Bigmãe
Síndrome de Morte Súbita do Lactente

Síndrome de Morte Súbita do Lactente

Toda mãe sabe que os bebês precisam de cuidados 24 horas por dia, principalmente se esse bebê for recém-nascido. Há uma síndrome que atinge principalmente os recém-nascidos, chamada de Síndrome da Morte Súbita do Recém-nascido. E você como mãe deve ter atenção ao seu bebê para que o pior não aconteça.

A Síndrome da Morte Súbita do Recém-nascido também pode ser conhecida por Morte Súbita Infantil; Morte no Berço ou Morte Súbita do Lactente. Ela é definida como uma morte inesperada, que atinge crianças com menos de um ano de idade. Ainda não há explicação para a morte súbita do lactente. Por mais estudos e investigações que se faça, não há como saber as causas da morte do bebê.

O ápice das mortes causadas pela síndrome da morte súbita do lactente acontece entre os dois e quatro meses de vida do bebê. Os episódios acontecem no intervalo de sono do bebê e da mãe ou pessoa responsável pela criança. Pode então acontecer entre a meia noite e oito horas da manhã.

Há alguns fatores de risco que propiciam a síndrome da morte súbita do lactente, que são: baixo peso do bebê quando ele nasce; a idade da mãe (já que acontece mais do bebê ter a síndrome da morte súbita do lactente se a mãe tiver entre 13 e 19 anos), mãe usuária de drogas ou tabagista, histórico familiar de síndrome da morte súbita do lactente na família; posição que a mãe coloca o bebê para dormir, alimentação via mamadeira, aquecimento excessivo do berço e consequentemente da criança.

Tendo em vista esses fatores de risco, há sim como modificar esse panorama se a mãe mudar a posição do bebê quando colocar ele para dormir, não alimentar com a mamadeira à noite ou na hora de dormir. Não fumar durante a gravidez, muito menos usar drogas e tomar muito cuidado com a temperatura do berço e da criança.

Dentre todos os hábitos, aquele que você precisa ter mais cuidado é a posição do bebê dormir. A posição ventral, de barriga pra baixo é o principal fator de risco, já que deixando o seu bebê dormir nesta posição você o expõe ao risco da síndrome da morte súbita do lactente

A posição correta para o bebê dormir seria a posição supina, de barriga para cima. Isto reduz e muito as mortes por síndrome da morte súbita do lactente. Outro fator importante de prevenção da síndrome da morte súbita do lactente é nunca cobrir a cabeça do bebê durante o sono; isso faz com que ele respire melhor. Os travesseiros devem ser resistentes para que o bebê não prenda a cabeça em algum travesseiro fofo e acabe se asfixiando.

Barriga para Cima - Posição Correta para o Bebê Dormir
Barriga para Cima - Posição Correta para o Bebê Dormir

Nunca coloque o seu bebê para dormir na mesma cama que você e seu marido, isso faz com que ele super-aqueça e corra o risco de ser esmagado ou sufocado. E preste atenção também à temperatura dele; sempre o agasalhe de acordo com o clima para que ele não fique muito quente, nem muito frio.

Campanha Pastoral da Criança - Brasil
Campanha Pastoral da Criança - Brasil

Evite habituar seu bebê a dormir com panos, fraldas ou ‘trapos’ na mão, num movimento mais brusco ele pode involuntáriamente jogar a ‘fraldinha’ sobre o rosto e sufocar-se.

Veja mais informações sobre como prevenir a morte súbita em bebês no site:  Pastoral da Criança Brasil