asma e bronquiolite na infancia

Uma das doenças mais graves que podem atingir as crianças é a asma. E ela pode aparecer em qualquer idade e em qualquer situação.

A asma nada mais é do que um distúrbio inflamatório e crônico que atinge os pulmões.

A criança com asma apresenta chiado, falta de ar, pressão no tórax e tosse.

A asma já atinge 100 milhões de pessoas em todo o mundo e se não tratada ou se não tomar os cuidados necessários, ela pode ser fatal.

A asma não afeta só a saúde da criança, mas sim a  sua qualidade de vida, já que faz com que ela falte nas aulas e tenha visitas não programadas a hospitais ou ao médico.

Não há uma cura ainda para a asma, mas há um controle que é bem eficiente e permite com que a criança tenha uma vida normal.

A crise de asma começa com tosse, respiração curta, cansaço, chiado, suor no rosto, choro, inquietação e até mesmo vômitos ou ânsia causados pela tosse.

Quando o primeiro desses sintomas aparecer, deve ser tratado imediatamente com o medicamento que o pediatra receitar.

Tratando a asma desde os primeiros sintomas, o seu filho não corre o risco de ter uma crise forte e sofrer, já que a asma nem vai chegar a se instalar e você pode ficar despreocupada.

Então, o primeiro sintoma, por mínimo que seja deve ser acompanhado com atenção.

O tratamento é feito em duas etapas: um para quando aparecem o primeiro sintoma e outro para quando a crise já se instalou.

Por isso mesmo é ideal que você tenha os dois tipos de medicamentos sempre a mão. Não use receitas caseiras e siga a risca o que o pediatra prescrever.

E não adianta você medicar o seu filho com o mesmo tratamento do colega dele. Cada pessoa reage de uma maneira e precisa de um tipo de remédio especifico para a fase dos primeiros sintomas e da crise em si.

Às vezes, as crianças que tem asma, também apresentam outros problemas respiratórios como rinite alérgica.

Então cuidado com os ambientes com muito pó,  tenha o cuidado de manter o quarto da criança sempre limpo e longe de objetos que possam acumular pó e desencadear alguma crise de asma da criança.

Leia mais sobre Alergias e asma – Porque o meu bebe tem um chiado no peito

Bronquite na Infância

Outro problema respiratório e que atinge as crianças é a bronquite. Ela é um processo inflamatório que atinge a mucosa brônquica e que geralmente é procedida por uma infecção das vias aéreas superiores; ou seja, uma infecção no nariz.

A bronquite pode ser causada por um vírus, aquele mesmo que causa os resfriados. Geralmente a bronquite ataca  no inverno, já que é uma época seca e é propicia ao aparecimento e acumulo do pó, poeira.

Além dessas causas outros fatores como produtos químicos, fumo, tinta, infecções no dente, amígdalas e sinusite podem causar o aparecimento da bronquite.

A bronquite pode ser aguda; quando a criança tem tosse seca, com sensação de desconforto é que a bronquite aguda já se manifestou.

A bronquite não tem muitos sintomas primários, a não ser os roncos e o chiado no peito da criança.

O diagnostico é feito pelo pediatra durante uma das crises, ele ausculta o pulmão e nota os sons dentro do tórax; o raio-X é opcional, mas pode ser pedido para descartar pneumonia.

O tratamento da bronquite é mais no sentido de aliviar a febre, as dores no corpo e as secreções,  para que elas saiam mais facilmente e o pulmão fique livre.

A inalação também é usada para desobstruir os brônquios e fazer com que o catarro saia mais facilmente para a criança pode respirar melhor.

A prevenção da bronquite é feira com a limpeza adequada do cômodo onde o seu filho fica e o tratamento adequado desde os primeiros sintomas da bronquite.

Caso alguma crise aconteça, você pode usar desde antibióticos receitados pelo pediatra ou inalações para ajudar o seu filho a respirar melhor.

Geralmente a bronquite cessa em uma semana e a dificuldade que o seu filho tem em respirar melhora no terceiro dia após você começar a administrar os remédios.

Além da prevenção com a eliminação do pó e dos agentes químicos, muitos médicos recomendam a natação para ajudar no combate a bronquite.

A natação melhora a respiração do seu filho e fortalece os pulmões o fazendo ficar mais resistente as bactérias, vírus e outros agentes que podem desencadear uma crise ou até mesmo um principio de bronquite.

Lembre-se sempre nunca dê remédios para o seu filho por conta própria, somente o médico é capaz de diagnosticar e prescrever o melhor tratamento para ele.

Um medicamento administrado inadvertidamente por você e  sem aconselhamento médico pode até mata-lo. Pense nisso!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ

CONCORDA OU DISCORDA? ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário

  Subscrever  
Notificação de