Divisão de Tarefas Domésticas com as Crianças

Uma das coisas mais importantes na educação de uma criança é a divisão de tarefas domésticas em sua casa.

A mãe pode e deve pedir ajuda aos filhos para que estes dêem a suas contribuições na arrumação da casa e na divisão de tarefas, não há mal algum nisso.

Como eu sempre digo, é dentro de casa que se transmite aos filhos toda base educacional e moral de um ser humano, e a figura paterna, assim como a mãe, também representa papel importante na divisão das tarefas.

O filho que vê o pai ajudar a mãe na cozinha, a lavar uma louça, a arrumar a mesa para o jantar, a guardar as compras de supermercado ou colocar a roupa na lavadora, certamente será uma criança participativa e responsável com seus afazeres.

Aquela imagem de que homem que é homem não faz tarefas domésticas esta cada vez mais esquecida nas décadas passadas,  nos dias de hoje mãe e pai trabalham fora, e por isso podem e devem dividir as tarefas em casa; e os filhos podem e  devem participar.

Veja abaixo um vídeo da Solange Madalena sobre a importância de incluir os filhos nas atividades domésticas:

Também pode interessar-lhe: Brincadeira também é Educação

A mãe deve delegar responsabilidades aos filhos gradativamente, estimule seu filho ou filha a fazer coisas sozinho, tomar banho, comer, arrumar uma mesa, evidentemente que observando sempre a idade e a capacidade de execução das tarefas.

No início a mãe pode e deve ajudar a criança por exemplo a arrumar o quarto, ensine com paciência e depois diga que nas próximas vezes será o filho a fazer sozinho.

Comece por etapas, primeiro arrume os brinquedos, depois ensine-o a arrumar a cama, depois a organizar os materiais de escola e assim por diante.

Organize-se, converse, explique a cada um dos membros da família a importância que cada um tem ao ajudar nas  tarefas domésticas.

Faça com que cada um deles sinta-se importante e fundamental na colaboração diária, e diga que quando eles se comprometerem a fazer algo deverão cumprir, para que o funcionamento normal da rotina diária da casa não seja afetada.

Agora lembrem-se de que a criança observa os comportamentos do pai e da mãe, e toma como referência para seguir ou não, tanto pelo lado positivo como  pelo lado negativo também; por isso o casal deve ser o primeiro a dar o bom exemplo.

Também pode interessar-lhe:15 brincadeiras folclóricas que toda criança precisa conhecer

Não vale exigir dos filhos, algo que o pai ou a mãe não fazem ou não cumprem; se assim o fizerem as crianças se sentiram injustiçadas. Devem haver acordos entre todos e os acordos devem ser cumpridos.

Pode-se inclusive criar um tipo de brincadeira em família, como por exemplo quem fizer todas as tarefas corretamente, sem falhar nenhum dia, ao fim de semana tem direito a algo especial como um passeio divertido.

Basta usar a imaginação que com certeza  de comum acordo vocês encontrarão uma forma agradável para todos contribuirem na divisão das tarefas domésticas.

A mensagem principal deste tema é que ao pedir que a criança colabore nas tarefas domésticas, o objetivo principal é fazer com que ela aprenda a ser organizada e independente.

A mãe ou o pai, não deixarão de fazer suas tarefas porque o  filho está a fazer algo, todos terão suas responsabilidades e competências; e ao final das contas todos se sentirão úteis e participativos dentro de casa.

Veja aqui quais as tarefas podem ser delegadas às crianças!

Um guia para definir tarefas domésticas de seus filhos que poderiam ajudar no desenvolvimento delas:

9-12 anos de idade pode começar a ajudá-lo a preparar o jantar.

Limpar os pratos ou carregar a máquina de lavar loiça pode ensinar-lhes a responsabilidade.

6-9 anos de idade pode ajudar com a jardinagem.

Também pode interessar-lhe: Atividades Educativas para crianças de todas as idades

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário

  Subscrever  
Notificação de