Quem tem animais de estimação em casa deve tomar certos cuidados pois algumas plantas podem ser venenosas e causar diversos problemas de saúde quando ingeridas, ou causar irritações cutâneas, quando tocadas. Certas espécies como a tulipa, o lírio e o copo-de-leite podem ocasionar sérias intoxicações, podendo levar até a morte.

A tulipa pode provocar nos animais desde danos gastrointestinais até colapsos no coração e convulsões. Já o contacto do copo-de-leite com os olhos provoca forte irritação e lesão na córnea. O Lírio se ingerido pode provocar lesão renal em gatos. A famosa beladona pode ocasionar nos animais taquicardia, dilatação das pupilas, alucinação e hipertermia. A planta Comigo-ninguém-pode (também conhecido em Portugal e em alguns países lusófonos como De-mim-ninguém-fala) pode ocasionar sensação de queimação cutânea, inchaço de lábios, boca e língua, vômitos e diarréia abundante.

plantas-toxicas-para-animais

Foto: Kátia Pinheiro ©

A Begônia, pode provocar irritação na boca, dificuldade em engolir e sensação intensa de queimadura. O Antúrio, provoca ardor na boca e dificuldades em engolir. A Hortênsia provoca náuseas, irritação na pele, dor abdominal e suores. As folhas e frutos da hera são tóxicos.

Algumas plantas que podem ser venenosas:

Samambaia, Azaléa, Tremoço, Tulipa, Trombeteira, Tulipa, Copo-de-leite, Lírio, Poinséttia, Mamona, Coroa de Cristo, Pinhão Roxo, Espirradeira, Olho-de-cabra, Comigo-ninguém-pode, Ficus, Jasmim Manga, Arruda, Margarida, Hortênsia, Begônia, Antúrio, etc.

Para além do perigo com as plantas e flores potencialmente tóxicas, temos de ter cuidado com plantas que possuem folhas pontiaguda ou com espinhos, para que os animais não se machuquem.

O jardim deve sempre ser cuidado já que algumas pragas e/ou insetos como abelhas, marimbondos, carrapatos e pulgões podem causar sérios danos à saúde do animal também.

O mesmo cuidado deve se ter quando temos em casa crianças, devemos sempre ensina-las que as plantas são coloridas, bonitas, mas são apenas meros ornamentos, fazem parte da decoração da casa ou jardim, mas que jamais deverão ser ingeridas.

Dicas de Segurança:

1- Se você tem animais de estimação em casa procure manter os vasos de plantas ou flores num local alto, onde os bichinhos terão dificuldade de acesso.

2- Lembre-se de que animais com sede tendem a “lamber” as folhas das plantas que se encontram no jardim e que foram recentemente regadas ou que apanharam chuva, por isso esteja atento a isso.

3- Fatores que levam um animal a se aproximar de uma planta e/ou flor: Sede, fome e curiosidade.

4- Tome cuidado ao manusear plantas que soltam látex, pois elas podem provocar irritação na sua pele e nos seus olhos, porém se você tocar no seu animal com as mãos sujas ele poderá também sentir a irritação nos olhos, e mucosas.

5- Oriente as crianças para não colocar plantas na boca e nunca utilizá-las em brincadeiras de fazer comidinhas, etc.

Fonte: Delas Ig

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ