perfumes para bebê

Toda mamãe ama sentir o cheirinho do seu bebê e muitas vezes, por questão de vaidade, também quer comprar perfumes para bebê, para poder passar. Mas é muito importante conhecer e adquirir apenas cosméticos infantis, próprios para bebês e crianças, a fim de evitar alergias respiratórias e dermatites de pele.

Alguns cheiros fortes podem não causar alergias aparentes, mas pode irritar a criança. Antigamente a fragrância mais escolhida entre as mamães era a de lavanda. Que, além de perfumar, acalma. Mas hoje em dia existem diversas opções e marcas especiais que utilizam compostos a base de água e cheiros bem suaves. Vale lembrar que, apesar do nome popularmente dito seja perfume, o que pode ser utilizado no bebê são as águas de colônia, por serem suaves.

Como escolher o melhor perfume para o bebê

cheiro de bebê

O primeiro passo é lembrar que, apesar do nosso olfato assimilar que cheiros perfumados é sinônimo de limpeza e higiene, isto não deve ser associado a um bebê. O seu banho e as limpezas higiênicas nas trocas das fraldas é o suficiente.

Mas, se ainda assim você deseja escolher um perfume para o seu bebê, aqui vão alguns conselhos básicos que você deve ter atenção na hora de escolher:

1. Marcas de renome: opte sempre por marcas que já possuem boa reputação de mercado e, se for o caso, procure por depoimentos na internet para confirmar que outras mamães também fazem uso do mesmo produto.

2. Produtos infantis: é muito importante escolher de forma adequada. Existem produtos específicos para bebês e crianças e você deve começar a sua busca por produtos desta categoria.

3. Colônias ou perfumes com álcool: evite colônias e perfumes para bebê que tenham álcool na composição. Produtos assim para crianças com menos de dois anos e especialmente para os bebês ressecam a pele, que ainda é muito delicada, podem causar coceiras e, em contato com os olhos, irritação.

4. Substâncias alergênicas: existe uma listagem por parte do Comitê Científico da Comunidade Europeia que identifica 26 substâncias que causam alergia. Certifique-se que estas não estão no produto escolhido.

São estes: Cinamal Amílico; Álcool Bencílico; Álcool Cinamílico; Citral; Eugeno; Hidroxicitronelal; Isoeugenol; Álcool Amilcinamílico; Salicilato Bencílico; Cinamal; Cumarina; Geraniol; Hidroximetil-pentil-ciclohex-enocarbal-dehído; Álcool-4-metoxibencílico; Cinamato Bencílico; Farnesol; 2-(4-terc-butilbencil) Propionaldehído; Linalol; Benzoato de Bencilo; Citronelol; A-hexilcinamaldehído; D-limoneno; Heptino Carbonato de Metil; 3-metil-4-(2,6,6-trimetil-2-ciclohexen-1-il)-3-buten-2-ona e Evernia Prunastri, extrato / Evernia Furfuracea, extrato.

5. Produtos especiais: leia a embalagem e procure também se está descrito que são hipoalergênico e/ou que foram dermatologicamente testados. Assim você reduzirá as possibilidades de provocar algum tipo de reação indesejada.

 

As melhores opções de perfumes para bebê

perfume do bebê

Abaixo serão apresentados alguns perfumes e suas marcas. Mas lembre-se de conferir sempre a composição do produto, conforme orientado acima. A fórmula pode mudar e esta lista deixar de ser válida. Mas, as marcas abaixo citadas são conhecidas e já possuem boa reputação neste tipo de produto.

Johnson’s Baby

Aroma delicado e aconchegante. Uma composição especial e feita sob medida para o bebê. Existem opções florais e cítricas, todas proporcionam frescor e são ideais para serem usadas no dia a dia.

Natura Mamãe & Bebê

A natura está a cada dia mais dedicada em desenvolver excelentes fragrâncias infantis com toques delicados e florais.

Baby Boti (O Boticário)

Este perfume tem um cheirinho diferenciado dos demais. Uma mistura de Lavanda e Musk, que proporciona delicadeza e aconchego à criança. Há também o creme hidratante da mesma linha, ideal para crianças que possuem pele seca.

Burberry Baby Touch

A marca realça que o perfume para o bebê é produzido especialmente para estimular a relação de toque e aconchego entre a mãe e o seu filho (a). Esta fragrância utiliza a combinação de lírio, jasmim, hortelã e musgo.

Musti Eau de Soin Baby (Mustela)

Sua composição é a base de ervas e plantas delicadas, além do toque de frutas frescas que proporcionam frescor por mais tempo e deixa aquele cheirinho especial.

Bvlgari Petits et Mamans

Este é ideal para as mamães que desejam ter o mesmo cheirinho que o seu bebê. Sua composição é baseada em ingredientes suaves e florais, como laranjeira, bergamota, camomila, girassol e baunilha.

Outras opções de perfumes para bebê:

  • Tartine et Chocolat, da Petisenbom;
  • Purity, da Knot;
  • Toute Petite, Jacadi;
  • 1ére Senteur, da Uriage;
  • Musti, da Mustela
  • Baby Moments, da Chicco;
  • Baby Tous.

Cuidados com o bebê

bebê colônia

Como já foi mencionado, o bebê recem nascido ainda não possui o seu sistema imunológico desenvolvido, ele ainda está aprimorando os seus sentidos e tudo é novidade. Portanto, existem alguns cuidados básicos que você também precisa estar atenta:

1. Cheiro da mãe: para aquelas que ainda amamentam é muito importante que elas também evitem perfumes fortes. Pois a criança estará em contato com o seu corpo e muito próxima do pescoço, onde é costuma passar o cheiro. O mesmo é válido para cremes hidratantes, óleos de banho e até mesmo desodorante.

Uma opção interessante é utilizar dos mesmos produtos que você escolheu para o seu bebê. Assim o cheiro será suave e não causará irritações de pele e dos próprios sentidos do bebê – o olfato.

2. Cheiro da casa: atenção com os produtos que você escolhe para limpar e higienizar a casa como um todo, principalmente o quarto do bebê e a banheira de banho. Essa dica é muito importante também para os bebês e crianças que já vão para o chão. Eles estão descobrindo o mundo e a mãozinha vai, tanto no chão, quanto na boca. Atenção aos produtos tóxicos e com cheiros demasiados intenso.

3. Cheiro da roupa: o sabão em pó e o amaciante para as roupinhas do bebê e da criança também precisam ser especiais. Escolha os neutros, especiais para crianças, a base de água na composição ou então de coco. Assim você evita que o produto cause alergia na pele sensível e que a essência seja suave.

Quando posso começar a passar perfumes de bebê no meu filho

O primeiro passo é conversar com o médico que acompanha a criança. Alguns especialistas indicam que nunca seja antes do primeiro mês de vida da criança (ou seja, aguarde até que ela tenha dois meses, pelo menos). Outros pediatras recomendam que seja depois que a criança completar 1 ano ou então quando ela pedir para utilizar este tipo de produto.

Como passar perfume para bebê corretamente

Antes de saber qual o local ideal para passar o perfume do bebê é preciso saber quando. Sim! Para o bebê, este cheiro é novo e, mesmo uma colônia suave, pode ser forte para ele. Portanto, nada de passar à noite. Sempre durante o dia, após o banho, por exemplo. Você pode colocar um pouquinho atrás das orelhas da criança. Molhe o seu dedo apenas uma vez e espalhe dos dois lados.

Mas atenção: não é recomendado passar perfume no bebê todos os dias. Deixe que ele também descanse do cheirinho. Você também pode passar um pouquinho (mas só um pouquinho) na roupa do bebê, para evitar o contato com a sua pele. Mas cuidado para não “molhar” a roupa ou manchar!

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ