Diferenças e Semelhanças entre Dengue - Zika Vírus - Chikungunya

Infelizmente este assunto já é discutido há muitos anos no Brasil, a Dengue é uma doença tropical infecciosa causada pelo vírus da dengue, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Existem quatro tipos diferentes de vírus da Dengue, mas como se já não bastasse isso, agora temos também que nos preocupar com o Zika Vírus e com a Chikungunya.

As três doenças, Dengue, Zika e a Chikungunya, são transmitidas pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado. Para diagnosticar se o paciente está infectado com uma delas, o médico deverá analisar os sintomas, que infelizmente são semelhantes nas 3 doenças, e solicitar exames laboratoriais. Porém, nem sempre é fácil a detectação da doença através do exame de laboratório:

* A Dengue pode levar a uma queda no número de plaquetas, porém o diagnóstico é feito por sorologia, em que se busca o anticorpo para a doença no organismo do paciente.

* O diagnóstico do Zika vírus só é feito através dos testes de material genético (PCR), que consegue detectar o vírus nos primeiros 5 dias após o início dos sintomas, e ainda tem a mais valia de conseguir identificar qual é o sorotipo que está infectando o doente.

* No caso da Chikungunya, pode ser feito o mesmo exame de material genético (PCR), sendo realizado até o 10º dia da ocorrência dos primeiros sintomas.

– A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) produz um kit denominado Kit NAT, para diagnóstico das 3 doenças, Dengue, Zika e Chikungunya, que possibilita a identificação simultânea do material genético para os três vírus, facilitando não só a identificação, mas também garantindo a agilidade para o início do tratamento.

Para as grávidas, o vírus mais perigoso é o Zika, embora com sintomas brandos, o Zika poderá ocasionar microcefalia no feto, que faz com que a criança tenha a cabeça menor do que a média para a sua idade e sexo.

Sintomas de cada doença:

* Dengue:

– Febre alta, perda de apetite, manchas e erupções na pele,dor de cabeça, dor atrás dos olhos, náuseas, vômitos, dor no abdômen, tontura, cansaço extremo, moleza, dor no corpo e articulações.

* Chikungunya:

– Sintomas iniciais são febre acima de 39ºC, de início repentino, dores intensas nas articulações de pés e mãos, dedos, tornozelos e pulsos, dores de cabeça, dores musculares e manchas vermelhas na pele.

* Zika:

– Sintomas brandos como febre baixa, dor nas articulações, dor muscular, erupções cutâneas avermelhadas que podem provocar coceira que no geral, desaparecem espontaneamente após 3 a 7 dias, dor de cabeça e atrás dos olhos, conjuntivite, dor abdominal, diarreia, constipação e pequenas úlceras na mucosa oral.

Complicações de cada doença:

* Dengue:

– Hemorragias, choque circulatório que pode ocasionar diversas complicações neurológicas, cardiorrespiratórias, insuficiência hepática, hemorragia digestiva e derrame pleural, hepatite e encefalite; além de poder levar a óbito.

* Chikungunya:

– Uma piora significativa das dores musculares, ocasionando complicações nas articulações e uma recaída da doença após algum tempo de suposta melhora.

* Zika:

– Em gestantes poderá causar danos ao desenvolvimento fetal, como a microcefalia ou outras más formações.

Tratamento:

Não há uma medicação específica que combata qualquer uma das três doenças, Dengue, Zika, ou Chikungunya. O médico irá controlar os sintomas e evitar que surjam maiores complicações até que o ciclo do vírus termine naturalmente. Casos simples são diagnosticados e podem ser tratados em casa, casos mais graves devem permanecer em observação com internação hospitalar para controle dos sintomas e hidratação endovenosa.

Maiores informações: – Minha Vida

dengue-zika-chicungunha

Imagem site oficial: Dengue.org.br

Recomendações essenciais:

– Usar repelente;
– Manter a higiene no local de trabalho;
– Não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água,  tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros.
– Manter a caixa d’água fechada com tampa adequada;
– Não deixe acumulada sobre a laje;
– Guarde garrafas de cabeça para baixo;
-Lave bem os recipientes onde coloca os alimentos do seu animal de estimação;
– Coloque areia nos seus vasinhos de planta;
– Coloque seu lixo em sacos plásticos;
– Mantenha a lixeira fechada com tampa adequada;
– Mantenha fechado e protegido os tonéis onde você armazena água;

Maiores informações: – DENGUE.org

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário

  Subscrever  
Notificação de