Recuperação Pós Parto – Mitos e Verdades

Gostou deste Post?

Recuperação Pós Parto – Mitos e Verdades. Depois do parto toda  mulher, ao chegar em casa, tem como 100% da preocupação cuidar do filho. Mas engana-se quem pensa que os cuidados devem ser somente com os recém-nascidos. Você e o seu bebê têm que ter os mesmos cuidados. E é claro que como sempre, nesta hora surgem mitos e crendices populares. O ideal é você estar atenta para saber o que é mito e o que é verdade nos cuidados pós-parto.

Outra questão absurda que tenho observado nos emails e comentários que são aqui deixados no Bigmãe, é que as mulheres após o parto não voltam a procurar o médico, tão pouco retornam ao consultório para ver se está tudo bem.

Dúvidas simples e que poderiam ser esclarecida na consulta alguns dias após o parto, persistem na cabeça de muitas mães. É essencial enfatizar que após o parto a mulher deve marcar uma consulta com o médico que fez o parto ou com o ginecologista que a acompanhou durante a gravidez. Somente o médico será capaz de diagnosticar, tirar dúvidas e prescrever qualquer tipo de medicamento.  Esteja atenta.

Vejam este vídeo da querida Solange Madalena, que dá uma mega aula e tira um monte de dúvidas das mamães:

O período pós-parto é popularmente conhecido como quarentena ou resguardo. Na verdade, como esse período é popularmente  recheado com uma série de crendices, o mais aconselhável é você procurar o seu médico para tirar as dúvidas.

Esse período de resguardo pode ir até a sexta ou oitava semana pós-parto. Esse é o tempo que os seus órgãos vão precisar para voltar ao estado normal, de antes de você engravidar.

O útero da mulher cresce quase que 50 vezes durante a gestação e no local onde a placenta ficou, agora estão pequenas cicatrizes internas que precisam ser cicatrizadas, por isso mesmo esse tempo de resguardo tem que ser respeitado; caso contrário a mulher corre o risco de ter infecções. A febre pode ser um sintoma dessa infecção, então ao menor sinal de febre procure logo o médico.

É recomendado também que você procure o médico caso o sangramento normal que ocorre após o parto não cesse até o 40º dia. Outro ponto que pode te incomodar é a episiotomia, aquele corte que o médico precisa fazer entre o ânus e a vagina para que o bebê saia com facilidade; o seu médico poderá lhe indicar medicamentos tópicos que poderão amenizar a dor e facilitar a cicatrização.

A higiene nesse período é mais do que necessária, por isso mesmo não deixe de fazer todos os banhos de assento que o médico vai lhe recomendar; e também não deixe de usar os produtos indicados por ele. Tudo isso vai ajudar na cicatrização e no desaparecimento de qualquer foco de infecção.

E não se esqueça que o período de resguardo é para você descansar. Por isso mesmo durma bastante e retome as atividades diárias aos poucos. Depois de 15 dias após o parto a musculatura do abdômen volta quase que 70% da forma original. Por isso mesmo o repouso é necessário, mas não vá ficar deitada o dia todo; o esforço entre levantar e sentar ajuda a estimular a musculatura.

Outro mito antigo que foi passado de geração à geração era de que após o parto não se podia tomar banho de corpo inteiro, e tão pouco lavar os cabelos. Isto não é verdade, ao contrário você deverá  manter todos os seus hábitos de higiene diários.

Caso você tenha prisão de ventre neste período peça ao seu médico uma solução e lembre-se de não tomar remédios e receitas caseiras milagrosas, tudo que você ingere é passado para o seu bebê através do leite, por isso esteja atenta. Só tome o que seu médico prescrever.

A mesma dica é válida para as rachaduras que por ventura você possa ter nos bicos dos seios, não utilize pomadas ou outra substancia sem consultar o seu médico. O mesmo vale para tratamentos estéticos faciais e também para utilização de químicas nos cabelos. antes de realizar qualquer procedimento consulte seu médico.

Não carregue peso nos 30 primeiros dias, nem se esse peso for o filhote mais velho. Tudo isso é para que você se recupere mais rápido e possa curtir o seu bebê da melhor forma possível, sem complicações ou sustos.



Gostou deste Post?

Comments

  1. Oi Katia, hoje fazem 4 meses que tive minha bebê por parto normal induzido, ela faleceu no útero . Levei alguns pontos, apesar da minha bebê ser pequena 2kg só. A médica disse que não precisava ponto e o médico disse que era bom dar um pontinho.
    Hoje 4 meses após tive relação e doeu um pouco e quando fui me lavar vi que sangrou, bem no final da vagina. Lavei e ardeu. Onde levei ponto pode ter rompido depois de 4 meses? Preciso procurar um ginecologista pra levar ponto novamente? Tenho medo de ficar “larga”…
    O que eu faço? Passei pomada de assadura dentro da vagina.

    • Olá Nana, bem a esta região é chamada de mucosa (tecido conjuntivo que reveste as cavidades úmidas do corpo) como por exemplo a cavidade da boca. Por se uma região úmida a cicatrização é bem mais lenta do que se fosse na pele em outra região do corpo. Antes de mais eu sugiro sim uma consulta ao seu ginecologista para ver se está tudo bem. Levar outro ponto, não creio que seja necessário. Acredito que por ser a 1ª vez após o parto e a região estar sensível ainda, o “forçar” fez sangrar. Qto a ficr larga, a vagina tende a ter uma boa elasticidade e durante o parto ela se dilata para o bebê passar, e depois de alguns dias já volta a forma normal. O processo pós parto é gradativo, tudo tem que voltar ao normal, o útero, a vagina, etc. Pomada de assadura não deve ser passada dentro da vagina. Existem pomadas cicatrizantes próprias para esta região seu ginecologista pode indicar a melhor para o seu caso. Existe inclusive um spray cicatrizante para esta região, procure se informar com seu médico. :) Espero ter ajudado.

  2. Ola!eu sempre ouvir falar q varrer casa,lavar chão fazer esforço fisico fazia mal mais q era mito. Só q eu tive meu bb15/06/15 normal. Com duas semanas e por me sentir bem e parado de sangrar comecei a fazer esses esforços fisico e no terceiro dia passei muito mal de colica,dor no corpo todo,febre e dor d cabeça muito forte q so passou depois de ter ido a emergencia medica e ser medicada. A medica só falou q eu precisava de muito repouso e hidratação,agora me sinto um pouco melhor mais tomando a medicação q a medica passou e descansando muito(sempre q o bb dorme eu durmo). Será q foi devido a varrer casae ter lavado chao?

    • Olá Patrícia, não sei se foi pelo esforço, talvez sim, pq neste período vc encontra-se ainda muito debilitada pelos 9 meses de gestação e pelo momento do parto; por isso o período de recuperação é mto importante, devendo-se evitar qq esforço físico desnecessário.

Speak Your Mind

*


seis + = 15