Dia 28 de Maio é o Dia Internacional da Redução da Mortalidade Materna, a data foi escolhida pela  Organização Mundial da Saúde para lembrar em todo o mundo as causas que levam a óbito durante o parto ou durante a gravidez. Quase sempre as mulheres que mais sofrem com a elevação da pressão arterial (pré-eclâmpsia ou eclâmpsia) estão na faixa etária dos 10 aos 19 anos, ou após os 45 anos. Em 2009, registrou-se 1681 óbito de mães que tiveram problemas no atendimento durante ou pós gestação.

Os principais motivos que levam a morte materna são:

* Eclampsia
* Hemorragias
* Infecções Puerperais

Os sintomas iniciais da eclâmpsia são:

* Aumento da albuminúria;
* Cefaléias persistentes;
* Hipertensão arterial;
* Edemas;
* Oligúria;
* Vertigens;
* Zumbidos;
* Alterações da visão acompanhadas ou não por dor de cabeça;
* Fadiga extrema; etc.

Nos casos mais graves:

Quando a paciente ainda não manifesta convulsões a doença é chamada de pré-eclâmpsia, na manifestação de convulsões a doença já é denominada como Eclâmpsia.

Para saber mais sobre o tema sugiro uma visita aos sites abaixo onde vocês poderão obter todas as informações necessárias sobre Eclâmpsia:

– Revista Pais & Filhos

Medmap

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário

  Subscrever  
Notificação de