Fim de ano é sempre sinônimo de festas, reunião em família, prendinhas bonitas e momento de celebrar a boa mesa junto à família; por isso a Sempre Materna (Cursos para gestantes, mamães, bebês, cuidadores e vovós), hoje dá-nos dicas fabulosas para a ceia do  bebê e dicas para ceia da futura mamãe.

ceia-do-bebe-e-da-futura-mamae

Se o pequeno tiver mais de seis meses, já pode participar da ceia com papinhas especiais para a ocasião. Confira as dicas de receitas sugeridas pela nossa nutricionista Andressa Martins.

CEIA DO BEBÊ

Papinha de batata e peru

Para bebês de 7 a 9 meses. Rende aproximadamente 300 gramas.

Ingredientes

100g de peru cozido e cortado em cubinhos;

200g de batata cozida;

Água para processar.

Preparação:

Coloque metade do peru e da batata em uma vasilha e acrescente a água necessária para processar. Utilize um mixer de alimentos para obter a consistência de papinha. Repita o processo com a outra metade dos ingredientes.

Cuscuz de frango

Para bebês de 9 a 12 meses. Rende aproximadamente 4 porções.

Ingredientes:

100g de cuscuz;

20g de manteiga;

50g de alho-poró picado;

50g de peito de frango sem pele e cortado em cubos;

25g de cenoura descascada e em rodelas;

200ml de caldo de frango sem sal.

Preparação:

Derreta a manteiga em uma panela e refogue o alho-poró. Acrescente o frango e mantenha no fogo até que esteja cozido. Enquanto isso, cozinhe a cenoura até que ela amoleça (aprox. 10 min). Em uma panela fora do fogo, dissolva o caldo de frango em água fervente. Acrescente o cuscuz e deixe descansando por 3-4 minutos. Revolva um pouco com um garfo e acrescente o frango e a cenoura cozida. Para que fique menos consistente, bata tudo no liquidificador até que fique como uma papinha.

Frango com damasco

Para bebês de 7 a 9 meses. Rende 200 gramas, 3 porções.

Ingredientes:

1 peito de frango pequeno em cubos (aprox. 70g);

4 damascos secos;

1 chalota (ou cebola pequena);

1/2 canela em pau.

Preparação:

Pique a chalota. Refogue-a junto com os damascos e o frango em um pouco de azeite de oliva. Cubra com água e adicione a canela. Cozinhe em fogo baixo por 20 minutos, até que os damascos amoleçam e o molho engrosse. Retire a canela. Misture tudo no liquidificador até obter consistência encorpada. Sirva com purê de batata.

Papinha rápida de banana e pêssego

Para bebês de 6 a 7 meses. Rende 250 gramas, 4 porções.

Ingredientes:

1 banana madura pequena (aprox. 100g);

1 pêssego grande e bem maduro (aprox. 150g), descascado e cortado em pedaços (ou meia lata de fatias de pêssego natural).

Preparação:

Descasque a banana e corte-a em pequenos pedaços. Coloque-os com as fatias de pêssego em uma vasilha e acrescente uma pequena quantidade de água ou de suco de pêssego. Misture no liquidificador até que se torne uma papinha.

DICAS PARA A CEIA DAS FUTURAS MAMÃES

Segundo a nutricionista, Andressa Martins, da equipe da Sempre Materna, moderação é a palavrinha mágica no dicionário da gestante. “Essa fase exige alimentação saudável e isso preconiza cuidados nas festas de final de ano que, em geral, são marcadas pelos excessos.”

Para que as grávidas não fiquem de fora da comemoração, a especialista indica alimentos saudáveis que podem fazer parte da ceia sem prejudicar mamãe ou bebê:

Frutas secas (amêndoas, avelãs, castanha de caju, castanha do pará, nozes, entre outras)

São alimentos ricos em fibra, gordura monoinsaturada, que é protetora contra doenças cardiovasculares, e em vitaminas do complexo B, vitamina E, ferro, zinco, magnésio, fósforo, selênio e cobre. A versão sem sal é mais saudável.

Carnes

Entre todas as opções, o peru é o mais ideal para consumo. Trata-se de carne branca, com pouca gordura e boa fonte de proteína. Evite comer a pele, pois ela concentra a maior parte da gordura saturada.

Arroz integral

É possível incrementá-lo com frutas secas, fica uma delícia! Além disso, o arroz integral contém fibras e vitaminas do complexo B, nutrientes importantes para o bom funcionamento do intestino e do cérebro, respectivamente.

Frutas

Use e abuse das frutas da estação, que estão mais doces e nutritivas, além de fornecerem sais minerais, vitaminas e fibras.

Dicas Extras

· Bebidas alcóolicas estão vetadas para gestantes em qualquer ocasião, pois podem causar problemas como má formação fetal e distúrbios motores.

· Prefira sucos naturais, água de côco e beba bastante água para se manter hidratada. Evite refrigerantes, mesmo os dietéticos.

· Escolha uma sobremesa doce apenas, pois o consumo em excesso não é recomendado para gestantes. Aliás, para ninguém.

Assessoria de Imprensa e Comunicação: Andrea Feliconio

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ