Muitas de nós temos problemas com o funcionamento dos intestinos, isso pode variar de pessoa para pessoa e também pode variar numa mesma pessoa em diferentes épocas de sua vida. Crianças, adolescentes, adultos e idosos, homens ou mulheres,  podem ter problemas com o funcionamento do intestino e esta situação é bastante incômoda.

Ter o “intestino preso” como dizemos,  normalmente pode ser o resultado de uma alimentação pobre em fibras e pouca ingestão de água. O intestino é um orgão que regula as demais funções de nosso organismo. É o orgão responsável pela absorção e a eliminação de nutrientes essenciais para a nossa saúde. O ideal é que pelo menos uma vez ao dia seu intestino funcione normalmente, porém em algumas pessoas pode ocorrer alguma variação e o intestino funcionar a cada 2 ou 3 dias.

Pure, Natural, Beauty

– Consistência das fezes

* A consistência das fezes deve ser observada, fezes duras indicam vida sedentária, alimentação pobre em fibras, pouca ingestão de água ou sinal de alguma outra doença que poderá ser algo ligado a tireóide ou a diabetes.

* Fezes amolecidas pode ser ocasionada pelo uso de alguns medicamentos como analgésicos e antitérmicos, ou ser o resultado de alguma doença como intolerância alimentar, como por exemplo intolerância à lactose, ou ainda infecções ou doenças do sistema digestivo.

– Alimentação adequada

Sabemos que a base de uma boa saúde está intimamente relacionada a alimentação. Tudo que ingerimos afeta o nosso organismo de alguma for,a seja positiva ou seja negativa. Vejamos abaixo algumas dicas importantes.

* As fibras tem a função de aumentar o volume fecal acelerando a sua eliminação. Podem ser encontradas nos alimentos como verduras, cereais, frutas, vegetais, leguminosas e frutas secas. As fibras contribuem para a diminuição da fome, colaboram com o organismo na absorção de açúcares e gorduras, e ajuda a combater diabetes e colesterol alto. A ingestão diária de fibras deve ser entre 20 e 40 g por dia.

* Elimine da sua alimentação o pão branco. Dê preferência ao pão integral, centeio, aveia, ou pão com sementes.

* Alimentos industrializados passam por um processo onde alguns nutrientes são retirados e as fibras incluem-se nesta retirada. Também é bom lembrar que alguns alimentos industrializados contem conservantes, estabilizantes, aromatizantes, corantes e outros químicos prejudiciais a nossa saúde.

* Vegetais crus devem ser bem lavados em água corrente e devem ser consumidos com regularidade, pode utilizar a cenoura, o pimentão (verde, amarelo ou vermelho) o pepino, a couve-roxa ou o brócoles em saladas.

* Por exemplo a beterraba para além de ser rica em fibras é ótima para revitalizar o organismo, pode bater no liquidificador ou na centrífuga com o suco de uma laranja, fica delicioso e é bastante refrescante.

* Algumas frutas depois de bem lavadas e secas podem ser ingeridas com casca como por exemplo a pêra, o pêssego, que são altamente ricos em fibras. Laranja, mexerica, tangerina são um fonte de excelente de vitamina C e fibras, procure engolir o bagaço da laranja, vai logo notar a diferença no funcionamento do seu intestino. Além dessas frutas, o mamão, a ameixa, a manga, são frutas que possuem efeito laxativo, uma peça por dia faz milagres.

* Sementes de sésamo, papoila, chia, abóbora,linhaça podem ser incluidas em sua alimentação diária. Junte ao cereal no café da manhã, polvilhe a salada na hora do almoço, acrescente nos batidos de fruta, coloque na salada de fruta na hora da sobremesa, etc. Como vê há muitas opções e estas sementes são extremamente saborosas. Pode também utilizar granola, farelo de aveia e trigo para dar um toque especial.

* Líquidos, beba pela menos 1 litro de água por dia, alguns especialistas indicam a ingestão de 2 litros ou mais, mas nem todo mundo consegue. Insira em sua dieta diária sucos de frutas naturais como laranja, melão, melância. São benéficos para hidratar o organismo e consequentemente “levar” líquido para que seu intestino funcione melhor.

* Na hora da refeição, mastigue bem os alimentos e procure comer com calma, sem pressa.

– Atividade Física

* Se você não pode praticar algum esporte por qualquer motivo de saúde, sugiro que faça uma caminhada diária de pelo menos 30 minutos. Isso irá ajudar a estimular a atividade muscular intestinal.

* Se pude praticar exercícios, faça natação, pilates, yoga, ou algum esporte que aprecie. A atividade física ajuda a liberar a adrenalina e estimula o funcionamento do intestino.

– Hábitos saudáveis a desenvolver

* Tente criar uma rotina diária para sentar-se com calma no banheiro e tentar fazer com que seu intestino funcione sempre naquele horário.

* Como dissemos acima mude sua alimentação. Alimente-se adequadamente.

* Pratique exercícios ou alguma atividade física diariamente.

* Não impeça seu intestino de funcionar, se por acaso você segurar a vontade de defecar porque está com pressa ou por outro motivo qualquer, seu intestino ficará cada dia mais “preso”, e quando for evacuar poderá ter as fezes ainda mais endurecidas. Para além do problema se agravar poderá ainda acarretar no aparecimento de hemorróidas.

* Você pode também tomar um suplemento alimentar que contenha algumas ervas que podem auxiliar no bom funcionamento do seu organismo, como por exemplo a Sene, nome científico Cássia angustifólia, indicada no tratamento da prisão de ventre, por ser uma forma suave e natural de estimulação do intestino.

A cascara sagrada ou Rhamnus purshiana, que torna mais fácil e mais rápida a evacuação intestinal, estimulando as terminações nervosas na parede intestinal. O Aloé Vera é rico em aloína, que em pequenas doses atua como tónico digestivo, e em doses médias desempenha uma ação laxativa. Como vê há muita opções para ter o bom funcionamento do intestino.

* Evite a ingestão de laxantes instantâneos, isso fará com que seu intestino se torne ainda mais preguiçoso e fará com que ele se acostume com o laxante, e depois de um tempo o laxante já não fará o mesmo efeito.

 Para saber mais consulte os sites abaixo:

G1 – Globo Nutrição

Saúde IG – Prisão de Ventre Alimentos

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário

  Subscrever  
Notificação de