mala da maternidade

A partir dos 6 meses de gestação é preciso começar a preparar a Mala da Maternidade. Você ainda terá tempo de para fazer uma lista, considerar aquilo que já tem ou ganhou e aquilo que ainda é preciso comprar. Muito além das roupas, sua e do bebê, é preciso considerar outros itens importantes.

Estar preparada é a melhor opção, principalmente se você entrar em trabalho de parto antes da data programada.

Converse com duas pessoas – pelo menos – seu companheiro (a) e/ou sua mãe, irmão, familiar ou amigo para que eles também saibam dos pormenores que você preparou. Desde o seu plano de parto à roupa no dia que voltará para a sua casa.

Mala da Maternidade do Bebê

preparar enxoval do bebê

A maioria das mamães já começam a preparar o enxoval do bebê assim que confirmam a gravidez ou então a partir dos 3 meses, quando a gestação está “mais certa”. Principalmente em qual será a primeira roupinha que ele ou ela irá usar, após o nascimento. Mas o que mais é preciso considerar e colocar na mala da maternidade?

Primeira roupa: 1 conjunto de roupa interior (algodão); 1 macacão (pagão); 1 gorro; 1 casaquinho; 1 par de meias; 1 fralda (descartável ou de pano – conforme a preferência); 1 paninho do bebê; 1 manta. Não se esqueça do item vermelho que, segunda a tradição, representa saúde e sorte!

  • 3-4 conjuntos de roupa interior (dê preferência a peças de algodão);
  • 3-4 conjuntos (macacão, pagão ou babygrown);
  • 3-4 bodies;
  • 2 gorros;
  • 3 pares de meias;
  • 2 casaquinhos (1 mais quente e 1 mais fresquinho);
  • 1 cobertor;
  • 3-4 paninhos de amamentação;
  • 12 a 24 fraldas (tamanho recém nascido);
  • 1 trocador de fraldas;
  • 1 pacote de toalhinhas higiênicas;
  • Algodão;
  • Pomada e Óleo de bebê.

Não se esqueça da cadeirinha para transporte!

Mala da Maternidade para a Mamãe

mala da maternidade da mamãe

Você também precisa se preparar para o grande dia. Não basta preparar apenas a mala da maternidade do seu filho. É preciso preparar a sua também, com itens essenciais. Caso ainda não tenha, faça uma lista e compre. É melhor prevenir do que remediar, já dizia a “vovó”. Veja:

  • 2-3 Camisolas para amamentação com abertura na frente – podem ser pijamas;
  • 1 Roupão ou Robe;
  • 2-3 Soutiãs de amamentação;
  • 6 calcinhas confortáveis;
  • 2 pares de meias;
  • Protetores de seis e Discos absorventes – pelo menos 6 pares;
  • 1-2 pacote de absorventes noturnos ou fraldas pós parto – de acordo com a sua preferência;
  • 1 par de calçado confortável para andar no quarto;
  • 1 par de chinelos para tomar banho;
  • 1 saco para guardar a roupa suja;
  • Roupa e calçado confortáveis para o dia de ir para a casa – evite roupas muito justas.

Lembre-se de considerar alguns itens de higiene pessoal na sua mala da maternidade. Alguns hospitais fornecem esse tipo de produto para as mamães. Informe-se ou prepare aqueles que você gosta e/ou já tem costume de usar. Evite os cheiros fortes por causa do bebê:

  • 1 conjunto de toalhas: corpo, rosto e chão;
  • 1 Kit Banho: shampoo, condicionador, creme de cabelo, creme de corpo e desodorante;
  • 1 escova ou pente de cabelo;
  • 2-3 elástico ou prendedor de cabelo – amamentação;
  • Escova e pasta de dentes;
  • Kit básico de maquiagem;
  • Secador de cabelo – principalmente se for inverno;
  • Algodão, cotonetes, lenços umedecidos (normal e íntimo).

Quando começar a preparação do enxoval do bebê e o que considerar

O que não pode faltar na Mala da Maternidade

tabelinha para engravidar

Faça uma lista e coloque em cima da mala da maternidade. Pode ser pregada mesmo, com uma fita durex, para que você se lembre de fazer um “check-in” destes itens a seguir. A maioria desses itens você não conseguirá separar com antecedência, pois faz uso diário. Por isso a necessidade de criar uma lista para ter a certeza que nada ficou para trás:

1. Documentos de identificação

Não se esqueça de separar a carteira de identidade; o boletim de saúde da grávida; o seu plano de parto; o cartão/seguro de saúde (SUS ou particular).

2. Objetos pessoais

Estes são muito importantes, principalmente para registrar o momento e espalhar a boa notícia para todos: celular e  carregador. Além disso considere incluir, o relógio – para controlar as contrações -, caneta e bloquinho de papel – para fazer qualquer anotação e/ou registro.

Lembre-se ainda dos itens para cobrir emergências: cartão de crédito, débito e dinheiro extra para qualquer tipo de despesa.

3. Medicação

Consulte o seu médico se será necessário levar alguma. Veja ainda se ele recomenda o uso de algum item ou medicamento específico pós parto. Assim como a cinta. Em alguns casos pode não ser indicado e portanto é melhor esclarecer.

4. Itens para relaxar

Acredite, é um momento de ansiedade, estresse e dor. Por isso alguns itens como bola de pilates  – para sentar e massagear -, bolinhas de massagem – para as costas e lombar – e uma playlist com as suas músicas favoritas são essenciais e devem estar na sua mala da maternidade. Consulte a maternidade sobre levar estes itens para o seu quarto.

5. Companheiro (a)

Algumas mamães passam a primeira noite na maternidade, em observação. Por isso, nomeie quem será essa pessoa e peça para que ela se organize também. Nomeie ainda outros responsáveis, para te ajudarem neste momento. Não só com o transporte até o hospital, mas também com os seus pertences. Caso faça questão, dê a eles uma cópia do seu plano de parto para não deixar passar.

Com todos esses itens organizados na sua mala da maternidade, só nos resta desejar que você tenha um excelente momento e que essa experiência, de dar a luz ao seu filho, seja mágica e fique guardada para sempre na sua memória!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO