Vida pratica em montessori

A vida prática é uma área de trabalho em Montessori à qual aderimos sempre com muito entusiasmo! Ver as nossas crianças, ainda tão pequenas (a partir de cerca dos 15-18 meses) a realizar as suas primeiras atividades do quotidiano, deixa-nos absolutamente deliciados!
Contudo, para que uma criança pequena se possa apropriar dessas novas aquisições, é essencial cumprir alguns critérios de organização e de apresentação.

Vamos ver quais são?

  1. Para cada atividade, os objetos e utensílios necessários devem ser colocados por ordem de utilização pela criança (geralmente da esquerda para a direita, porque é o sentido da escrita e da leitura na nossa cultura);
  2. O adulto deve demonstrar lentamente, muito lentamente, todos os gestos envolvidos na realização da atividade (cada gesto complexo deve ser desconstruído e apresentado como uma série de gestos simples);
  3. Na apresentação dos exercícios de vida prática devemos separar cuidadosamente o movimento e a linguagem (uma criança pequena não consegue prestar atenção, em simultâneo, àquilo que fazemos e àquilo que dizemos, por isso devem ser momentos de aprendizagem sucessivos);

 

 

É o ponto mais difícil de manter em mente, mas um dos mais importantes: a finalidade dessas atividades não é de obter um resultado perfeito, mas sim de construir o interior da criança: a confiança em si mesma, a autoestima,…

É bem mais importante o processo do que o resultado em si, por isso devemos estar preparados para aceitar que os morangos podem ficar mal cortado 🍓 as folhas de alface mal lavadas 🥗 e os ovos… esmagados🥚

Nada disso importa, porque estamos a ir ao encontro de uma necessidade intrínseca da criança, deliciosamente resumida numa das frases de Maria Montessori que mais adoro: “Ensina-me a fazer por mim mesmo!” ⭐️

Pode interessar-lhe também:

RECOMENDAMOS PARA VOCÊ