Tipos de Parto | Parto Normal e Parto Cesariana

Gostou deste Post?

Se você está grávida e tem dúvidas sobre o tipo de parto que fará, talvez este post possa ajuda-la a conhecer melhor os mais comuns: Parto Normal e Parto Cesariana. Por vezes o tipo de parto pode ser escolhido pela futura mãe, entretanto médicos costumam indicar que o melhor para a mãe e para o bebê é o parto natural ou mais conhecido como parto normal.  Em alguns casos o parto cesariana não é apenas escolha da mãe, mas sim uma condição imposta para que tudo corra bem, e geralmente é escolhido pelo médico em conjunto com a mãe devido a existência de algum tipo de impedimento para o parto normal.

O Parto Cesariana

Esse tipo de parto é considerado uma cirurgia, já que é feita um corte abdominal e no útero para que o bebê seja retirado. Acredita-se que quase 25% das mulheres escolhem esse tipo de parto por ser mais cômodo para a mãe.

Para o parto tipo cesariana ser realizado, a mulher não precisa estar necessariamente em trabalho de parto. Alguns médicos antecipam o nascimento do bebê caso aja alguma complicação ou risco para a mãe ou o bebê ou o parto normal não ocorra por falta de dilatação da mãe.

A cesariana também pode ser realizada durante o trabalho de parto, caso a mãe não apresente dilatação ou algum outro problema esteja comprometendo a saúde da mãe e do bebê.

Assim como toda operação, o parto cesariana requer alguns cuidados na recuperação, então caso opte por esse parto, lembre-se que o tempo para retomar as atividades normais pode ser mais que o dobro de um parto normal. A anestesia pode ser geral ou local, se for escolhido a anestesia local, a mãe não sentirá nada da cintura para baixo e ficará acordada em todo o procedimento.

O obstetra faz um corte na linha abaixo do umbigo e retira o feto, a placenta e o saco gestacional. Depois de tudo retirado, ele sutura o útero e o abdômen. Geralmente a mãe fica de dois a quatro dias internada se recuperando e fica até seis semanas sem poder fazer as atividades físicas convencionais; após esse período você ainda precisará de um programa de exercícios que irá recuperar o músculo do abdômen.

Uma das vantagens do parto cesariana é a possibilidade da mãe escolher o dia exato que o bebê vai nascer. Outra vantagem é que a mãe livra-se de qualquer medo que possa ter com relação às dores que irá sentir no trabalho de parto.

Mas o parto cesariana também tem alguns pontos negativos, como os riscos da anestesia, mesmo que local já que ela pode não agir corretamente e você sentir desconforto ou ter ainda alguma reação alérgica. O perigo de algum vaso ser rompido e você ter sangramento interno ou um coágulo se formar durante a operação; qualquer outra cesárea ou cirurgia no local fica dependente de como o primeiro corte foi feito, além disso, a mãe corre o risco de ter alguma infecção, ou ter a pela do local enfraquecida.

O Parto Normal

A hora do parto pode ser assustadora para algumas mulheres, mas se você souber quais são as suas opções e como cada tipo de parto funciona não terá tanto com o que se preocupar. Mas lembre-se de analisar bem as opções e os benefícios, tanto para você, quanto para o seu bebê.

O parto normal, é também chamado de natural ou vaginal. Esse é o tipo mais recomendado pelos médicos, já que o corpo da mulher foi projetado para o parto natural e a recuperação é muito mais rápida do que a cesaria por exemplo. O parto normal ainda faz com que a mulher tenha muito menos chances de contrair uma infecção ou qualquer outra complicação.

Algumas mulheres fogem do parto normal porque acham que vão sentir muitas dores, o que nem sempre é verdade, já que hoje existem técnicas que atenuam ou fazem desaparecer qualquer dor que a mulher possa sofrer. Os hospitais já formularam procedimentos padrões para todos os tipos de parto, para que a mãe e o bebê fiquem o mais confortável possível.

Quando você estiver em trabalho de parto e for para o hospital, o médico vai verificar a dilatação do útero e se você estiver sentindo muitas dores ele aplicará uma anestesia chamada de peridural. Caso o espaço para o bebê sair for insuficiente, o obstetra poderá realizar uma episiotomia, que nada mais é do que um corte que facilitará a saída do bebê; ele é feito na região da vagina com o ânus para evitar justamente que esse tecido se rompa.

O parto normal é um processo que se realiza praticamente sozinho, já que quando o útero estiver totalmente dilatado, as contrações se tornam mais fortes e as paredes do útero fazem pressão para que o feto seja expulso. A mãe deve apenas fazer um pequeno esforço para auxiliar a saída do bebê.

Após o bebê ser expulso do útero, há uma última contração que elimina a placenta. Caso seja necessária, a sutura da episiotomia é feita logo após o bebê nascer e os pontos caem em poucos dias, não incomodando em nada a mãe.

O parto normal faz com que o bebê  elimine qualquer resquício de liquido amniótico que o ele  possa ter aspirado, além de fazer com que os pulmões trabalhem mais facilmente e rapidamente. O parto normal ainda faz com que a mulher tenha leite mais rapidamente e em maior quantidade; a recuperação da mãe nesse tipo de parto é de até 48 horas, em menos de dois dias a mãe já está em casa com a criança se sentindo completamente recuperada.

Agora que você conheceu os dois tipos de partos, já pode conversar com o seu médico e decidirem em conjunto o que será melhor para você o seu bebê! :) Veja abaixo um vídeo que mostra o processo natural durante um parto normal:



Gostou deste Post?

Comments

  1. Frases defensoras do parto normal como “não incomodando em nada a mãe…” ou “…a episiotomia nada mais é do que um corte…” ou ainda “…em dois dias sentindo-se completamente recuperada” só podem ter sido escritas por alguém que não passou pelo parto normal. É claro que há partos normais excelentes em todos os quesitos – dor, tempo, recuperação…- mas essa “partolândia cor-de-rosa” é, geralmente, BEM distante da realidade. Além disso, há muitos partos cesáreos MARAVILHOSOS, com pouca dor pós-parto, bebês felizes e saudáveis e zero complicação… onde estão os comentários a esse respeito?

    • Isis, obg pela sua participação.

      Eu como mulher sempre optaria pela cesárea, mas não é o que os médicos e outros defensores do parto natural ‘bradam’ por aí a fora.

      Acho q cada caso é um caso, conheço mulheres q tiveram parto normal e pariram o bebê em menos de 15 minutos, como tb conheço mulheres que ficaram em trabalho de parto mais de 16 horas sofrendo com dor, com o bebe já encaixado e que depois tiveram de fazer parto forceps, e o bebe ficou com problemas devido ao tempo ter passado e ter faltado oxigenio.

      Como tb conheço uma caso de uma amiga íntima de minha familia que fez cesárea e o bebê nasceu com problemas sérios por falta de oxigenio, já q a cesárea demorou a ser realizada. Enfim repito acho que cada caso é um caso. Infelizmente neste mundo há de tudo, por vezes nem o melhor médico, nem o melhor hospital do planeta salva uma vida, ou impede que uma mãe sofra durante um parto, ou que um bebe não tenha problemas.

    • Isis, concordo!!!

  2. Zoleide Neumayr says:

    Ola!!!
    Qdo a bolsa ja rompeu e praticamente nas contracoes finais com o bebe prestes a nascer e vc descobre que o bebe esta enrolado no cordao umbilical e possivel fazer uma cesariana?essa historia aconteceu com uma amiga,ela disse que so perceberam que o bebe estava enrolado no cordao na sala de parto e ja em trabalho de parto e que a pulsacao do bebe foi a zero,e por isso foi feita uma cesariana de emergencia;
    Isso pode ocorrer… mas o bebe nao esta encaixado, como ele poderia ficar se mexendo a ponto de se enrolar no cordao?ela sempre fez controle , foi feito ultrassom no hospital antes dela entrar em trabalho de parto como que o medico nao viu?
    Bom, nessas circunstancias e possivel ainda uma cesarea?!
    Bjs.

  3. oiiii
    gostei muito das reportagens pios fis um trabalho e tirei nota muito boa com as informações da qui
    OBRIGADO !!!!!!!!!!!!!
    Quero saber que se uma pesoa está gravida e a mãe dessa pessoa já teve vários abortos espontanios essa pessoa pode ter riscos de ter um aborto espontanio?perder o bebê?

  4. romilda santana pereira says:

    isso é mentira o medico não dar anestesia pro parto normal coisa nenhuma,eu tive no hospital climerio de olivera na bahia e sofri o diabo com dor, e não me derão anestesia nenhuma me lasquei toda feito bicho,hoje estou gravida de novo depois de 8 anos do primeiro parto,e confesso que eu ja teenho o dinheiro da minha cesaria guardado no banco so esperando a hora de parir como gente,lembre-se parto normal nunca mais, parto normal é parto animal se puder pagar pague sem medo uma cesariana,parto normal na minha nunca mais mesmo.

    • Obrigada pelas suas palavras claras e sinceras. Se eu tinha alguma duvida quanto ao parto cesareano não tenho mais, com certeza será a minha opção!!!

      • Olha eu realmente tou grávida e tou com muito medo de fazer parto Vginal
        Eu acho q depois dessa declaração de vcs todas eu farei cesária

    • Concordo colega, uma amiga me falou que as mulheres que não podem pagar uma assistencia medica, gritão na hora do parto de dor, é o medico defensor do naturalista fala que cesária é pior, o que é uma grande mentira!! só não querem gastar com tecnologia…Algo para se pensar.

  5. Olá meninas, há 3 anos eu fui operada de um aneurisma cerebral, algo muito sério, fiz acompanhamento com medicação até março/2011 quando meu neuro me liberou para ficar grávida. Estou de 24 semanas e é minha primeira gestação e estou muito confusa quanto ao parto, pois minha GO disse que é melhor fazer cesárea pois no parto normal posso ter que fazer muito esforço e como meu sistema vascular não é nada bom eu poderia ter algum problema no parto normal. À princípio eu queria tentar o parto normal, mas com a observação da médica fiquei com medo… Gostaria de saber se alguém já passou por algum problema parecido com o meu e qual parto fez e se deu tudo certo. Obrigada!!!

  6. Bom concordo com a parte de cada caso um caso…
    Conheço muitas mulheres que sofreram no parto normal, no meu caso em 10 minutos e 3 dores eu ganhei minha filhota, sem cortes, sem nada… rezei a gravidez inteira pra que desse tudo certo e graças a Deus deu… Fazem 13 dias disso, e minha vida está normal… Acredito que vai de cada mulher escolher, claro, dentro das possibilidades, qual parto quer ter… Pois não é porque fulana sofreu que se vá sofrer também!!!
    Ficaadica…

  7. obg pelo post me ajudou muito no meu trabalho de escola!!

  8. nao concordo com que a mae no parto normal deve fazer apenas um pequeno esforco eu sofri bastande no meu parto

  9. Luh Nankyn says:

    acho que todas temos o direito de escolher o tipo de parto que queremos…no meu caso eu escolheria cesária pois não quero passar o desconforto do parto normal e aqui aonde eu moro quando se trata de adolescentes eles deixam a gestante no quarto sozinha sofrendo de dor sem nenhum tratamento adequado,na maioria das vezes não fazem os exames antes do parto todas que eu conheço que tiveram bebes passaram por isso,inclusive uma amiga minha que sofreu até o ultimo momento para eles chegarem e falarem que precisaria de uma cesária O.O …sendo que o medico dela avia mandado fazer a cesária muito antes,mas enrolaram pra forçar um parto normal.
    nesses últimos dias eu li um artigo sobre um bebe q avia sido decepado pelo medico por forçarem o parto normal da menina (que era marcado pra ser cesária pois não avia condições de parto normal), o bebe estava sentado e como a cabeça ficou presa o medico em vez de tentar abrir um pouco mais o corte preferiu decepar o bebe e arrancar a cabeça pela barriga ¬¬’.(diz ele que era pra salvar pelo menos a mãe, o.ó????)
    Por isso sou a favor ao parto cesária mas não sou contra o parto normal \o/ ..
    bom,boa sorte para todas,que tenham um bom parto ,e que Deus abençoe a todas =*

  10. Ana carolina says:

    Gentee tive meu parto hj…sofrii demais…sem anestesia sem nada…fui cortada e estou viva….o parto normall eh muito dolorido…mais no finall que o bebe saii eh um alivio tao grande que vcs nem imaginam…a dor eh insurportavel,ainda mais pra mim que fikei em um quarto cheio de mulheres desconheçidas morrendo de gritar,e eu com medo chorandoo demais…nao por dor e sim por medo,fikeii longe da minha mae…sendoo que desde pequena durmo com ela no mesmo quarto…..minha melhor amiga…e foi maior barra pra mim saber q ela ta chorando longe de mim e eu nn podia fazer nada… mais ela acaba…. se poderem opnar pelo parto normall…tenham normall…eu recomendoo…doi demais…foi meu primeiro filho e eu só tenho 18 anos…
    nao eh um parto animal…eh o melhor partoo que tem…se deus quiser amaha a tarde já estou em casa….só curtindo meu filhotee

  11. Olha colegas, Isis, não descordo da sua opinião, porem cada caso é um caso, eu tive duas cesarias e não recomendo para ninguém, na primeira quase morri se eu esperace mais um dia para voltar ao hospital, hoje com certeza não estaria mais aqui, já na segunda fiquei 2h na mesa de cirurgia, ou seja, terrível…. Ou seja, é muito relativo, nós mulheres que temos esse dom divino de dar a luz a um ser tão maravilhoso, devemos apenas entregar nas mãos de Deus e pedir para que ele faça o melhor, até mesmo porque tanto normal quanto cesaria não é fácil…..!!!

Speak Your Mind

*


sete + 5 =