça, fadiga, podendo levar à morte. Indivíduos desidratados apresentam um volume de sangue menor que o normal, o que força o coração a aumentar o ritmo de seus batimentos, quadro chamado pelos médicos de taquicardia. É muito comum em crianças. Um bom aliado contra a desidratação é o soro caseiro.

Veja também: – Desidratação Wikipédia

doencas-comuns-carnaval-criancas

– Queimaduras Solares

Convém estar atenta ao horário para estar na praia com a criança, o indicado é que se exponha a luz solar até às 10h00 ou só depois das 15h00. Lembre-se se estiver em horário de verão preste atenção ao horário da tarde, pois o relógio marca 15h00, mas na realidade ainda são 14h00. Utilize protetor fator acima de 30, alguns são destinados ao uso infantil, dê preferencias à esses produtos. Utilize também roupas leves e de algodão que ajudam com que a criança transpire melhor e fique mais fresquinha. Chapéus e bonés são bem-vindos para todos, respeite o tempo do seu filho, se notar que ele se sente incomodado saia da praia e vá para um lugar calmo e fresquinho.

– Picadas de Insetos

Atualmente esse é um item muito importante para se estar atenta, dado aos altos índices de doenças transmitidas por mosquitos como a Dengue, a Zika Vírus e a Chikungunya. Saiba que somente crianças com mais de 2 anos podem usar repelente, escolha marcas confiáveis. Crianças menores de 2 anos devem evitar exposição e áreas de risco, e não esqueça de usar o mosquiteiro no carrinho e no berço do bebê.

Veja também: – Diferenças entre Zika Vírus, Dengue e Chikungunya

– Atenção às Brincadeiras com Espuma, Bisnaga de Água, Maquiagem Facial, Confetes e Serpentinas

Alguns produtos destinados à utilização durante as brincadeiras de carnaval devem ser evitadas, como por exemplo as espumas que contém agentes químicos que podem ocasionar alergias nos pequenos, o mesmo ocorre com as bisnagas de água, caso não saiba onde a água foi coletada. Atenção também a maquiagem facial (maquiagem de rosto) certifique-se que o produto utilizado é destinado ao uso infantil. Para brincar nas festinhas as crianças não podem utilizar produtos que contém álcool. Qualquer produto utilizado deve ser isento de itens químicos e tóxicos que causam irritação na pele e nos olhos.

Com as crianças menores de 6 anos esteja atenta com as brincadeiras com os confetes que podem ser colocados na boca e provocar asfixia por ingestão, engasgo ou algo similar. As serpentinas podem também provocar asfixia se enroladas ao pescoço. Esteja atenta.

– Alimentação e Água

Não ultrapasse o horário que seu filho está habituado a fazer as refeições, alimente-o de 3 em 3 horas, e não esqueça de hidrata-lo oferecendo água sempre que possível. Preste também atenção a higiene, lave bem as frutas, e não como em qualquer lugar que não conheça.

– Resfriados e Gripes

As diferenças de temperaturas como estar dentro de um local ou carro com ar condicionado e sair para a rua que está muito calor e alta temperatura é perigoso para a saúde do bebê ou da criança, esta exposição a variações de temperatura podem fazer com que ele pegue um resfriado. Por isso evite expo-lo demasiadamente as estas variações climatéricas. O mesmo ocorre em lugares fechados e com grande concentração de pessoas como em bailinhos de carnaval em clubes, festinhas em ambientes fechados e quentes, etc.  Evite estes locais.

– Dor de ouvido e otite

Se estiver num local muito barulhento e com música alta proteja o ouvido das crianças. Evite ficar perto da bateria, das caixas de som e do batuque em geral. Utilize abafadores acústicos que podem ser comprados em qualquer farmácia.

O calor, a umidade, o uso da piscina ou a água do mar podem favorecer as infecções e inflamações no ouvido, que são mais conhecidas como otite Externa, ou seja que atinge o canal externo do ouvido e provoca imensa dor e irritação. Compre para o seu filho protetores de ouvidos macios para que ele use ao entrar na piscina ou no mar. após o banho seque bem a orelhinha para que não acumule água no canal auditivo.

Veja também: – Dicas para evitar a Otite

Veja também: – Cuidados com os bebês e com as Crianças no Carnaval

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário

  Subscrever  
Notificação de