Quanto o tema envolve saúde sempre tenho por hábito dizer que tudo depende do médico com o qual o seu filho se trata, ou seja o a mais indicado é sempre seguir o aconselhamento do seu médico de confiança. Entretanto  sempre recebemos questões sobre o uso das botinhas ortopédicas, as mães se questionam se o uso das mesmas é ou não benéfico aos bebês, por isso segue abaixo algumas considerações sobre o tema.

Antigamente as crianças usavam frequentemente  as famosas botas ortopédicas. E claro que com elas vinha o desconforto e o constrangimento por usá-las. As botas ortopédicas eram recomendadas pelos ortopedistas para tratar de problemas como o pé chato.

Hoje em dia o uso das botas caiu no conceito dos médicos e da população e já há alternativas mais saudáveis e bonitas para os problemas ortopédicos.
Foi só no final da década de 80 que os ortopedistas entraram em um consenso e aboliram o uso das botinhas e palmilhas ortopédicas para crianças menores de 7 anos.

Acreditava-se antigamente que moldando os pés das crianças eles iriam corrigir o problema. Mas a única coisa que as botinhas proporcionavam para as crianças era incomodo, pois eram um calçado duro e constrangimento.

Mas com o passar do tempo, os médicos perceberam que nada adiantava o uso desses calçados feios, pesados e constrangedores para as crianças. As pesquisas começaram a mostrar que na verdade o pé chato é uma condição fisiologia da criança e faz parte do processo natural de crescimento dele. Uma condição que desaparece com o tempo.

A maior parte das crianças tem pé chato quando começa a andar, por volta dos três anos de idade; só a partir deste ponto é que o seu filho vai começar a adquirir o formato do pé.

Hoje em dia não se usa mais as botas ou os sapatos ortopédicos justamente porque eles não têm benefício algum e nem corrigem o problema do pé chato, já que ele é resolvido sozinho conforme o tempo passa e o seu filho se desenvolve.

A medicina hoje chegou ao bom-senso de que calçado bom é aquele confortável e que proporciona o crescimento ideal para o seu filho; ou seja, tem que ser além de confortável algo que se molde ao pé dele e deixe-o livre para crescer.

Ao invés de fazer uso das botas ou palmilhas ortopédicas, hoje se recomenda que você tenha muita atenção à postura do seu filho, já que isso influencia toda a vida dele e até mesmo pode evitar ou solucionar qualquer problema que ele tenha. O simples fato de ele deitar ou sentar para ver televisão pode provocar alguma torção na coluna, por isso sua atenção deve ser total para que ele sempre fique na posição correta para evitar tudo isso.

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ