Diferenças entre Gripe Comum e Gripe H1N1

Muito se tem falado sobre a disseminação do virus que causa a gripe H1N1, mas muitos não sabem as diferenças dos sintomas entre uma gripe comum e a Gripe H1N1. É importante você saber não só quais são os sintomas, mas também saber o que é preciso fazer para evitar o contágio. Antes de mais é necessário estar atenta aos hábitos de higiene extremamente importantes para evitar o contágio.

– Lavar as mãos com frequência, é uma das formas de prevenir a transmissão da doença.

– Evitar o contato das mãos com olhos, nariz e boca depois de tocar em superfícies, usar lenços descartáveis ao tossir ou espirrar.

– Evitar aglomerações e ambientes fechados.

– Ter hábitos saudáveis como hidratação corporal, alimentação equilibrada e atividade física.

– Manter a casa limpa.

– Desinfectar as superficies de cozinhas e banheiros.

– Manter roupas pessoais e roupas de cama e banho limpas.

– Manter frequentes hábitos de limpeza da casa em geral.

– Tomar banho diariamente.

– Utilizar toalhinhas desinfectantes caso esteja num local onde não seja possível lavar as mãos imediatamente.

– Algumas organizações religiosas também orientaram aos fiés evitar abraços, apertos de mãos ou qualquer outro tipo de contato físico para impedir a dispersão do vírus durante os cultos religiosos.

Veja abaixo a tabela contendo as diferenças de sintomas entre a gripe comum e a gripe H1N1:

gripe

h1n1

Diagrama dos sintomas da gripe A (H1N1) no ser humano.
1- Corpo em geral – febre
2- Psicológico – letargia, falta de apetite
3- Nasofaringe – rinorreia, dor de garganta
4- Sistema Respiratório – tosse
5- Gástrico – náuseas, vómitos
6- Intestino – diarréia.

Grupos de risco:
Desde que as mortes em decorrência a gripe suína foram identificadas alguns grupos de risco foram observados. São eles:

* Gestantes
* Idosos (maiores de 65 anos)
* Crianças (menores de 2 anos)
* Doentes crônicos
* Problemas cardiovasculares, exceto hipertensos
* Asmáticos
* Portadores de doença obstrutiva crônica
* Problemas hepáticos e renais
* Doenças metabólicas
* Doenças que afetam o sistema imunológico
* Obesos

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

6
Deixe um comentário

4 Comentários da discussão
2 Respostas aos comentários
0 Seguidores
 
Comentário mais ativo
Discussão mais ativa
5 Comentários dos autores
  Subscrever  
mais recente mais antigo mais votado
Notificação de
Jayme Ferrer

Boa! Obrigado! Fantástico! Os esclarecimentos são bons!Depois de doentes sentimimo-nos cansados…recomendações para contrariar isto?

octavio teixeira

Agradecendo desde já os Vossos Esclarecimento, apenas pretendo saber mais algo que é o seguinte: Nas ultimas 24 horas na minha filha com apenas 4 anos foi detectado atravez de anlise salivar que contraiu a gripe A na escola, tendo sido recomendado pelo serviço de pediatria hospitalar a toma alternada dos medicamentos (B… e B…..) de 4 em 4 horas numa dose de 7.5ml em virtude do peso da menina. A minha questao situa-se aqui, este tipo de tratamento é o mais eficais ou existe algum outro que se acrescentar. esclareço ainda que tenho mais 2 filhos “Asmaticos” sendo um… Ler mais »

maria cândida soares ferreira

A princípio fiquei alarmada sobre o que se comentava sobre a gripe A. Não só por mim, mas por toda a minha família, filhos netos, uma ainda bebé e, principalmente, pelo meu marido, portador da doença de Parkinson há mais de 14 anos e com 80 de idade! Tenho feito a minha vida normal com os devidos cuidados higiénicos, inclusive idroginástica, idas à igreja repleta de pessoas, etc. e creio até que já tinha esquecido um pouco essa preocupação. Porém, depois de ouvir as notícias , fiquei novamente apreensiva e sem respostas para o que me questiono: Seria bom todos… Ler mais »

elisabete

Obrigada pelo esclarecimento sobre os sintomas e diferenças entre a gripe sazonal e a gripe H1N1 /gripe A. Tenho bastante receio a esta última, porque onde vivo (em Zurique) as informações ao público são escassas (e a maioria APENAS em alemão) e quanto ao atendimento médico… É melhor nem falar… Por incrível que pareça, neste país (dito tão desenvolvido) a qualidade/eficiência dos médicos é PÉSSIMA!!! Falo por experiências : já fui submetida a uma intervenção cirurgica porque PENSAVAM que ainda lá tinha um pequeníssimo cálculo renal que já havia saído há uns 4 meses… não justificaria fazerem uma radiografia antes…??!;… Ler mais »