Como evitar a desidratação no bebê

As mães sempre precisam ficar atentas para evitar que a criança tenha  uma desidratação,  essa atenção vai muito além da época de verão, ela dura o ano inteiro. É claro que na época de calor a sua atenção deve ser redobrada, já que os pequenos suam muito e podem ficar desidratados sem que você perceba. Então tenha sempre muito líquido a mão, o tempo todo.

A água é uma das maiores necessidades de um ser humano. Podemos ficar até 40 dias sem comer, mas não aguentamos ficar mais de uma semana sem beber água; e isso não importa se é calor ou inverno. Então, água é essencial em todas as fases da vida e em todos os momentos. Na verdade, no calor, além de aumentar a ingestão de líquidos também precisamos ter atenção com a alimentação, que deve ser leve.

Mesmo que o seu filho não queira beber água, faça-o beber. Evite substituir a água por  refrigerante ou sucos com muito açúcar, eles só aumentam a desidratação, já que não hidratam as crianças. A água é sempre o melhor líquido para ele beber, você ainda pode abusar das frutas da estação e da água de coco rica em vitaminas e minerais.

Beber água - Evite a Desidratação!
Beber água – Evite a Desidratação!

Se o seu filho tiver menos que seis meses, o seu leite será a fonte de toda vitamina, nutrientes e energia que ele precisa, ou seja, o leite materno já satisfaz todas as necessidades de água do bebê, não precisa se preocupar com isso, apenas o amamente nos intervalos corretos e não o deixe muito tempo exposto a locais quentes e fechados.

Nos menores, você pode dar a água com uma colher ou um copinho. Deixe que ele beba a quantidade de água que quiser. A água não é vital somente para evitar a desidratação, ele serve para que o seu filho tenha um bom funcionamento dos rins, da bexiga e do intestino.

As crianças são muito agitadas e não ligam se está na hora de beber água ou de comer. Por isso mesmo você deve ficar atenta ao seu pequeno e sempre andar com uma garrafinha de água por perto para de tempos em tempos o fazer beber água. Alimentos como iogurtes e leite também são uma boa pedida. E lembre-se que os líquidos devem ser administrados antes, durante e depois de qualquer atividade física, mesmo que ele recuse, faça-o parar a brincadeira e dê água.

Mas mesmo com tantos cuidados, é bom você ficar de olho nos sintomas da desidratação.

As crianças desidratadas geralmente se queixam de muita sede, de tontura, ficam com a urina escura e a boca e os lábios ficam secos e podem até rachar. Se ele recusar beber água, mesmo assim, use alguns truques como recipientes coloridos, sucos variados (sem açúcar) ou mesmo frutas da estação cortadas e misturadas.

Caso ele fique desidratado, existem soluções re-hidratação a venda nas farmácias, ou procure um  pediatra para te aconselhar melhor. Existe também o soro caseiro que pode ser preparado em casa por você.

O soro caseiro é preparado dissolvendo-se duas medidas rasas de açúcar (medida maior da colher-padrão) e uma medida rasa de sal (medida menor da colher-padrão) em um copo de água limpa (ou 1 litro de água com 3,5g de sal e 40g de açúcar). O soro deve ser ministrado apenas para prevenir a desidratação ou quando ocorrerem os sintomas iniciais. Em casos mais graves o paciente deve ser encaminhado imediatamente a um médico.

Mas seguindo as dicas o seu filho sempre ficará hidratado e terá uma menor chance de ter desidratação.

Veja o vídeo abaixo que fala sobre a importância de beber água diariamente:

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

1
Deixe um comentário

1 Comentários da discussão
0 Respostas aos comentários
0 Seguidores
 
Comentário mais ativo
Discussão mais ativa
1 Comentários dos autores
  Subscrever  
mais recente mais antigo mais votado
Notificação de
Laura Nadinny Oliveira Silva

Olha , foi a primeira e unica resposta que me faz entender