Sempre que posso falo aqui no Big Mãe sobre instituições ou associações que prestam apoio à pessoas que tenham algum tipo de doença específica  ou que colabore no âmbito geral com pessoas ou familiares de portadores de deficiências fisicas ou mentais. Para mim é de suma importância o trabalho que estas associações exercem junto a sociedade,  e hoje eu vou falar um pouco sobre a GAPESGrupo de Atendimento a Pessoas Especiais.

Gapes

Crianças e jovens portadoras de deficiências físicas e mentais e seus familiares ganham uma nova perspectiva de vida com a ajuda de associações como o Grupo de Atendimento a Pessoas Especiais (Gapes). O Gapes é uma associação sem fins lucrativos, formada por profissionais de saúde,de educação e cultura, além de pais de crianças e jovens com necessidades especiais.

Crianças e jovens portadoras de deficiências físicas e mentais e seus familiares ganham uma nova perspectiva de vida com a ajuda de associações como o Grupo de Atendimento a Pessoas Especiais (Gapes).

Este trabalho teve início quando os caminhos destas pessoas se uniram e, juntas, decidiram dar os primeiros passos para a realização desse sonho. Na família das crianças e jovens surgiram os principais e valiosos parceiros.

Arte, cultura,qualidade de vida e inclusão social. Isso é o Gapes.

O trabalho do Gapes é dividido em equipes multidisciplinares, que oferecem atendimento em Fonoaudiologia, Psicologia, Psicopedagogiae Musicalizaçao. O Gapes também oferece atividades de integração social, as quais se destacam:

• Oficinas de artesanato para as crianças e para as mães;
• Culinária e jardinagem;
• Eventos (bingo, rifas, festas etc.) e datas comemorativas.

O atendimento realizado inicialmente aos filhos dos fundadores, hoje já é aberto a toda comunidade, tanto para quem precisa de assistência, como para quem quer fazer parte da instituição. Em um trabalho conjunto, o Gapes e seus parceiros buscam o crescimento da associação, dentro de seus objetivos de ampliar as áreas de atuação e o número de pessoas atendidas. Todos podem ajudar o Gapes sendo voluntário ou com pequenas doações eventuais ou mensais. É disponibilizado no site da instituição  sugestões para que todos possam fazer parte desta história.

Para conhcer mais sobre o trabalho valorozo deste grupo visite o site no link abaixo:

– GAPESGrupo de Atendimento a Pessoas Especiais

Contatos:
Luciana Ibri – Diretora
Tel. 3739-1231 / gapes@gapes.org.br

Colaboraram com este post: Eduardo Martins e Rodolfo Dias – Assessoria de comunicação e eventos

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

2
Deixe um comentário

2 Comentários da discussão
0 Respostas aos comentários
0 Seguidores
 
Comentário mais ativo
Discussão mais ativa
2 Comentários dos autores
  Subscrever  
mais recente mais antigo mais votado
Notificação de
maria teonia dos anjos

Estou desesperada, não sei como ajudar uma familia de especiais, mãe, pai e filha rodos com deficiencia mental. A filha a gora com quinze anos está agredindo os pais pois exige coisas que eles não podem dar…eles estão doentes eu tento ajudar ficando um tempo com a menina, mais qdo ela volta pra cas acomeça tudo outra vez…não sei o que fazer por favor preciso de ajuda. Desde de já obrigado.

vilma barbosa lima

minha filha tem 15anos esta numa fase muito agressiva ela tem epelepsia aguda tem crise quase todos os dias . TAINA e o nome dela eu nao estou sabendo lidar com ela por favor me ajude