Dia 19 de Novembro é o Dia Mundial de Prevenção da Violência Doméstica Contra Crianças e Adolescentes. Violência só gera violência. Palmadas, tapas, socos, surras, espancamentos não educam, ao contrário, só faz nascer na criança raiva, ódio, medo, terror, sentimento de inferioridade, tristeza, depressão; e ainda faz com que ela cresça achando que com violência tudo se resolve.

prevencao-violencia-contra-criancas-e-adolescentesA educação dentro do lar começa quando a criança ainda é um bebê. Se você estiver atenta ao seu filho desde pequenino, com certeza irá ensinar à ele o que é certo e errado, tudo na base do diálogo sadio e são. Sem gritos, sem pancadas, sem brigas, sem discussões!

Para além dos traumatismos físicos que a violência ocasiona, ficam os traumas psicológicos que podem acompanhar uma criança por toda a vida. Na lembrança da criança sempre estará aquele dia que ela apanhou na frente dos primos, dos coleguinhas, ou em um restaurante.

Na memória da criança sempre estará gravado aquele dia em que a mãe ou o pai lhe bateu injustamente, e que neste dia não só magoou seu braço, seu rosto, sua perna; mas magoou o seu coração e a sua dignidade como ser humano.

Coloque-se no lugar do seu filho, você gostaria de apanhar de alguém? Você gostaria de apanhar de alguém mais alto e  mais forte que você? Você gostaria de se sentir envergonhado por levar um tapa no rosto? A dor emocional é muitas vezes maior que a dor física. Bater em criança é covardia!

Bater não educa! O que educa é o diálogo dentro do lar, o carinho, a atenção, o amor, o zelo; isso sim educa uma criança! O pai e a mãe devem educar, não basta só um estar presente na vida de uma criança, ambos são responsáveis por este ser que ambos colocaram juntos neste planeta!

Participe divulgando em seu Twitter, Facebook, orkut, blog,etc.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ