InícioFilhos e FilhasFilho Adotivo | Quando Contar a Verdade?

Filho Adotivo | Quando Contar a Verdade?

Publicado em

Muita das dúvidas de pais que adotam é quando devem contar a verdade para o filho adotivo. Geralmente a adoção acontece quando ele é ainda um bebê e não tem muita noção do que acontece na vida. Nesta hora é importante você lembrar que o seu filho pode suportar todas as verdades.

O primeiro passo é nunca, jamais omitir a verdade; a mentira só trará danos psicológico à ele. Nunca negue as origens dele, já que porventura quando descobrir a verdade ele poderá se sentir rejeitado pela mãe biológica. Não significa, porém que você é obrigada a tornar público o ato da adoção, mas deixe que isso faça parte do seu convívio social. Não há, todavia, uma resposta correta, nem uma data certa para se contar a verdade. O ideal é fazer isto da forma mais natural e verdadeira possível.

Você e sua família é que tem q sentir qual é o momento ideal para que ele saiba a verdade. Uma dica é você ir devagar introduzindo o tema nas perguntas que seu filho fará (e que toda criança um dia já fez). Perguntas simples iguais a “como eu nasci?” já podem ajudar a você dar pistas de que ele foi adotado.

Mas preste atenção que cada idade você terá que usar uma linguagem diferente para que assim ele compreenda o que significa ser adotado e o papel importante que ele tem na sua vida. Sempre enfatize o quanto ele é importante e a espera que você teve até ele aparecer na sua vida. Imagine que bonito você contando o quanto especial foi encontrá-lo e como ele foi fundamental para você ser uma pessoa feliz e completa.

Nunca mencione o assunto se perceber que seu filho não irá compreender. Muito mais fácil ele perguntar do que você dizer algo que ele não tem capacidade para assimilar. E nunca omita a palavra adoção, já que ele talvez a escute muito no futuro e tem que associá-la a algo bom e não a rejeição.

Sempre vasculhe a origem do seu filho, se ele perguntar algo você sabe o que responder. Pior do que a verdade, nestes casos é a fantasia ou a imaginação de uma suposta história que não aconteceu.

E nem adianta tentar mentir, quanto mais apegado o seu filho for com você, mais ele vai saber se o que você diz é verdade ou não. É por esses motivos que adoção é coisa séria e tem q eu ser pensada cuidadosamente para tudo ocorrer bem.

MAIS POPULARES

Primeira Comunhão – o que é, como e quando acontece

A Primeira Comunhão ou Primeira Eucaristia é o ato religioso da Igreja Católica no...

As 30 melhores brincadeiras antigas para crianças

As brincadeiras antigas para crianças mais famosas eram: amarelinha, bolinha de gude, cantigas de roda, passa anel, roda pião, pipa, ensine à sua criança para brincar.

Jogo da Velha: Saiba as regras e aprenda a jogar

O jogo da velha é um jogo de regras extremamente simples, e que diverte adultos e crianças em qualquer lugar e a qualquer hora do dia. Excelente passatempo!

15 brincadeiras folclóricas que toda criança precisa conhecer

Brincadeiras folclóricas são brincadeiras antigas e são passadas de geração para geração mantendo suas regras básicas de origem.

Últimos Artigos

Filhos e Vida Profissional – Mães que Trabalham Fora

Você tem uma carreira promissora, mas com a chegada dos filhos não sabe como conciliar a sua carreira e a família, os filhos com a sua vida profissional.

Quando devo tirar a mamadeira do meu bebê?

Chega uma hora que é inevitável tirar a mamadeira do seu pequeno bebê. Esta é, no entanto uma tarefa complicada, saiba quando e como deve tirar a mamadeira.

As crianças devem praticar exercícios físicos ou esportes?

Saiba o que é melhor para a criança: Exercícios físicos ou esportes? Você vai perceber que ele vai ficar mais bem disposto além de ter um sono melhor.

As 30 melhores brincadeiras antigas para crianças

As brincadeiras antigas para crianças mais famosas eram: amarelinha, bolinha de gude, cantigas de roda, passa anel, roda pião, pipa, ensine à sua criança para brincar.

Mais artigos relacionados