Como lidar com crianças hiperativas

Gostou deste Post?

É muito comum as mães definirem qualquer criança que é ativa demais como sendo uma criança hiperativa. Mas as crianças que são hiperativas são caracterizadas pela atividade ininterrupta, ou seja, a criança é ativa nas 24 horas por dia; isso mesmo, a criança hiperativa é ativa até mesmo dormindo. A criança hiperativa é tão ativa que ela chega até a exaustão, mesmo que o corpo não agüente mais nenhuma atividade, a mente ainda pede mais.

A hiperatividade da criança é geralmente fruto de algum distúrbio como TDAH, ou distúrbios de aprendizagem e comportamento como já citamos anteriormente aqui no Big Mãe. A Hiperatividade por si só não é uma doença, por isso  precisa se tomar cuidado com o diagnostico de crianças hiperativas.

Antes de qualquer coisa é preciso que os pais sejam amorosos e compreensivos, irritar-se ou gritar com a criança não vai ajuda-la em nada, ao contrário pode deixa-la muito mais agitada e nervosa. Por isso seja paciente, e para que você consiga lidar bem com a situação peça orientação de um profissional competente.

Abaixo temos um vídeo onde podemos ver dicas para lidar com crianças hiperativas, em relação a medicação, eu sou totalmente contra, acho que há outras formas de se lidar com esta situação, mas esta é apenas a minha opinião pessoal.

As crianças hiperativas geralmente apresentam sono agitado, mesmo tendo várias atividades durante o dia; ela parece que nunca fica cansada. No sono, é comum você encontrar o seu filho em posição invertida na cama ou tendo espasmos e tiques durante o sono.

A criança hiperativa precisa de um ambiente acolhedor em casa. Não adianta os pais se irritarem, isso não ajudará em nada!

Caso você perceba que a criança é muito agitada durante o dia, mas dorme normalmente e tem um sono tranqüilo, o que você precisa fazer é desenvolver atividades para que ela gaste toda a energia durante o dia. Mas, caso você note algum desses sintomas no seu filho, procure um terapeuta ou o pediatra dele. Depois de diagnosticado o distúrbio precisa ser tratado para que ela possa gastar toda a energia de maneira adequada e poder ter um bom sono restaurador a noite.

Veja abaixo sugestões de atividades:

Você mesma pode desenvolver atividades que preencham o dia da criança, como teatro de fantoches, uma ida ao parque e outras opções que cansem a mente da criança e assim ela possa descansar a noite e repor as energias para ter um bom dia.

No caso da hiperatividade na escola, o ideal é você encaminhá-lo ao psicopedagogo que vai analisar o caso e passar atividades e exercícios para que ele controle a hiperatividade dentro da sala de aula e possa aprender melhor, além de não atrapalhar os colegas de sala.

Pode obter maiores informações também em: – Portal da Criança – Crianças Hiperativas



Gostou deste Post?

Comments

  1. Flavia Ribeiro says:

    Boa tarde !!!
    Tenho um filho de 6 anos que não para um minuto, a pro dele manda na agenda que ele não fica sentado na sala. Comecei a colocar ele no quarto sentado todos os dias que vinha bilhete que ele não sentou na sala, mas ando percebendo que não resolve nada…não sei mais o que fazer.
    Na casa dos meus pais é da mesma forma, não senta e meu pai orientou levar ele ao médico, o que devo fazer ?? Ah… ele é louco por futsal mas por conta do mal comportamento eu tirei ele das aulas, por favor me ajudem não sei o que devo fazer.

    • Flavia, há diversos fatores a serem observados para poder analisar o porque deste comportamento, por isso a sugestão é que vc procure um psicólogo que poderá não só identificar porque seu filho age assim, bem como te orientar sobre como proceder.

  2. Boa tarde! Sou professora e comecei a trabalhar na rede pública agora, quase no final do ano. Estou trabalhando com crianças de ed.infantil e na sala uma delas é hiperativa. Ele é muito inteligente e termina rapidamente as atividades. O único problema é seu comportamento. É mandão e se contrariado faz malcriação.
    Não tenho ajuda dos pais. Como devo agir referente a esse problema?
    Obrigada.

  3. Bom dia!Meu pequeno de 2 anos e 8 meses quer mandar na casa,não guarda os brinquedos,não me deixa conversar com ninguem,não consigo ver tv,atender celular,e mesmo qdo paro tudo so pra ficar com ele,ele pula,ele bate,fica nervoso com qualquer coisa.Passa o tempo todo “assistindo e escolhendo cada historinha da peppa pig”nao pode desligar o computador,mesmo que ele nao esteja assistindo.Ja cansei de colocar de castigo,agora ele levanta do cantinho,coloco varias vezes mas ele nao fica,eu realmente nao sei o que fazer,ja nao saio de casa com ele,qdo saio é so eu e ele,pra andar na rua um pouquinho,onde eu levo ele, eu passo vergonha,as pessoas olham como se nos pais nao educassemos nossos filhos,tomo remedios pra me controlar,pq infelizmente a paciencia acaba e a força quer falar mais alto,tem horas que eu chego a me questionar se educar como antigamente vai ser a unica solução,sou contra as palmadas,mas aki em casa as vezes so a varinha,o chinelo e os gritos é que resolvem.Sou separada e tenho filhos na idade de 18,12 e 2 anos,vamos eu e os menores no psicologo,mas mesmo assim ainda nao vi resultado,o menor vai passar por neuro esta semana,vou aguardar pra ver o resultado,acho que so estou mesmo desabafando,pois ja estou a procura de ajuda profissional.

    • Olá Luciana obg pela participação. Sei como se sente. Não se sinta culpada por ter vontade de gritar. É normal. Que bom que vc já procurou ajuda de um especialista. Tenho certeza de que ele vai te orientar sobre como proceder para não deixar que seu filho menor domine a sua vida como tem feito. Boa sorte e sempre que quiser partilhe conosco as suas experiências.

Speak Your Mind

*


8 + = dezessete