InícioFamíliaFamília é peça fundamental para a educação dos filhos

Família é peça fundamental para a educação dos filhos

Publicado em

Todo mundo precisa de alguém que o ame ou admire, sem ligar para os defeitos. E quem melhor do que a família para prover essa dedicação toda?

A relação da família com os filhos é de fundamental importância para que eles sejam aceites e amados; por mais defeitos ou imperfeita a família, ela ainda é peça fundamental.

É dever de toda família apoiar o seu filho em tudo o que eles fazem – dentro dos limites. Isso vai trazer mais segurança para que seu filho possa desempenhar mais tarefas e criar um vínculo de confiança com você.

A sua família será o local aonde seu filho vai se desenvolver psicologicamente, criar a própria identidade além de desenvolver o seu emocional. Você deverá o ajudar a se desenvolver como ser – humano, além de preparar seu filho para o convívio social.

A família se inicia com a relação entre você e seu companheiro; relação essa que deve ser a mais estruturada. São duas pessoas diferentes convivendo diariamente; vocês precisam ajustar seus princípios e necessidades básicas para conseguir um bom equilíbrio conjugal.

Esse equilíbrio só será conseguido com conversa e respeito mútuo. Assim você pode formar um ambiente saudável para o crescimento dos filhos.

Depois desse ambiente criado, é hora de você cuidar da relação com seus filhos. A educação deve sempre vir em primeiro lugar, sem ela a criança não consegue se relacionar em sociedade e nem obedecer à você. Limites têm que ser impostos, mas tudo na base da conversa; sempre explica do porque isso pode e aquilo não.

Você como mãe pode sentir dificuldade em aceitar que seus filhos cresceram. Os pais devem aprender a tolerar que sua filha vai arrumar outro homem na vida, assim como seu filho vai arrumar outra mulher; vocês precisam aprender a serem deixados um pouco de lado nesse momento da vida dos jovens.

Você como mãe não deve tentar antecipar os sofrimentos futuros. A melhor maneira de o seu filho aprender será vivendo. Não seja autoritária e deixe que seu filho viva e aprenda com as próprias experiências.

Dê-lhe um pouco de privacidade; ele que decide quando e em que você pode participar.

O mais importante de tudo nesse relacionamento em família, é buscar uma solução em conjunto.

Você deve ouvir todos sobre o problema e buscar soluções que envolvam seus filhos; assim eles vão sentir realmente que estão integrados naquela família.

MAIS POPULARES

Primeira Comunhão – o que é, como e quando acontece

A Primeira Comunhão ou Primeira Eucaristia é o ato religioso da Igreja Católica no...

As 30 melhores brincadeiras antigas para crianças

As brincadeiras antigas para crianças mais famosas eram: amarelinha, bolinha de gude, cantigas de roda, passa anel, roda pião, pipa, ensine à sua criança para brincar.

Jogo da Velha: Saiba as regras e aprenda a jogar

O jogo da velha é um jogo de regras extremamente simples, e que diverte adultos e crianças em qualquer lugar e a qualquer hora do dia. Excelente passatempo!

15 brincadeiras folclóricas que toda criança precisa conhecer

Brincadeiras folclóricas são brincadeiras antigas e são passadas de geração para geração mantendo suas regras básicas de origem.

Últimos Artigos

Filhos e Vida Profissional – Mães que Trabalham Fora

Você tem uma carreira promissora, mas com a chegada dos filhos não sabe como conciliar a sua carreira e a família, os filhos com a sua vida profissional.

Quando devo tirar a mamadeira do meu bebê?

Chega uma hora que é inevitável tirar a mamadeira do seu pequeno bebê. Esta é, no entanto uma tarefa complicada, saiba quando e como deve tirar a mamadeira.

As crianças devem praticar exercícios físicos ou esportes?

Saiba o que é melhor para a criança: Exercícios físicos ou esportes? Você vai perceber que ele vai ficar mais bem disposto além de ter um sono melhor.

As 30 melhores brincadeiras antigas para crianças

As brincadeiras antigas para crianças mais famosas eram: amarelinha, bolinha de gude, cantigas de roda, passa anel, roda pião, pipa, ensine à sua criança para brincar.

Mais artigos relacionados