ensino fundamental

O Ensino Fundamental ou Educação Básica é uma das etapas de educação no Brasil. De acordo com a Lei do país, trata-se de uma formação obrigatória a partir dos 6 anos de idade de uma criança. Ou seja, uma responsabilidade que deve ser conjunta entre os pais ou responsáveis, no que diz respeito a matrícula e, do Estado, para garantir o número de vagas suficientes em escolas públicas.

De acordo com o Ministério da Educação, o Ensino Fundamental passou de 8 anos para 9 anos de formação. Essa transição teve início no ano de 2006 e, tornou-se obrigatória – período de transição e adaptação das escolas – a partir de 2010.

Divisão do Ensino Fundamental: como funciona

A partir da implementação citada acima, as crianças passaram a ter o direito de se integrarem um ano mais cedo ao regime de Educação Básica. A Classe de Alfabetização, conhecida como muitos por Maternal ou Infantário passou a ser o primeiro dos 9 anos de estudo.

Classe de Alfabetização = 1º Ano
1ª Série = 2º Ano
2ª Série = 3º Ano
3ª Série = 4º Ano
4ª Série = 5º Ano
5ª Série = 6º Ano
6ª Série = 7º Ano
7ª Série = 8º Ano
9ª Série = 9º Ano

A mudança apenas passou a incluir mais cedo as crianças no Sistema Escolar do Brasil. Ao invés de estarem em uma creche ou em um infantário, a partir dos 6 anos já podem frequentar o Ensino Básico.

Sistema de Ensino Brasileiro

ensino básico

Não existe uma regra ou um currículo fixo no Ensino Fundamental Brasileiro. É obrigatório que as escolas transmitam:

Objetivos Gerais: contribuição para a formação de um indivíduo capacitado e conhecedor das regras de convívio, obrigações e deveres. Capaz de interpretar e seguir os costumes e padrões morais e éticos que regem a sociedade em que está inserido. Trata-se de um processo constante e partilhado entre escola e família, desde os primeiros contatos com a educação.

Objetivos Específico: ensino da Língua Portuguesa (leitura, escrita e conversa); Matemática; Físico e Natural (Estudos Sociais – Ciências, História e Geografia); Realidade Social e Política; Artes e Educação Física.

Apesar de cada escola poder determinar a nomenclatura e grade curricular, o Ministério da Educação é responsável por determinar e avaliar a qualidade e o nível de estudo de cada instituição. No caso de resultados abaixo da média, a escola ou instituto de ensino é obrigada a melhorar os seus métodos de ensino, assim como adaptar-se para dar continuidade o regime escolar.

Anos Iniciais ou Fundamental I – 1º ao 5º Ano

Nesta fase as crianças recebem estímulos para desenvolver habilidades de convívio, interação, coordenação motora e psíquica. São apresentadas atividades lúdicas (pedagógicas), jogos, leituras, desenhos, vídeos e áudios, por exemplo, para que elas possam ser introduzidas ao universo pessoa, social e até mesmo familiar. Aos poucos começam a descobrir e aprender cores, números e letras.

Anos Finais ou Fundamental II – 6º ao 9º Ano

É uma fase de transição, na qual o jovem adolescente começa a ser preparado para a continuidade dos seus estudos e formação: Ensino Médio. Novas disciplinas, mais responsabilidades e autonomia. Trata-se de uma fase de mudança na qual novos conhecimentos, específicos, serão introduzidos e, aqueles já adquiridos, revisados.

Ensino Fundamental Completo

O Ensino Fundamental só é completo quando o aluno é aprovado em todas os anos, do 1º ao 9º ano. A seguir, cabe aos pais e ao próprio jovem adolescente, dar continuidade aos estudos, iniciando uma nova fase, já citada: o Ensino Médio. Estima-se que, a criança ao ingressar aos 6 anos de idade, terá o Ensino Básico completo aos 14 anos de idade.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO